Guia do Estudante

Posts com a tag ‘Engenharia Química’

Os melhores cursos de Engenharia Química

Amanda Previdelli | 25/03/2013

Engenharia Química é a área da engenharia voltada  para o desenvolvimento de processos industriais que empregam transformações físico-químicas. 

O engenheiro químico cria técnicas de extração de matérias-primas, bem como de sua utilização ou transformação em produtos químicos e petroquímicos, como tintas, plásticos, têxteis, papel e celulose. 

O curso tem física, química e matemática durante todos os anos. com os recentes avanços na biotecnologia, os conhecimentos de biologia vêm sendo incorporados ao currículo. 

A partir do terceiro ano, essas disciplinas passam a ser aplicadas a processos físico-químicos, nos quais os alunos aprendem a identificar as reações, a analisar e a purificar compostos químicos e a projetar equipamentos relacionados com as diversas transformações que ocorrem na indústria química. 

As aulas em laboratório, inclusive no de informática, ocupam parte significativa da carga horária e são fundamentais para os estudantes. O estágio e o trabalho de conclusão de curso são obrigatórios. 

Gostou de Engenharia Química? Confira os melhores cursos: 

Faculdade

Estrelas

(RJ) Rio de Janeiro – UFRJ ★★★★★
(RS) Porto Alegre – UFRGS ★★★★★
(SC) Florianópolis – UFSC ★★★★★
(SP) Campinas – Unicamp ★★★★★
(SP) São Carlos – UFSCar ★★★★★
(SP) São Paulo – USP ★★★★★
(CE) Fortaleza – UFC ★★★★
(MG) Belo Horizonte – UFMG ★★★★
(MG) Uberlândia – UFU ★★★★
(PE) Recife – UFPE ★★★★
(PR) Curitiba – UFPR ★★★★
(PR) Maringá – UEM ★★★★
(RJ) Rio de Janeiro – PUC-Rio ★★★★
(RN) Natal – UFRN ★★★★
(SP) Lorena – USP ★★★★

* Dados do Guia do Estudante Profissões Vestibular 2013

Compartilhe

Os 5 melhores cursos de Engenharia Química do Brasil

Amanda Previdelli | 28/05/2012

Engenharia Química é a área da engenharia voltada para o desenvolvimento de processos industriais que empregam transformações físico-químicas. Um engenheiro químico pode trabalhar nas áreas de desenvolvimento (criar e aprimorar produtos na indústria química, petroquímica e de alimentos), meio ambiente, processo industrial e projetos.

- Conheça os 35 cursos de Engenharia que existem

O curso de Engenharia Química tem um currículo com muita física, química e matemática. Os alunos também terão conhecimentos de biologia. A partir do terceiro ano, as disciplinas teóricas passam a ser aplicadas a processos físico-químicos. São muitas as aulas em laboratório, inclusive no de informática, para que os alunos se familiarizem com os equipamentos industriais e se preparem para enfrentar problemas reais de uma fábrica.

Estágio e trabalho de conclusão de curso são obrigatórios para o graduando.

- Teste profissional: Engenharia Química combina com você? Confira!

Gostou de Engenharia Química? Confira os melhores cursos do Brasil:

Nome da Faculdade Estrelas
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) ★★★★★
Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) ★★★★★
Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) ★★★★★
Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) ★★★★★
Universidade de São Paulo (USP) ★★★★★

* lista em organizada por estado e  ordem alfabética

*Dados do GUIA DO ESTUDANTE Profissões Vestibular 2012. Confira a edição completa nas bancas de todo o Brasil.

Confira outros lugares para estudar Engenharia Química

Comentários: 5 pessoas comentaram

Categoria: Engenharia

Tags:

Compartilhe

Conheça o curso de Engenharia Química da Unicamp

Amanda Previdelli | 02/05/2012

 

Engenharia Química é a área voltada para o desenvolvimento de processos industriais que empregam transformações físico-químicas. O profissional da área pode trabalhar com processos industriais, desenvolvimento de produtos e biotecnologia, meio ambiente e projetos diversos na área. Com o uso crescente de biocombustíveis e o avanço da tecnologia, o mercado para o profissional é abrangente e apresenta boas oportunidades.

