Guia do Estudante

Posts com a tag ‘inglaterra’

Sir Ian McKellen dá dica preciosa a estudantes ingleses

Tânia Vinhas | 11/11/2014

Professores, pais e colegas muito aplicados sempre insistem para que os alunos estudem direitinho para as provas. Mas, na maioria das vezes, o que entra por um ouvido sai pelo outro. Quando Ian McKellen resolve se meter no assunto, no entanto, a história é outra.

O ator, conhecido pelo papel de Gandalf, de O Senhor dos Anéis, só precisou de 20 segundos para explicar aos alunos da Chew Valley School, na Inglaterra, que é preciso enfiar a cara nos livros. Memorável!

TRADUÇÃO: “Sobre a preparação para os seus exames, se você não revisar tudo direitinho, sabe o que vai acontecer? VOCÊ NÃO VAI PASSAR!”

 

Compartilhe

Governo inglês quer que professores espionem alunos muçulmanos

Tânia Vinhas | 14/09/2011

Até onde vai a neura dos países poderosos? Bem, a gente até entende a paranóia que os Estados Unidos têm com qualquer coisa ou pessoa que lembre de longe um terrorista, mas parece que isto já está ficando contagioso.

O governo da Inglaterra agora decidiu, como parte de sua estratégia anti-terrorismo, pedir para os professores universitários começarem a prestar atenção em seus alunos muçulmanos – tipo espionar mesmo. Se algum deles mostrar sinais de isolamento ou depressão, é sinal de possível ameaça e eles devem comunicar às autoridades.

Olha o absurdo da coisa: aparentemente, se uma pessoa muçulmana está triste, ela está mais vulnerável a virar um radical. Se a pessoa mostra ter uma relação conturbada com a família, se acessa sites estranhos e se reclama do governo, pronto – mais motivos ainda.

Na teoria, todo mundo é inocente, mas com potencial de ser culpado. E aí a coisa fica complicada. Em primeiro lugar, nem todo muçulmano é terrorista (longe disto!). Em segundo lugar, nem todo terrorista é muçulmano – quer dizer que o comportamento estranho de outros alunos não merece atenção redobrada? E, em terceiro lugar, o muçulmano inocente pode acabar escondendo os seus sentimentos para não ser perseguido e é péssimo para um aluno deprimido não poder conversar sobre os seus problemas pessoais ou participar de debates.

Querem proteger o país? Ótimo. Só não vamos exagerar, né gente.

Compartilhe