Guia do Estudante

Posts com a tag ‘salário’

Os profissionais com os maiores salários do Brasil

Amanda Previdelli | 15/01/2014

petroleo

Segundo levantamento feito pela PageGroup com a EXAME.com, algumas profissões, especialmente as que têm empregos muito especializados, ainda oferecem altos salários para os profissionais. São carreiras em mercados aquecidos e que exigem das pessoas conhecimentos específicos. No fim das contas, acaba falando profissional para essas áreas, o que faz com que os contratados sejam altamente valorizados. Veja a lista:

Diretor-geral de operadoras de óleo e gás: salário de 60 mil reais

Diretor administrativo financeiro: salário de até 50 mil reais

Diretor executivo do mercado de seguros e resseguros: salário de até 50 mil reais

Diretor técnico e de operações do mercado de tecnologia: salário de até 50 mil reais

Diretor comercial da área de Telecom: salário de até 50 mil reais

Diretor médico de hospitais: salário de até 50 mil reais

Diretor de logística: salário de até 50 mil reais

Diretor-superintendente de shopping center: salário de até 45 mil reais

Diretor de negócios de obras de infraestrutura: salário de até 45 mil reais

Diretor de Recursos Humanos: salário de até 43 mil reais

Diretor Jurídico de bancos: salário de até 40 mil reais

Diretor industrial: salário de até 40 mil reais

Diretor tributário: salário de até 35 mil reais

Controller Regional: salário de até 35 mil reais

Gerente de contratos de obras de infraestrutura: salário de até 30 mil reais

Gerente tributário sênior: salário de até 30 mil reais

Gerente executivo de tecnologia: salário de até 26 mil reais

Quer saber mais profissões? Confira a lista completa e mais informações aqui.

 

 

Comentários: nenhuma pessoa comentou

Categoria: profissões

Tags: ,

Compartilhe

As profissões mais promissoras até 2020

Amanda Previdelli | 11/12/2012

A revista Forbes, uma das mais conceituadas nos Estados Unidos, fez um levantamento para descobrir quais as graduações mais valiosas até o fim da década.

O estudo, feito pela empresa PayScale nos EUA, avaliou o mercado de trabalho que os graduandos terão, bem como seus salários. Confira as graduações que mais devem dar retorno para os formandos nos próximos anos:

  1. Engenharia Biomédica
  2. Bioquímica
  3. Ciência da Computação
  4. Engenharia de Software
  5. Engenharia Ambiental
  6. Engenharia Civil
  7. Geologia
  8. Sistema de Gerenciamento de Informação
  9. Engenharia de Petróleo
  10. Matemática aplicada
  11. Matemática
  12. Gerenciamento de construção
  13. Finanças
  14. Física
  15. Estatística

Compartilhe

Os 10 maiores salários da indústria criativa

Amanda Previdelli | 26/11/2012

Um estudo produzido pela Firjan (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro), chamado “Mapeamento da Indústria Criativa do Brasil”, montou um ranking das dez profissões criativas ais bem pagas no país.

Confira quem ganha mais no ramo da criatividade:

  1. Geólogos e geofísicos (R$ 11.285)
  2. Diretores de programas de televisão (R$ 10.753)
  3. Atores (R$ 10.348)
  4. Biotecnologistas (R$ 8.701)
  5. Diretores de redação (R$ 7.774)
  6. Editores de revista (R$ 7.594)
  7. Arquitetos e engenheiros (R$ 7.524)
  8. Engenheiros eletrônicos e da computação (R$ 7.431)
  9. Autores roteiristas (R$ 7.347)
  10. Pesquisadores em geral (R$ 7.102)

Compartilhe

Conheça 9 profissões divertidas e que pagam bem

Amanda Previdelli | 03/04/2012

É o sonho profissional da vida de quase todo mundo: uma carreira que seja ao mesmo tempo legal e dê retorno financeiro. Nos Estados Unidos, a rede de televisão CNN e o site Career Builder se juntaram para fazer uma listagem das profissões que possuem essas duas características.

A pesquisa foi feita com base em entrevistas sobre quais carreiras os americanos acham mais divertidas. Depois, esses dados foram cruzados com informações salariais. Confira abaixo, mas não se esqueça: são profissões bastante concorridas, muitas de alta responsabilidade e algumas com pouquíssimas vagas.