Quem quiser trabalhar na área pode fazer um bacharelado em Engenharia Química. O curso vai trazer muitas aulas de física, química e matemática – além de biologia e outras matérias específicas. Para saber um pouco mais sobre o curso na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) o Melhores Faculdades entrevistou o professor Reginaldo Guirardello, coordenador do curso de Engenharia Química na universidade.

Vagas e alunos

Na Unicamp, o vestibulando presta direto a carreira de Engenharia Química – ou seja, não existe o mecanismo de prestar para engenharia de uma maneira geral e depois se especializar. Anualmente, são 60 vagas para o curso integral e 40 vagas para o curso noturno.

- Os 4 melhores cursos de Engenharia Química do Brasil

O aluno que vai prestar para essa carreira, tem de gostar de matemática, segundo o professor. Além disso, ele tem de ser bom em física e química. “Hoje em dia a parte de biologia também conta bastante, devido ao crescimento da área de bioengenharia”, completa o professor Reginaldo. Na Unicamp, o aluno também vai estudar meio ambiente e análise econômica.

O curso na Unicamp é generalista

“Aqui o aluno não aprende sobre uma indústria ou um processo em particular, mas sim sobre a ciência básica e as operações unitárias que são comuns a todas as indústrias químicas e processos”, diz o professor. Segundo o docente, isso permite que o aluno se insira em uma variedade de indústrias ou, se preferir, siga uma carreira acadêmica.

O Trabalho de Conclusão de Curso é uma disciplina obrigatória na Engenharia Química da Unicamp, e é feita com a supervisão de um professor. Lá, o estágio também é obrigatório para a graduação, mas, segundo Reginaldo, o aluno acaba buscando estágios por conta própria “pois é uma forma de se inserir no mercado de trabalho”.

- Engenheiro do ano dá dicas sobre Engenharia Civil

Aulas práticas e atividades extracurriculares 

A Unicamp, um dos maiores centros de pesquisa do país, conta com excelentes laboratórios onde os alunos têm suas aulas práticas. Quem quiser se envolver mais com algum tema específico também pode fazer uma iniciação científica – que pode levar a um mestrado após a graduação.

A universidade também conta com convênios para intercâmbio internacional. O professor Reginaldo explica que a cada ano, cinco estudantes são selecionados para passar um semestre em faculdades da Argentina e do Uruguai. No mesmo semestre, cinco alunos estrangeiros passam a estudar aqui no Brasil. Para ele, as experiências internacionais oferecidas pela faculdade são importantes para o aluno: “sabemos por contato com profissionais da indústria que a experiência de vida em outro país é muito valorizada no mercado de trabalho”, conta.

Conheça os 35 cursos de Engenharia que existem

Compartilhe

Os 4 melhores cursos de Engenharia Química do Brasil

Mariana Nadai | 08/08/2011

Sempre gostou de física, química e matemática e está em dúvida de qual faculdade fazer? Já pensou em Engenharia Química? Nesta graduação, essas matérias estão presentes durante todo o curso, que tem cinco anos de duração.

A Engenharia Química é a área da engenharia voltada para o desenvolvimento de processos industriais que empregam transformações físico-químicas. Este engenheiro cria técnicas de extração de matérias-primas, bem como de sua utilização ou transformação em produtos químicos e petroquímicos, como tintas, plásticos, têxteis, papel, celulose e combustíveis.

Este profissional também projeta e dirige a construção e montagem de fábricas, usinas e estações de tratamento de rejeitos industriais. Pesquisa e implanta processos industriais não poluentes.

Por conta do uso crescente de biocombustíveis e a instalação de usinas sucroalcooleiras no país, o mercado para este engenheiro está bastante aquecido.

Ficou interessado pelo curso? Conheça quais universidades oferecem as melhores graduações de Engenharia Química.

Nome da Faculdade Estrelas
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) ★★★★★
Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) ★★★★★
Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) ★★★★★
Universidade de São Paulo (USP) ★★★★★

* Dados do GUIA DO ESTUDANTE Profissões Vestibular 2011.

Compartilhe