Guia do Estudante

Literatura

Pré-Modernismo - resumo, prosa, poesia, autores, dicas e questão comentada

23/09/2010 17h05

Período de transição entre as estéticas do século 19 e o Modernismo, o Pré-Modernismo não constitui uma estética literária, mas busca novo caminho para a literatura brasileira, usando diversidade de temas e de abordagens. Seus temas voltam-se a questões sociais e ao positivismo. Sua linguagem oscila entre rebuscamento e coloquialismo.

Com o que ficar atento?
Durante o Pré-Modernismo coexistiram tendências conservadoras e renovadoras, por isso o período envolve grande diversidade de autores e gêneros, na prosa e na poesia.

Prosa: aqui destacam-se três autores: Euclides da Cunha (1866 - 1909), autor de Os Sertões, com seu estilo barroco, marcado pela interpretação cientificista dos fatos; Lima Barreto (1881 - 1922), autor de Triste fim de Policarpo Quaresma, cuja ficção traça um quadro fiel do cotidiano nos subúrbios do Rio de Janeiro; e Monteiro Lobato (1882 - 1948), criador do Sítio do Pica-pau Amarelo e do Jeca Tatu, que apresenta em suas obras a realidade nacional despida de embelezamentos ufanistas.

Poesia: destaca-se Augusto dos Anjos (1884 - 1914), que combina elementos parnasianos, simbolistas e expressionistas a uma preocupação formal que demonstra certo exagero e deformação expressiva.

Como pode cair no vestibular?
A construção de um Brasil literário correspondente ao Brasil real - através da aproximação entre literatura e realidade - foi uma das principais preocupações dos Pré-Modernistas e pode ser explorada em questões sobre o panorama histórico-cultural da época.

Como já caiu no vestibular?
(UFRGS) No prefácio da primeira edição de Urupês, diz Monteiro Lobato:

"E aqui aproveito o lance para implorar perdão ao pobre Jeca. Eu ignorava que eras assim, meu Tatu, por motivo de doença. Hoje é com piedade infinita que te encara quem, naquele tempo, só via em ti um mamparreiro de marca. Perdoas?"

A partir deste fragmento, considerando o contexto do artigo "Urupês" e a trajetória intelectual de Lobato, responda:

a) O que significa 'mamparreiro' - termo corrente no norte do Brasil?
b) O que Lobato descobre em relação à natureza física e mental do caboclo brasileiro, assim como à sua condição histórica e política, que lhe permite fazer esta auto-crítica ainda em 1918?

Gabarito

Resposta correta:
a) vadio, preguiçoso.
b) Para Lobato, então fazendeiro no interior paulista, a explicação para a apatia, a indolência e a incapacidade produtiva do Jeca encontrava-se nas facilidades de sobrevivência proporcionadas pela mandioca, milho e cana.
Comentário: A posição de Monteiro Lobato é contrária às teses raciais e climáticas que reduziam as condições precárias do trabalhador do campo a uma condição inerente e inata.

SAIBA MAIS

Conheça o Guia do Estudante Português Vestibular+Enem ou compre a publicação direto na Loja Abril

 - Veja outros resumos de estilos literários

Compartilhe