Guia do Estudante

Biologia

Biologia: Organização das células eucarióticas

31/07/2012 16h 30

Todos os seres vivos são constituídos por células que podem ser de dois tipos básicos: procariontes e eucariontes.

As Células eucariontes apresentam duas partes bem distintas, o citoplasma e o núcleo, entre as quais as moléculas transitam nos dois sentidos. São maiores de que as células procariontes e de estrutura muito mais complexa. A riqueza em membranas das células eucariontes é a sua característica mais importante.

Sistema de membrana: separam os diversos processos metabólicos por conta do direcionamento das moléculas absorvidas e das diferenças enzimáticas entre as membranas (que formam diversos compartimentos). Essa separação de atividades permite às células eucariontes maior eficiência e tamanho.

Cromossomos e DNA: maior quantidade de DNA, e seus cromossomos apresentam histonas e ficam separados do citoplasma pelo envoltório nuclear.

Citoplasma: é envolto pela membrana plasmática e é formado pela matriz, organelas e diversos compartimentos envoltos por membranas (organelas). Pode apresentar depósitos de substâncias diversas, como gotículas lipídicas e glicogênio. O espaço entre esses compostos é preenchido pela matriz citoplasmática ou citosol.

Citosol: contêm moléculas de água e diversos íons, aminoácidos, enzimas que têm papel na síntese e degradação de carboidratos, ácidos graxos, aminoácidos e outras substâncias. Também estão contidos no citosol monômeros de proteína que são construtores de estruturas como microtúbulos e filamentos de actina (componentes do citoesqueleto, que dá forma às células eucariontes, participa dos movimentos celulares e mantém as organelas em seus respectivos lugares).

Membrana plasmática: separa o citoplasma do meio extracelular e apresenta permeabilidade seletiva, ou seja, ela tem papel fundamental para o equilíbrio químico da célula.

Organelas celulares:
• Núcleo: contém o DNA celular e controla as atividades da célula por meio dos genes;

• Nucléolos: localizam-se no interior do núcleo, onde há a síntese de ribossomos;

• Mitocôndrias: sua principal função é a de liberar energia gradualmente, das moléculas de glicose e ácidos graxos - processo de que resultam a liberação de calor e, principalmente, moléculas de ATP (adenosina-trifosfato);

• Vacúolos: são estruturas que armazenam substâncias diversas;

• Leucoplastos: armazenam amido;

• Complexo de Golgi: formado por diversas vesículas achatadas e circulares e relacionado com a síntese de carboidratos;

• Peroxissomos: caracterizados pela presença de enzimas oxidativas que transferem átomos de hidrogênio de diversos substratos para o oxigênio, de acordo com a reação RH2 + O2 -> R + H2O. Também possuem a maior parte da catalase celular (enzima que converte peróxido de hidrogênio em água e oxigênio);

• Retículo Endoplasmático Rugoso: síntese de proteína;

• Retículo Endoplasmático Liso: síntese de lipídios;

• Lisossomos: contem enzimas hidrolíticas envolvidas na digestão celular;

• Cloroplastos: em células vegetais, contêm o pigmento envolvido na fotossíntese (clorofila);

• Cromoplastos: em células vegetais, contêm pigmentos não verdes;

• Leucoplastos: armazenam amido.

Compartilhe