logo-ge

5 dicas para aprender um novo idioma mais rapidamente

O inglês e o espanhol são cobrados em praticamente todos os vestibulares, com exceção de algumas provas, que exigem apenas o inglês, e também no Enem. Por isso, é claro que é importante dar bastante valor ao estudo de pelo menos uma dessas línguas estrangeiras, especialmente porque não é todo mundo que tem proximidade com elas. E não falo apenas por conta das provas: no mundo globalizado, falar outra língua, que não o português, já é quase essencial nos currículos.

Se você está procurando um jeito de aprender melhor (e mais rapidamente) outras línguas, há alguns macetes que podem ajudar. Fazer um curso em uma escola de idiomas, ou mesmo online, é sempre uma boa opção. Mas se você não tem muito tempo (pela proximidade das provas de fim de ano) ou precisa de algo mais acessível e barato, sempre há maneiras de resolver. Fique ligado nas cinco dicas do GUIA:

Hello
Imagem: Thinkstock

Use e abuse: aplicativos e redes sociais

Em época de smartphone, já podemos supor que todo mundo passa o dia grudado no celular… 😛 Então, aproveite e use seu aparelho para estudar! Com inúmeros aplicativos à distância de um toque, não há motivo para não testar. Os apps possuem diferentes níveis, o que ajuda se você ainda é iniciante na língua. E, além disso, podem ser bem divertidos: alguns deles parecem jogos e oferecem recompensas quando você atinge alguma meta diária. Mas o mais legal é que, por estarem no seu celular, dá para acessar no trajeto de ônibus, no intervalo da aula, em qualquer canto. O GUIA já fez uma listagem de aplicativos excelentes para aprender qualquer idioma – que você confere clicando aqui.

Além disso, outro recurso que pode ser reutilizado para fins nobres são as tais das redes sociais. Não consegue largar o Facebook e o Twitter? Aproveite para acessar páginas em inglês ou espanhol, como as de sites de notícias ou até mesmo do seu artista favorito. Ficar em contato com as línguas o tempo todo é um dos segredos para fazer com que você se habitue a ela – e, consequentemente, aprenda mais rápido. Outro truque bacana é mudar o idioma da sua página no Facebook, o que vai te forçar a aprender o significado de cada palavra usada no site. E aí, vai um “like” ao invés de “curtir”? 😉

Fique ligado em músicas, filmes e seriados

Uma das dicas mais importantes que vamos dar ao longo deste post é: mergulhe de cabeça no idioma que você quer aprender. Como dissemos no item anterior, é fundamental absorver a língua o tempo todo que for possível para que ela fique cada vez mais “natural” para você. Por isso, ouça músicas no idioma e tente distinguir as palavras cantadas, com a tradução da letra em mãos. Assista a filmes e seriados, com ou sem legenda, também fazendo o mesmo exercício: atenção a cada palavra – e sua correspondente em português – e construção frasal. É uma excelente maneira de treinar a compreensão de texto, sua habilidade de ouvir e de pronunciar.

>> O que você precisa saber para mandar bem nas provas de inglês, espanhol e português dos vestibulares e Enem

Procure livros bilíngues (ou inteiros no próprio idioma)

Assim como recomendamos com músicas, filmes e seriados, ler textos ou livros inteiros no idioma desejado não pode ficar de fora. Dá para começar com textos curtos, retirados de sites, por exemplo, e depois passar para livros mais curtos até os mais volumosos. A vantagem desta tática é que o texto já está todo ali, e você pode ver como se escreve cada palavra ou anotá-la, caso não tenha entendido, para procurar depois no dicionário.

Monte uma programação regular de estudo

Aprender um idioma novo não é tarefa das mais fáceis, então é fundamental ficar em contato regular com a língua. Marque, todos os dias, um período de estudo, mesmo que seja pouco tempo: 15 minutos, meia hora, uma hora. Vale de tudo: se você fizer aulas em uma escola de idiomas, considere treinar também nos outros dias. Se estudar por conta própria, intensifique a prática com as dicas que demos acima.

Foque no vocabulário

Vocabulário é aquela coisinha complicada que pode ser um problema na hora da prova. Em estágios iniciais do aprendizado, é importante dar um pouco mais de prioridade aos vocábulos novos. As palavrinhas e suas traduções e significados podem causar mais confusão do que a gramática, que, por ter regras, costuma ser mais fácil de aprender. Então, junte tudo que indicamos acima e comece a colocar já em prática: livros, séries, músicas e filmes ajudam a alimentar o vocabulário; praticar todos os dias com aplicativos e aulas ajuda a aprender as regras formais da língua e também a praticar um pouco. Então, está esperando o quê? 😉 É só começar. Vamos lá!

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s