logo-ge

Veja fotos tiradas por um pastor durante a Revolução Russa

John Wells Rahill era um pastor americano que tinha muito interesse na história da Rússia e em fotografia

John Wells Rahill era um pastor americano que tinha muito interesse na história da Rússia e em fotografia. Quando ele ficou sabendo sobre a Revolução Russa, decidiu vê-la por si mesmo e virou voluntário da YMCA (ou ACM, Associação Cristã de Moços que reuniu pessoas para a arrecadação de fundos de guerra, distribuição de alimentos e trabalhos de recreação e lazer com prisioneiros).

Em outubro de 1917, foi enviado para a vila de Valk (hoje uma cidade pequena dividida ao meio pela linha de fronteira entre Estônia e Letônia). Lá ele montou, em uma velha escola, uma sala de leitura, sala de jogos, cozinha e outras coisas para ajudar a entreter os soldados enquanto não estivessem lutando. E aproveitou para tirar fotos.

Rahill teve de voltar para os Estados Unidos em 1918, passando antes pela China e Japão. Suas fotos tiveram de ser escondidas em seu porão por décadas, já que muitas pessoas que haviam trabalhado na Rússia naquela época passaram a ser acusadas, nos anos seguintes, de serem simpatizantes do socialismo.

Há poucos anos, a neta do pastor contou essa história para o amigo Anton Orlov, um russo que mora nos EUA. Ele teve acesso às cerca de 500 fotografias tiradas por Rahill e resolveu compartilhar o achado com o mundo.

Ver essas imagens significa voltar no tempo – e, para um vestibulando, isso é ótimo porque permite que você crie uma imagem mental de épocas e acontecimentos que precisará estudar. Isso facilita a memorização. Para ajudá-lo ainda mais, selecionamos alguns links sobre a Revolução Russa, que estão listados logo abaixo.

Veja uma seleção das fotografias (tem mais aqui).


O pastor John Wells Rahil e três meninos russos em uma pequena vila. Foto: Reprodução


Soldados usando máscaras de gás

Saiba mais sobre a Revolução Russa:

– Qual é a ligação entre a Primeira Guerra Mundial e a Revolução Russa?