logo-ge

Análise de redação: Sedentarismo

Veja a correção e os comentários dos professores para uma das redações enviadas pela proposta de 1° de maio

Com base na proposta do dia 1° de maio (acesse aqui), os estudantes deveriam escrever uma dissertação sobre o tema Sedentarismo: o grande mal do século?”. Leia abaixo uma das redações enviadas e veja, em seguida, a análise feita pelos professores da plataforma de correção Imaginie.

[1]Segundo Émile Durkheim, um dos célebres teóricos do século XIX, a sociedade pode ser comparada a um “organismo vivo” por apresentar funcionalidade integrada. Hodiernamente, contudo, a ausência de políticas de saúde capazes de reeducar os cidadãos é responsável por nutrir o sedentarismo no território nacional. Neste âmbito, um ideal de depreciação física é instalado na população. Destarte, a interligação entre os segmentos do “organismo biológico” não é efetuada, afetando todo o aprimoramento social e a qualidade de vida no país.

[4]A priori, é fundamental pontuar que a não realização de atividades ocupacionais de elevado gasto calórico é um fator conjuntural. Isso ocorre em função das modificações no estilo de vida dos indivíduos. Nesse contexto, a ratificação do capitalismo cultural e a inocuidade governamental em promover programas de transformação dos costumes do brasileiro impuseram à sociedade um padrão de vivência pautado na comodidade. Como resultado, segundo os dados publicados em 2013 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, a substituição de exercícios físicos por distrações tecnológicas propiciou um círculo vicioso de sedentarismo, concentrando aproximadamente 65 milhões de inativos no Brasil.

[5]A posteriori, é indispensável destacar, ainda que, a presença de práticas alimentares acentua o problema. Isso decorre do ganho excessivo de peso por parte dos indivíduos. Em vista disso, partindo dos estudos sobre fisiologia encontrados no portal eletrônico do renomado médico Dráuzio Varella, de 2015, prevalência de dietas inadequadas e o baixo consumo energético expõem os pacientes ao quadro precursor da Diabete Mellitus do tipo II. Por conseguinte, um montante de agravos subsequentes pode ser desenvolvido pelo acometido. Assim, gastos com tratamentos específicos são gerados aos cofres públicos e a reabilitação do diabético torna-se mais complexa.[3]

[2]Fica evidente, portanto, que as bases do sedentarismo estão fincadas nos hábitos coletivos e são intensificadas por políticas de saúde mal elaboradas. [6]A fim de que essa situação seja revertida, o Ministério da Educação deve investir em feiras esportivas nas escolas e nas comunidades, incluindo a participação discente, docente e familiar, mostrando por meio de palestras e encontros a importância de atividades físicas desde a infância. Ademais, é necessário que o Ministério da Saúde estabeleça um plano nacional de reeducação alimentar, o que poderia ser feito por mapeamento das regiões mais afetadas por doenças atreladas ao sedentarismo e a má alimentação, criando centros de recuperação nas áreas mapeadas, disponibilizando nutricionistas e educadores físicos aos pacientes. Em síntese, materializando tais medidas, o “corpo orgânico” de Durkheim será integrado em um ambiente mais coeso e saudável.

>> Veja algumas dicas de redação

Análise da redação do aluno

Competência I – Demonstrar domínio da norma culta:

[1] Uso adequado da expressão para se referir a alguém.

Competência II – Compreender a proposta:

[3] Percebe-se que os argumentos são desenvolvidos em defesa da tese de forma clara e objetiva, fazendo uso de exemplos, dados estatísticos, comparações e citações.

Competência III – Selecionar, relacionar argumentos:

Percebe-se apresentação clara da tese com argumentos selecionados, encadeamento de ideias a cada parágrafo com informação nova, precisão vocabular e congruência entre as informações do texto e a realidade.

Competência IV – Conhecer os mecanismos linguísticos para a construção da argumentação:

[4] Uso adequado da locução latina.

[5] Uso adequado da locução latina.

[6] Uso adequado da expressão para demonstrar finalidade.

Competência V – Elaborar a proposta de solução para o problema:

[2] Percebe-se que a proposta relata a participação individual através de atitudes incorporadas dos cidadãos e, também, engloba ações de nível político e legislativo. Além disso, deixa bem claro acerca dos meios utilizados para que se torne efetiva. 

Nota: 960

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s