Provadores: é aquele profissional que vai testar cerveja, chocolate, vinho, café e outras iguarias para comprovar se o sabor está bom. No Brasil, essa profissão pode pagar até dez mil reais.

Designer de brinquedos: é o provador para brinquedos, mas ele também ajuda a criar e produzir. Lá nos EUA pode pagar até 54 mil dólares por mês.

Ciência e Tecnologia de Alimentos: uma das áreas em que esse profissional pode trabalhar é na de criação de novos sabores e testes com o paladar humano. Para isso, pode ganhar 53 mil dólares.

Estilista de boneca: há profissionais especializados em criar roupas para Barbies e outras bonecas famosas. Na empresa americana Mattel, por exemplo, um estilista pode chegar a ganhar até 62 mil dólares.

Sommelier: o profissional que entende de vinhos e os recomenda para clientes está ficando mais popular aqui no Brasil. Ele precisa estudar muito para entender de cada detalhe, mas os salários são em média próximos dos 28 mil dólares, mas podem chegar até 160 mil dólares.

Treinador: para quem gosta de esportes pode ser a profissão perfeita. Os salários mudam bastante dependendo do esporte e do clube que o profissional treinar, mas pode ser de 36 mil dólares – ou muito, muito mais.

Cerimonial: planejadores de eventos têm uma das profissões mais estressantes dessa lista. É preciso ir atrás de patrocínio, fornecedores e cada detalhe de um grande evento. Nos Estados Unidos chegam a ganhar cerca de 42 mil dólares.

Personal Stylist: gosta de moda? Que tal poder indicar o melhor estilo e as peças mais bonitas pras pessoas? A profissão é recente no Brasil, mas lá no Estados Unidos tem gente que paga entre mil e 10 mil dólares por semana para ouvir como se vestir melhor.

Promoter de shows: já pensou acompanhar sua banda favorita em shows no mundo todo? O trabalho do promoter é de organizar cada detalhe dos tours e correr atrás de patrocínio e tudo que é preciso para um show acontecer. Nos Estados Unidos, esse profissional pode ter ganhos que ultrapassam um milhão de dólares por ano.

Leia também:
- As 10 carreiras mais promissoras até 2020

- Os 10 estagiários mais bem pagos

- As dez profissões que mais trazem felicidade

- Os 10 profissionais que mais dormem

Compartilhe

Os 10 estagiários com os piores salários

Amanda Previdelli | 20/03/2012

O site empregos.com.br fez um levantamento com a média salarial dos estagiários. O estudo é feito com base em consultas e dados internos de pessoas cadastradas no site, residentes nos estados do Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Você já viu a lista com os estagiários mais bem remunerados? Então confira abaixo a lista com os 10 estagiários com os piores salários:

Estagiário de Rádio e TV R$ 556,83

Estagiário em Administração de Empresas R$ 618,10

Estagiário de Administração Hoteleira R$ 624,10

Estagiário de Nutrição R$ 635,29

Estagiário de Saúde R$ 647,25

Estagiário de Secretariado R$ 660,77

Estagiário de Contabilidade R$ 670,60

Estagiário de Turismo R$ 677,80

Estagiário de Biologia R$ 683,91

Estagiário de Serviço Social R$ 686,04

Confira também:

- Saiba mais sobre a carreira de fotógrafo

- Os 10 profissionais que mais dormem

- As 10 carreiras mais promissoras até 2020

Comentários: 56 pessoas comentaram

Categoria: Faculdade, profissões

Tags: ,

Compartilhe

Os 10 estagiários mais bem pagos

Amanda Previdelli | 13/03/2012

O site empregos.com.br fez um levantamento com a média salarial dos estagiários. O estudo é feito com base em consultas e dados internos de pessoas cadastradas no site, residentes nos estados do Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. O mais interessante na lista é o domínio de profissionais das áreas de engenharia e tecnologia, que representam 7 das 10 carreiras citadas.

