logo-ge

As notícias internacionais mais importantes da semana de 7/8

Veja os destaques do noticiário para quem vai prestar vestibular. Todas as informações são da Agência Brasil

Assembleia Constituinte da Venezuela ratifica Maduro como presidente

Barricadas de protestantes na Venezuela, em 2014. (John Moore/Getty Images)

A Assembleia Nacional Constituinte (ANC) da Venezuela confirmou nessa quinta-feira (10) o presidente do país, Nicolás Maduro, como chefe de Estado, de governo e como comandante em chefe da Força Armada Nacional Bolivariana, horas depois de ele se colocar à disposição do órgão. A informação é da Agência EFE. A decisão de ratificar Maduro como presidente foi tomada por unanimidade.

A Assembleia Nacional Constituinte fez sua terceira sessão plenária com uma convocação especial que contou com a presença de Maduro, a quem foi entregue um acordo em apoio aos ataques “imperialistas”.

Com atribuições quase ilimitadas, a Constituinte foi eleita no dia 30 de julho e tem mais de 500 integrantes, todos eles vinculados ao governo e que se ocuparão de refundar o Estado. Ela foi rejeitada pela oposição venezuelana, além de não ser reconhecida por boa parte da comunidade internacional.

O agravamento da situação na Venezuela foi discutido no último dia 8 na reunião de chanceleres de 16 países da América do Sul e Caribe, realizada em Lima, Peru. Na oportunidade, o ministro brasileiro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, ressaltou o entendimento que motivou a  suspensão da Venezuela do bloco, sanção adotada pelos países fundadores do Mercosul.

Trump diz que solução militar para atacar Coreia do Norte está pronta

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse hoje (11) no Twitter que uma solução militar para atacar a Coreia do Norte já está pronta, mas ele descartou um ataque no momento. “Se a Coréia do Norte atuar imprudentemente, as soluções militares estão definidas e [as armas] estão carregadas”, escreveu. E completou: “Espero que Kim Jong Un encontre outro caminho!”

Depois de mais um episódio da escalada de tensões entre Estados Unidos e Coreia do Norte, Trump foi mais ponderado em sua postagem de hoje, ao dizer que um plano de ação está pronto, mas descartado no momento. A semana foi marcada por declarações e provocações entre Donald Trump e o líder norte-coreano Kim Jong Un.

O presidente americano disse no começo da semana que responderia à Coreia do Norte com fogo e fúria, caso o país decidisse atacar os Estados Unidos. As declarações foram dadas por Trump dois dias depois de o Conselho de Segurança das Nações Unidas anunciar sanções econômicas ao país presidido por Kim Jong Un.

Corte Suprema da Colômbia notifica presidente Juan Santos por caso Odebrecht

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, na Assembleia Geral da ONU, em 2016. (Spencer Platt/Getty Images)

A Corte Suprema de Justiça da Colômbia notificou o presidente do país, Juan Manuel Santos, para depor dentro da investigação preliminar que se segue contra o senador oficialista Bernardo Miguel Elías Náder pelo caso de subornos da Odebrecht, informou hoje (11) o tribunal. A informação é da agência Télam.

Uma fonte da Corte disse que Santos e outros ministros de seu gabinete “serão chamados a depor  como testemunhas dentro do processo” contra o senador do departamento caribenho de Córdoba, que foi preso ontem em Bogotá por ordem da Corte Suprema.

Segundo terremoto atinge China em menos de 24 horas e deixa 33 feridos

Pelo menos 33 pessoas ficaram feridas e mais de mil casas foram danificadas devido a um terremoto de 6,6 graus na escala Richter que atingiu na manhã desta quarta-feira (9) a região chinesa de Xinjiang. Trata-se do segundo grande tremor no país nas últimas 24 horas. As informações são da EFE.

Dois feridos estão em estado grave e 142 das casas afetadas desabaram, informaram as autoridades regionais. O terremoto aconteceu menos de 12 horas após um outro que sacudiu a província vizinha de Sichuan (centro), de 7 graus de magnitude e que deixou pelo menos 19 mortos e 247 feridos, segundo os últimos números oficiais.

Iêmen já tem quase meio milhão de casos suspeitos de cólera, diz ONU

O Iêmen já registra mais de 480 mil casos suspeitos de cólera e quase 2 mil mortos por esta e outras doenças vinculadas, anunciou a Organização das Nações Unidas (ONU) nesta quinta-feira (10). De acordo com o porta-voz da organização, Stéphane Dujarric, somente uma das 22 províncias do país se livrou até agora do surto. Conforme ele, o número de novos casos diminuiu nas últimas semanas, mas poderá aumentar novamente com a chegada do período de chuvas. armado A informação é da EFE.

Em meio a um grande conflito no país, os trabalhadores do setor da saúde já estão há quase um ano sem pagamento e 8,8 milhões de pessoas moram em áreas sem hospitais suficientes, disse  Dujarric.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s