logo-ge

Convocações da lista de espera do Sisu começam nesta quinta (16)

Chamadas serão feitas pelas próprias universidades, em calendário próprio; candidato deverá acompanhar junto à instituição

As próximas listas de chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) começarão a ser divulgadas a partir desta quinta-feira (16). As convocações serão apenas para quem declarou interesse na lista de espera no curso de primeira opção, mesmo que o candidato esteja matriculado na segunda opção. As chamadas serão feitas pelas próprias universidades, em calendário próprio, portanto o candidato inscrito na lista de espera deverá acompanhar as convocações junto à instituição.

O candidato selecionado em sua segunda opção, tendo ou não efetuado a respectiva matrícula na instituição, poderá manifestar interesse em participar da lista de espera no curso de primeira opção. Se estiver matriculado e for convocado na lista de espera, a realização da matrícula na vaga da primeira opção implicará no cancelamento automático da matrícula efetuada anteriormente na segunda opção.

São 238.397 vagas ofertadas em 131 instituições públicas. Esta edição teve 2.498.261 inscritos e 4.880.047 inscrições, já que os candidatos podiam selecionar até duas opções de curso. Para concorrer, era necessário ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016 e não ter tirado zero na redação. Notas de outras edições do Enem não são aceitas. 

Concorrência

A maior nota de corte registrada no Sisu é do curso de Direito da Universidade Federal Fluminense (UFF): 837,83 pontos. Na lista de mais concorridos, o curso de Medicina é o que mais aparece (seis vezes no total). As maiores notas são as da Universidade de São Paulo (USP), com 831,35 pontos; na Universidade de Brasília (UnB), com 829,6, e 826,2 na Universidade Federal do Paraná (UFPR).

As universidades do Nordeste lideraram em número de inscrições. Dos 4,9 milhões de inscrições recebidas no sistema, 1,9 milhão foram para instituições da região, que também teve a maior oferta do programa – 90.851, de um total de 237.840.

Em segundo lugar, vem o Sudeste, com 1,4 milhão de inscrições, seguido pelo Sul, com 573 mil inscrições. Em quarto lugar, o Norte, com 508 mil, e em quinto o Centro-Oeste, com 480,2 mil. Já em ordem de estado, Minas Gerais lidera, com 611 mil inscrições, seguido por Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia e Pernambuco.

O curso mais procurado no Sisu foi Administração, com 269.182 inscritos, seguido por Pedagogia, com 240.511. Em terceiro, quarto e quinto lugar, respectivamente, vem Direito (238.081 inscrições), Medicina (220.207) e Educação Física (177.004).