logo-ge

Enem: veja como 1.434 instituições usam a nota do exame

Confira todas as universidades, centros universitários e faculdades que aceitam o Enem em seu processe seletivo - e de que maneira fazem isso

Você já sabe da importância do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem): ele se tornou o maior vestibular do país. Atualmente, ele é utilizado por 1.434 instituições de ensino superior de todo o Brasil para selecionar candidatos para as suas vagas.

Se você tem interesse em usar a sua nota do exame para ingressar no ensino superior, preparamos essa matéria para você conhecer todas as universidades, centros universitários e faculdades que aceitam o Enem em seu processe seletivo e – o mais importante – de que maneira fazem isso.

Acompanhe as diversas formas de uso do Enem e a relação das instituições que adotam cada uma.

As listas estão organizadas por ordem alfabética da sigla do estado, nome da cidade e sigla da instituição.

  • Como fase única

Nas instituições que adotam o Enem como fase única, ele substituiu o processo seletivo que seria aplicado pela escola. Ou seja, não há vestibular, mas apenas a apresentação da nota do Enem.

As 731 instituições que usam o Enem como fase única para todos os cursos e vagas

As 286 instituições que usam o Enem como fase única para parte dos cursos e/ou vagas

  • Por meio do Sisu

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) é uma plataforma informatizada do Ministério da Educação (MEC) por meio da qual instituições públicas (federais e estaduais) de Ensino Superior oferecem vagas em seus cursos.

O processo seletivo do Sisu é realizado duas vezes por ano, sempre no início do semestre letivo. A inscrição, gratuita, é feita pelo site do MEC.

As 54 instituições que adotam o Sisu para todos os seus cursos e vagas

As 42 instituições que adotam o Sisu para parte de seus cursos e/ou vagas

  • Como parte da nota

O Enem é combinado com outra forma de avaliação, ou seja, a nota do Enem ajuda a compor a nota final do candidato.

As 95 instituições que usam o Enem como parte da nota

  • Como bonificação

A nota do Enem acrescenta pontos na nota final do vestibular. Neste caso, a instituição tem um processo seletivo próprio e usa a nota do Enem para potencializar o desempenho do candidato.

As 71 instituições que usam o Enem como bonificação

  • Como primeira fase

Neste caso, o Enem é considerado uma primeira etapa (classificatória) de um processo seletivo que possui mais de uma fase. Por exemplo: ele seleciona um determinado número de candidatos que farão uma prova aplicada pela instituição.

Apenas 1 instituição usa o Enem como primeira fase: a Faculdade de Belém (Fabel-PA), no Pará.

  • Formas mistas

Além desses casos, há instituições que usam o Enem de forma mista. Uma mesma escola pode usar o Enem como fase única para ingresso em uma parte de seus cursos e o Enem como parte da nota para outros. Um exemplo é o Centro Universitário São Camilo de São Paulo. Apenas para o curso de Medicina, o Enem é usado como parte da nota. Para todos os outros cursos, o Enem é utilizado como fase única do processo seletivo.

As 120 instituições que usam o Enem de forma mista (fase única e parte da nota; ou fase única e primeira fase)

Um último grupo usa a nota do Enem tanto pelo Sisu como de outra forma (como parte da nota, como fase única, como primeira fase etc). Um exemplo é a Universidade de Brasília (UnB).  Para ingresso no primeiro semestre, o Sisu é utilizado para 25% das vagas e a nota do Enem é usada para os cursos que exigem habilidades específicas.

As 34 instituições que usam o Sisu e também a nota do Enem de alguma forma