logo-ge

Mais uma análise de redação: Consequências da automedicação

Veja a correção e os comentários dos professores para uma das redações enviadas pela proposta de 17 de abril

(Liderina/iStock)

Com base na proposta do dia 17 de abril (acesse aqui), os estudantes deveriam escrever uma dissertação sobre o tema “Superbactérias: reflexo da automedicação”. Já publicamos uma análise de texto sobre o tema, que você pode ler aqui. Leia abaixo mais uma das redações enviadas e veja, em seguida, a análise feita pelos professores da plataforma de correção Imaginie.

Segundo o naturalista [1]Charles Darwin e o seu princípio da seleção natural, as espécies mais aptas ao meio ambiente são as que sobrevivem. Analogamente a esse pressuposto, a seletividade de superbactérias ocasionada pela automedicação desenfreada dos pacientes, seja pela precariedade do sistema público de saúde, seja pela comodidade na aquisição, requerem assim medidas enérgicas.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 10% das internações são ocasionadas por automedicação errônea. Ao relacionar-se essa estimativa com a realidade presenciada no país, entre alguns dos motivos, pode-se citar a precariedade no sistema público de saúde. Dessa forma, com filas longas, má infraestrutura e carência de profissionais, fomentam com isso uma incidência crescente por fármacos sem prescrição médica, e ao relacionar-se aos antibióticos, apesar do requerimento de receita, induz ao consumo, em casos, exagerado, ocasionando em intoxicações.

[2]Além disso, as facilidades na automedicação no país são preocupantes. Por meio de sites de busca na internet e aplicativos relacionados a enfermidades, estes contribuem assim ao comodismo e até quadros de diagnósticos equivocados. Somado a isso, a falta de rigor nas fiscalizações em algumas farmácias, em especial nas afastadas dos grandes centros urbanos, promove a orientação de fármacos sem a presença do profissional farmacêutico, o que incita a reversões no quadro atual.[3]

[4]Diante dos fatos expostos, para minimizar o uso abusivo de certos fármacos e assim reduzir a incidência de superbactérias no país é fundamental ao governo maiores investimentos no SUS e em postos de saúde com o intuito de melhorar o atendimento. Acrescido a isso, a Anvisa, maiores fiscalizações nas farmácias e a sites e aplicativos, por meio de multas mais altas, torna-se essencial. Por fim, as escolas e centros comunitários, palestras e campanhas a fim de orientar a precaver aos riscos da automedicação são meios indispensáveis a garantia de saúde da população.[5]

>> Veja algumas dicas de redação

Análise da redação do aluno

Excelente redação! Organiza muito bem os seus parágrafos estruturalmente e liga-os de forma coesa, as ideias são apresentadas com clareza e utiliza muito bem os elementos conectivos. Continue assim!

Competência I – Demonstrar domínio da norma culta: Apresentou uma escrita sem desvios gramaticais, demonstrando assim um bom domínio da norma culta padrão do português.

Competência II – Compreender a proposta: Demonstrou boa compreensão acerca da proposta de redação apresentada, expondo a sua argumentação de forma clara.

Competência III – Selecionar, relacionar argumentos:

[1] Utilizou conhecimento interdisciplinar.
[2] Elencou ideias coerentes para promover o debate sobre a problemática.
[3] Apresentou a argumentação de forma coesa.

Competência IV – Conhecer os mecanismos linguísticos para a construção da argumentação: Fez uma exposição clara do assunto geral. Organiza muito bem os parágrafos estruturalmente e liga-os de forma coesa, as ideias são apresentadas com clareza e utiliza muito bem os elementos conectivos.

Competência V – Elaborar a proposta de solução para o problema:

[4] Construiu propostas coerentes para apresentar como solução para a problemática.
[5] Trabalhou bem na construção dos argumentos expostos em torno das propostas.

Nota: 960

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s