Guia do Estudante

Saiba Mais

Segunda Guerra Mundial em livros, quadrinhos e game

O GUIA escolheu três obras de diferentes mídias que retratam o principal conflito da História da humanidade e auxiliam sua compreensão.

16/10/2009 15h 39

A Segunda Guerra Mundial foi um dos marcos do século passado, gerando influências políticas, econômicas e sociais. Vale lembrar que, do conflito, surgiram conjunturas que duram até hoje, como a criação da Organização das Nações Unidas, o advento do Estado de Israel e a ascensão dos Estados Unidos como potência militar e econômica. Outras situações, como a Guerra Fria, apesar de não fazerem mais parte do nosso cotidiano, permearam a segunda metade do século XX e ajudaram a moldar o mundo que conhecemos hoje.

O conflito, que durou seis anos (1939 a 1945), é tema central de três obras que o GUIA selecionou. São eles: o livro Dia D - 6 de junho de 1944, escrito pelo autor norteamericano Stephen E. Ambrose; a história em quadrinhos Maus, de Art Spiegelman; e o game Call of Duty 5: World at War.

SAIBA MAIS

- 31. ago. 1939 - A Europa antes da guerra (AVENTURAS NA HISTÓRIA)
- Dia D (AVENTURAS NA HISTÓRIA)

Livro: Dia D - 6 de junho de 1944
Stephen E. Ambrose - 755 páginas - R$ 59,90

Stephen E. Ambrose dá uma verdadeira aula de história nessa obra. O livro na verdade é um documentário, escrito com base em conversas com veteranos da Segunda Guerra Mundial, em especial daqueles que participaram do famoso Dia D, a invasão da praia de Omaha, na Normandia. O episódio, retratado em diversos filmes, como O Resgate do Soldado Ryan, consolidou a entrada dos norteamericanos no conflito e foi decisivo para o desfecho da guerra.

Em sua obra, Ambrose reúne 1400 relatos, que foram compilados pelo Eisenhower Center os American Studies. Apesar desse caráter "oficial", o autor preza pela isenção das informações, já que o texto também conta com depoimentos de oficiais do Exército alemão. Além dos depoimentos, o livro traz os bastidores do Dia D, como a organização, os preparativos e os planos para o ataque que mudou os rumos da guerra.

Quadrinhos: Maus - A História de um Sobrevivente
Art Spiegelman - 296 páginas - R$ 39,00

Primeira obra em quadrinhos da história a receber o prêmio Pulitzer - honraria destinada a pessoas que realizem trabalhos destacados na área do jornalismo, literatura e música -, Maus - A História de um Sobrevivente conta a história de Vladek Spiegelman, um judeu que sobreviveu à perseguição nazista na Polônia, durante a Segunda Guerra Mundial. Vladek, no caso, é o pai do autor da HQ, Art Spiegelman.

Além do roteiro, que envolve o leitor com a história e os conflitos do personagem principal e de sua família, é digna de nota a representação artística feita pelo autor. Ele retrata os judeus como ratos, os nazistas como gatos, os poloneses como porcos, os norteamericanos como cachorros e o único francês da HQ, como um sapo. Ao retratar as pessoas como animais, o autor evidencia os horrores da guerra, na qual os seres humanos - em especial os judeus, ratos, que enfrentavam seus predadores nazistas, os gatos - conviviam com a ideia de serem "abatidos" a qualquer momento.

Game: Call of Duty 5 - World at War
PC, Playstation 3, Xbox 360, Wii e DS

Após tanto estudo, jogar videogame pode ser uma boa forma de relaxar. E para estudar sobre a Segunda Guerra enquanto se diverte, uma opção pode ser o game Call of Duty 5 - World at War. O jogo de tiro em primeira pessoa retrata o conflito em duas frentes, com o jogador controlando um soldado soviético na Europa e um norteamericano, no front do Oceano Pacífico. Em ambos os casos, os inimigos são as tropas do Eixo, sendo os alemães nazistas nas fases do soldado soviético e os japoneses, na do norteamericano.

Durante a ação, o jogador assiste a vídeos de época e as fases retratam momentos importantes do conflito, como a Batalha de Stalingrado e a invasão norteamericana às ilhas Peleliu e Maki, no Pacífico e a Batalha de Okinawa. Além do enredo permeado por situações históricas, o game possui boas qualidades técnicas, o que garante a imersão do jogador no maior conflito da história da humanidade.



Compartilhe