logo-ge

5 dicas para melhorar sua memória

Não tem jeito, por mais que os vestibulares exijam cada vez menos “decoreba” e mais compreensão de contextos interdisciplinares e gerais, alguns conteúdos têm de ser lembrados pelo aluno – mesmo porque é preciso ter conhecimento de um fato para poder fazer a ligação dele com outro.

Se você está com medo de “dar um branco” na hora da prova, confira algumas dicas que podem ajudar a melhorar sua memória:

– Seis dicas para você criar seu plano pessoal de estudo

1. Durma bem: por mais que seja tentador virar a noite estudando, seu cérebro precisa de descanso para funcionar direito. Por isso, mantenha uma rotina de sono saudável.

2. Coma bem: algumas vitaminas são essenciais para o bom funcionamento da memória. Elas podem ser encontradas em alimentos como pães, cereais, legumes e frutas. Também é muito importante que você esteja sempre hidratado, então beba muita água. Um dos sintomas de um corpo desidratado é a confusão.

3. Descubra o seu tipo de memória: algumas pessoas têm uma memória mais fotográfica, se for seu caso, na hora do estudo, abuse dos gráficos, imagens e desenhos. Tente também prestar atenção na lousa do professor e nas imagens do seu livro didático. Também é possível que sua memória esteja mais ligada à audição. Se for assim, fique muito atento à fala do professor e peça ajuda para um amigo para debater a matéria com ele. Algumas pessoas se lembram mais de determinadas coisas se as desenharem, ou se explicarem a matéria para alguém ou ainda se ouvirem mais de uma vez uma explicação. Descubra qual método funciona mais para você e invista nele.

– Cinco dicas para decorar famílias e elementos da tabela periódica

4. Associação: tente fazer links entre alguma matéria e um fato mais inusitado ou que te interesse mais nela. Fica mais fácil lembrar do contexto geral da Guerra Fria se, por exemplo, você conseguir se lembrar que os Estados Unidos e a União Soviética jamais chegaram a atirar um contra o outro. É um fato que chama a atenção (uma guerra sem confronto direto!) e que pode te ajudar a lembrar de muito mais coisa (o confronto esteve em outros países, de maneira indireta etc).

5. Estude para adquirir confiança: se você estudar com qualidade, vai se sentir mais confiante. Na hora da prova, mesmo se der um branco em uma pergunta, passe para a próxima. Com tranquilidade, lembre-se que você estudou aquele conteúdo, ele está na sua cabeça e em breve você vai se lembrar dele. Sem nem perceber, seu cérebro vai continuar com aquela questão quase que inconscientemente e as chances são que você, mantendo a calma, vai se recordar daquilo que leu e ouviu.

Não tem segredo, muitos professores defendem que a memória é como um exercício qualquer: quanto mais você praticar, melhor ela fica. Por isso, reveja os conteúdos em casa com frequência e não só na véspera da prova.

E vocês, têm mais dicas para a memória?