logo-ge

Prazo da lista de espera do ProUni vai até amanhã (8)

Candidatos que tenham sido pré-selecionados na primeira ou segunda opções de curso, mas reprovados por não formação de turma, também podem concorrer

(Divulgação/MEC)

Os participantes do Programa Universidade para Todos (ProUni) que não tenham sido pré-selecionados nas duas chamadas regulares já podem declarar interesse em participar da lista de espera. Os candidatos que tenham sido pré-selecionados na primeira ou segunda opções de curso, mas reprovados por não formação de turma, também podem concorrer.

O prazo vai até as 23h59 de amanhã (8). O resultado sai no dia 10 de março, e os pré-selecionados deverão comparecer às instituições nos dias 13 e 14 para entregar a documentação comprobatória e realizar a matrícula.

Inscritos

O Programa Universidade para Todos (ProUni) 1º/2017 recebeu 1.535.042 inscritos nos 4 dias de inscrição. Como cada candidato pode fazer até duas opções de curso, foram 2.976.550 inscrições. Os cursos mais procurados são Direito e Administração, com cerca de 268 mil inscritos cada, seguidos por Pedagogia, em terceiro lugar, com 180 mil inscritos.

A maioria dos candidatos é mulher (60%) e de até 22 anos (67%). Os candidatos são, em maioria, de São Paulo (270 mil), Minas Gerais (179 mil) e Bahia (109 mil). As inscrições de ampla concorrência foram de 1.810.885 contra 1.165.665 por cotas. A nota de corte mais alta foi registrada em um curso de Medicina em Santa Maria (RS), com 811,30 pontos. Em seguida, vem um curso de Medicina em Colatina (ES), com 809,34 pontos de corte.

Como funciona

Para poder se inscrever no ProUni, é necessário ter feito o Enem, obter a nota mínima no exame (média de 450 pontos nas provas e nota acima de zero na redação), ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou ter cursado parte ou todo o ensino médio em escola privada com bolsa integral, e atender a pelo menos um dos pré-requisitos abaixo:

– ter renda familiar, por pessoa, de até três salários mínimos;
– ser portador de deficiência física;
– ser professor da rede pública de ensino básico, concorrendo a vagas em cursos de licenciatura, normal superior ou pedagogia.

Bolsas

O ProUni oferece dois tipos de bolsas: integral e parcial (50% da mensalidade). A bolsa integral é para estudantes com renda familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. A bolsa parcial é destinada aos estudantes com renda familiar, por pessoa, de até três salários mínimos.

Os estudantes que conseguirem a bolsa parcial podem ainda se cadastrar no Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies) para financiarem a outra parte da mensalidade da universidade.