logo-ge

Número de financiamentos estudantis feitos pelo Fies aumenta 140% entre 2011 e 2012

Foram mais de 368 mil contratos firmados

O número de estudantes que contrataram o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) cresceu 140% em relação a 2011. Em 2012, o Fies firmou 368 mil contratos. No ano anterior este número chegou a 153 mil.

– Veja como funciona o Fies passo a passo

– Governo investe R$ 1,6 bilhão em financiamento estudantil

O estado que mais registrou o aumento foi São Paulo. Em 2012 foram firmados 98,7 mil contratos contra 27,7 mil em 2011, um crescimento de 255%. Depois do estado paulista, seguem, respectivamente, Minas Gerais (45,8 mil), Bahia (23,9 mil) e Rio de Janeiro (20,8 mil). Todas as unidades federativas apresentaram aumento.

Expansão

Segundo a assessoria do Ministério da Educação, a implantação de novas regras para o Fies a partir de 2010 ajudou a aumentar a procura pelo tipo de financiamento. Neste mesmo ano, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) passou a ser o agente operador do programa. Na época, as principais mudanças que impulsionaram a procura pelo financiamento estudantil foram a redução dos juros para 3,4% ao ano e o aumento do prazo de carência (18 meses) e de amortização (três vezes o período financiado, acrescido de 12 meses).

O programa financia de 50% a 100% dos encargos educacionais, de acordo com a renda familiar mensal bruta e com o comprometimento dessa renda com os custos da mensalidade. Apenas estudantes com renda familiar mensal bruta de no máximo 20 salários mínimos podem requerer o financiamento, de acordo com as normas estabelecidas no site do Fies.

LEIA MAIS

– Notícias de vestibular e Enem

– Notícias sobre o Fies