Guia do Estudante

Saiba mais

Estude a Guerra do Afeganistão com dois filmes e uma HQ

Dos atentados terroristas em 2001 à guerra em 2011, reveja o assunto e se prepare para o vestibular

da redação | 03/05/2011 18h 25

Com a morte de Osama Bin Laden, o terrorista mentor dos atentados de 11 de setembro de 2001, a Guerra do Afeganistão voltou ao centro das atenções.

Que tal se preparar para o vestibular e se divertir ao mesmo tempo? Então conheça dois filmes e uma história em quadrinhos que vão ajudar a entender os antecedentes da guerra e seus contornos atuais.

- Questões sobre Bin Laden e Guerra do Afeganistão podem cair no vestibular

- Entenda os atentados terroristas de 2001 e a Guerra do Afeganistão

Filmes

"Restrepo"
Estados Unidos, 2010
Direção de Tim Hetherington


O documentário narra a implantação de um pelotão de soldados dos Estados Unidos no Vale Korengal, considerado um dos pontos mais perigosos durante a Guerra do Afeganistão.

Durante um ano, as câmeras acompanharam o cotidiano de 15 soldados de um posto avançado chamado Restrepo. Registrando a dura realidade do combate, é possível refletir sobre os motivos do conflito e seus objetivos. Entre fatos prosaicos e a morte, os soldados simplesmente não entendem muito bem o que, afinal, foram fazer lá.

O diretor Tim Hetherington, que também era fotógrafo e estava cobrindo os conflitos recentes na Líbia, foi morto durante um ataque em abril deste ano.

"11/9"
Estados Unidos, 2002
Direção de Jules Naudet e Gédéon Naudet


Os dois cineastas franceses estavam em Nova Iorque em 11 de setembro, gravando uma reportagem sobre o cotidiano dos bombeiros.

A poucos metros do World Trade Center, eles não poderiam imaginar que logo filmariam a chocante imagem do primeiro avião colidindo com um das torres de 110 andares.

Com uma câmera na mão no exato instante do ataque, começaram a filmar o desenrolar da tragédia e o resgate das vítimas. Mais tarde, montariam um documentário narrando aquele momento: o desespero de quem tentava sair do prédio, o esforço e estratégia dos bombeiros para salvar feridos, o caos que tomou conta das ruas depois que os dois prédios desabaram.

Quadrinhos

"O Fotógrafo (volumes 1 e 2)"
De Didier Lefèvre, Emmanuel Guibert e Frédéric Lemercier

Em 1986, o fotógrafo Didier Lefèvre foi ao Afeganistão registrar o trabalho do grupo Médicos Sem Fronteiras e os conflitos no país, que estava sob invasão da União Soviética.
O resultado é uma enorme quantidade de fotos da ação dos médicos e de seu cotidiano, marcado por perigos e adversidades. Anos depois, Lefèfre se uniu aos quadrinistas Emmanual Guibert e Frédéric Lemercier para montar uma reportagem detalhada daquela viagem, mesclando fotografias e quadrinhos.

A HQ ajuda a entender a questão do Afeganistão desde os anos 1980: invadido pela União Soviética, teve apoio dos EUA para expulsar os soviéticos, comunistas. Nada menos que Osama Bin Laden lutou para libertar o Afeganistão da invasão. Anos depois, ele se voltaria contra os americanos e o ocidente e formaria a Al Qaeda.

Compartilhe