logo-ge

Como usar a internet para aprender novos idiomas

É fácil ser autodidata na rede. Além disso, não custa nada!


Londres sem sair de casa? É, pode parecer clichê, mas dá para aprimorar seu inglês na net

por Filipe Garrett

Dentro da vastidão de conteúdos disponíveis na internet há espaço cada vez maior para o chamado e-learning: educação a distância baseada na rede. E uma área que progrediu muito nesse mundo novo é a do ensino de idiomas.

Segundo Ana Luiza Bergamini, uma das responsáveis pelo site http://www.inglesonline.com.br, que oferece material para tirar dúvidas, curiosidades e exercícios para quem estuda a língua inglesa, a opção dos cursos virtuais é válida desde que exista uma relação equilibrada entre o interesse do estudante e a didática plataforma de ensino: “muitos sites oferecem lições de gramática com exercícios e alguns exemplos em áudio, o que pode ser muito bom para aprender a mecânica da língua”, diz.

Ana Luiza, contudo, ressalta que, para aprender, ganhar fluência mesmo num nível básico de qualquer língua, é necessário ouvir muito o idioma estudado, além de praticá-lo. “Por isso recomendo que o aluno procure sites que apostem na interatividade e permitam que as lições sejam baixadas para ouvir em qualquer lugar e a qualquer hora”. Vale lembrar ainda que, se por um lado você não paga nada, por outro terá que ter disciplina para estudar no computador e não abandonar o curso.

– Sites para estudar biologia e matemática
– Sites para estudar física e química
– Sites para estudar história e geografia
– Como usar o Youtube para estudar

PONTOS POSITIVOS
Dentre as vantagens do sistema “aprenda você mesmo” na internet estão a praticidade de se estudar em casa, gerenciar os próprios horários e, claro, cortar custos. Existem sites que oferecem cursos e são pagos mas, em geral, os gratuitos não ficam atrás.

É o caso do Livemocha rede social desenvolvida para que pessoas do mundo todo ensinem e aprendam, ao mesmo tempo, novas línguas. Entre os milhares de usuários do site está o cearense Renam Sávio de Paula, 22 anos, estudante da área de computação, que aprende inglês na rede social. Para Renam, o Livemocha é mais do que um lugar para estudar, afinal é possível interagir com pessoas do mundo todo, com o mesmo objetivo, algo que os cursos convencionais não oferecem. “Além disso, você envia dúvidas, seus áudios e seus exercícios para as pessoas da comunidade corrigir, e você acaba também recebendo material de outras pessoas que estão aprendendo alguma língua que você domina”, conta.

Veja aqui uma seleção de sites onde você pode aprender uma nova língua:

Livemocha: Aposta em ensinar línguas de forma gratuita através da colaboração entre todos os usuários, que interagem ensinando uns aos outros. Há suporte para conversação e você pode fazer amigos no sistema, afinal, é um “Orkut” para aprender línguas. O Livemocha oferece suporte a mais de 20 idiomas, do inglês ao mandarim.

BBC Brasil: a rede britânica BBC mantém um curso com vídeos, áudios e notícias em inglês. Embora não disponha de exercícios, o site possui lições em vídeo de um personagem, “O Professor”, notícias em tempo real, explicações sobre pronúncia e vocabulário. Pode ser uma ótima alternativa para praticar mais o inglês que você aprende por outros canais. Se você domina o idioma, mas quer aprender um outro, a BBC possui um site que ensina línguas do mundo todo.

Deutsche Welle: trata-se do curso de alemão gratuito promovido pela rede de notícias alemã – equivalente à BBC e seu curso de inglês. A página da DW dispõe de arquivos em áudio, vídeo, textos e exercícios para treinar o alemão em qualquer nível, do mais básico ao avançado, sempre apostando em interatividade. Além disso, há cursos voltados para necessidades específicas, como negócios, viagens e até mesmo dialetos alemães.

Francoclic: é um site para aprender francês desenvolvido pelo Ministério da Educação (MEC), na esteira das comemorações do Ano da França no Brasil. O Francoclic possui um acervo completo com diversas modalidades de ensino, todas com lições que contemplam pronúncia, gramática, vocabulário e interpretação textual.

Weblínguas: site idealizado pelo Centro Latino de Línguas (CLL) com cursos completos de inglês, espanhol e francês. Possui bastante conteúdo interativo, propõe exercícios e os envia no seu email. Há também jogos para treinar o vocabulário, lições em áudio e testes. E, como todos os outros sites aqui listados, é tudo gratuito.

Veja outros sites para estudar línguas na internet