logo-ge

Mais uma análise de redação: Violência contra a criança

Veja a correção e os comentários dos professores para uma das redações enviadas pela proposta de 27 de março

(Krakozawr/iStock)

Com base na proposta do dia 27 de março (acesse aqui), os estudantes deveriam escrever uma dissertação sobre o tema “Violência infantil: como garantir os direitos da criança e do adolescente?”. Publicamos uma análise deste tema na semana passada, que você pode ler aqui. Leia abaixo mais uma das redações enviadas e veja, em seguida, a análise feita pelos professores da plataforma de correção Imaginie.

[1]A incidência da violência infantil não é algo restrito à atualidade, desde a Revolução Industrial,[4] ela já existia na forma de trabalho compulsivo. Hoje, apesar do Estatuto da Criança e do Adolescente garantir leis que os protegem, agressões físicas, sexuais e emocionais ainda ocorrem devido à ineficácia da fiscalização. Por conseguinte, graves problemas são condicionados, como o risco à saúde corporal e psicológica desses alvos.

[3]Em primeira instância, a exposição a traumas físicos contínuos é inaceitável independente das circunstâncias, uma vez que acarreta graves sequelas aos mais jovens e, em situações extremas, pode levar à morte. A exemplo do caso de Isabela Nardoni, a qual, possuindo apenas cinco anos, faleceu após sofrer agressão e ser jogada pela janela de um edifício.

Ademais, as consequências psicológicas desse problema devem ser ressaltadas, já que crianças violentadas apresentam maior tendência à depressão e criminalidade, o que gera uma cadeia de dificuldades sociais.[2]

Contudo, a efetividade do combate à violência infantil é impossibilitada em razão da escassez de denúncias para que essas ações sejam punidas. Somando a isso, de acordo com o filósofo Immanuel Kant, o ser humano é aquilo que a educação faz dele; logo, ao crescer em um ambiente onde atos violentos são vistos como normais, a criança torna-se suscetível a ser uma agressora no futuro, o que fomenta esses atos na sociedade.

Faz-se evidente, portanto, um ciclo de irregularidades o qual necessita de uma intervenção. Para isso, cabe ao Estatuto da Criança e do Adolescente, em parceria com a mídia, a promoção de campanhas que incentivem a realização de denúncias a fim de que esses crimes sejam punidos e minimizados. Como também, as prefeituras devem disponibilizar acompanhamento psicológico gratuito em postos de saúde para vítimas de agressões, visando a redução dos traumas advindos dessas experiências. Desse modo, a integridade e os direitos infantis serão mais respeitados.[5]

>> Veja algumas dicas de redação

Análise da redação do aluno

O aluno escreveu um ótimo texto. Apresentou bom entendimento sobre o tema, boas ideias e argumentos bem estruturados.

Competência I – Demonstrar domínio da norma culta: O texto apresenta bom domínio da normal culta padrão.

Competência II – Compreender a proposta:

[1] Ótimo parágrafo introdutório, apresentando o tema e sua problemática de forma clara e objetiva.

[2] Bom parágrafo de desenvolvimento, com argumentação lógica e objetiva.

Competência III – Selecionar, relacionar argumentos:

[3] Ótimo parágrafo de desenvolvimento, com linha argumentativa completa.

Competência IV – Conhecer os mecanismos linguísticos para a construção da argumentação:

[4] Eliminar a vírgula para melhor fluidez do texto.

[5] Texto com ótimo domínio dos mecanismos linguísticos.

Competência V – Elaborar a proposta de solução para o problema:

[6] A proposta de solução se apresentou coerente e bem estruturada ao tema.

Nota: 960

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s