Confira abaixo a lista com os 10 estagiários com os melhores salários:

Estagiário de Engenharia de Produção 1.436,72

Estagiário de Engenharia Mecatrônica R$ 1.259,23

Estagiário de Engenharia Eletrônica R$ 1.204,50

Estagiário de Economia R$ 1.163,58

Estagiário de Engenharia Civil R$ 1.100,38

Estagiário de Engenharia Mecânica R$ 1.051,48

Estagiário de Marketing R$ 1.030,29

Estagiário de Eletrotécnica R$ 989,73

Estagiário de Engenharia Elétrica R$ 924,83

Estagiário de Administração Hospitalar R$ 916, 33

Compartilhe

As dez profissões que mais trazem felicidade

Guilherme Dearo | 14/12/2011

O que define a felicidade na carreira? Seria a satisfação no emprego proporcional ao salário? De acordo com uma lista publicada pela Forbes, empregos que pagam mais não são aqueles que mais trazem felicidade para o profissional.

O ranking, elaborado por pesquisadores da Universidade de Chicago, nos EUA, aponta as dez profissões que mais trazem felicidade.

Nas primeiras posições estão, curiosamente, profissões com fama de não serem bem remuneradas, como de professores e artistas.

Confira:

As dez profissões mais felizes

1. Clérigos (padres ou pastores)
2. Bombeiros
3. Fisioterapeutas
4. Escritores
5. Professores de educação especial
6. Professores
7. Artistas
8. Psicólogos
9. Vendedores de serviços financeiros
10. Operários ou “engenheiros de operação”

Compartilhe

Dez fatos sobre o curso e a carreira de Direito

Guilherme Dearo | 16/09/2011

Para conhecer mais sobre a carreira e o curso de Direito, o GUIA DO ESTUDANTE conversou com Thiago Marrara, professor de Direito Administrativo, Ambiental e Urbanístico da Faculdade de Direito de Ribeirão Preto Universidade de São Paulo (USP).

Marrara listou dez fatos interessantes sobre a área. Confira!

1. É preciso gostar de ler
O material de trabalho do estudante de Direito é a linguagem e as leis. É importante gostar de ler, escrever e de se aprimorar sempre. O Direito é dinâmico, justamente porque lida com a realidade e com as pessoas. É preciso se atualizar constantemente.

2. A escrita é importante
É preciso tomar cuidado para não se deixar influenciar pela imagem que o cinema passa sobre a profissão. Muitos filmes americanos com histórias em tribunais mostram o advogado falando sem parar, exaltado, mas isso é o modelo americano. No Brasil é diferente, tudo é muito escrito.

3. O Direito lida com o conflito
Outra característica importante do estudante é a combatividade, pois o Direito lida diretamente com o conflito; o trato com as pessoas e o gosto por questões de humanidades também contam.

4. O curso tem duração de cinco anos
Esse é o tempo que você levará, no mínimo, para se formar. Os cursos são diurnos ou noturnos na maioria das universidades, mas também podem ser integrais.


5. A maioria das disciplinas são teóricas
As aulas abordam questões de humanas, como Filosofia e Sociologia. Treina-se também a parte da oratória, com seminários onde estudantes apresentam um tema e exercitam fala e argumentação.

6. O estágio é obrigatório
Todo estudante precisa estagiar. Para ajudá-los, as universidades costumam ter convênio com fóruns, por exemplo, onde os alunos podem trabalhar.

7. Há diferentes caminhos depois da graduação
Se você quer seguir na área acadêmica, pode fazer mestrado e doutorado. Outro caminho são as especializações, cursos de um ano e meio de duração com conteúdo mais específico, como Direito Empresarial e Direito Econômico.

8. Só o diploma universitário não basta
Não se consegue ser advogado, juiz ou promotor apenas com o diploma da universidade. É preciso passar por provas, como da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e do Ministério Público (para quem quer ser promotor).

9. Várias carreiras só podem ser seguidas por quem cursou Direito
Advogado, procurador (o advogado de um município, estado ou da União), promotor de justiça, magistratura (juiz), delegado de polícia, tabelião e professor de Direito são áreas que exigem o diploma do curso. Já outras não são exclusivas, mas quem fez o curso tem uma boa base, como diplomata e administrador público.

10. Há demanda por professores
Com a criação de novas universidades e cursos de Direito, professores estão cada vez mais requisitados. Quem seguir a área acadêmica pode ter boas chances no mercado.

Compartilhe