Guia do Estudante

Aventuras na História

Existiu alguma grande civilização pré-colombiana no Brasil?

Para historiador britânico, uma civilização é marcada por grandes construções

Rodrigo Cavalcante | 01/08/2007 00h00

Não, ao menos no sentido usado pelo historiador britânico Kenneth Clark, autor do livro e da série da BBC Civilização. Para ele, o maior traço de uma civilização estaria na arquitetura e nas obras de arte projetadas para resistirem ao tempo – prova de uma organização sólida que permitia não se preocupar apenas com o curto prazo. “Se você usar critérios materiais, de fato não foi encontrado até hoje no Brasil nada semelhante ao que foi construído, por exemplo, pelos maias, no México, antes da chegada dos europeus na América”, diz o arqueólogo Eduardo Neves, do Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade de São Paulo e estudioso das sociedades do Norte do Brasil.

De acordo com ele, a sociedade pré-colombiana (ou pré-cabralina) com vestígios materiais mais sofisticados no território que hoje é brasileiro é a civilização marajoara, da Ilha de Marajó, no Pará. Lá foram encontrados vestígios de cerâmica sofisticados, aterros artificiais e faixas de terra próprias para a agricultura. Segundo os arqueólogos, a sociedade marajoara teria se desenvolvido entre os séculos 4 e 14 e não era composta por uma única etnia, mas por várias populações. “Ela conseguiu manter uma centralização política no território que sequer existe hoje na região”, diz Eduardo Neves. “Por isso é tão difícil avaliar a complexidade de uma civilização apenas pelos vestígios materiais.”

O arqueólogo lembra que o fato de não terem sido encontradas ainda construções não significa que essa sociedade fosse menos avançada. “A não existência de monumentos de pedra pode significar que a abundância de alimentos na região fez com que essa sociedade atingisse um grau de equilíbrio em que não havia necessidade de outros recursos materiais”, diz o arqueólogo. “Como não tivemos acesso nem à língua deles, dificilmente saberemos quão avançada foi a sociedade.”

 

Compartilhe

Busque em História

Edições Anteriores

Edição 130
Edição 130

Edição 129
Edição 129

Edição 128
Edição 128

Edição 127
Edição 127

Edição 126
Edição 126

Edição do mês

edição 135

edição 135,
outubro 2014
Especialistas elegem os homens que mudaram os rumos da humanidade

Assine Aventuras na História