logo-ge

Tire suas dúvidas sobre o Fies 2017/2

Inscrições para o segundo semestre terminam nesta sexta-feira (28)

As inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) abriram nesta terça-feira (25) e muitas dúvidas costumam surgir nessa hora. Reunimos aqui as perguntas mais frequentes para facilitar o entendimento das regras e exigências do Fies.

Para não haver confusão, é bom lembrar que o Fies passou por algumas mudanças nos últimos dias, mas isso não afeta a seleção atual. As regras recém-aprovadas para o programa de financiamento só vão começar a valer nas próximas edições, em 2018. Para este semestre, valem as regras antigas.

Sobre o Fies

Como são os financiamentos do Fies?

Os financiamentos concedidos pelo Fies têm taxa de juros de 6,5% ao ano. Durante o curso, o candidato deve pagar, a cada três meses, o valor máximo de até R$ 150,00, referente ao pagamento de juros incidentes sobre o financiamento. Após a conclusão do curso, o candidato tem 18 meses de carência para começar a pagar o financiamento. Nesse período, deve continuar pagando, a cada três meses, o valor de até R$ 150,00, referente aos juros que incidem sobre o financiamento. Encerrado o período de carência, o financiamento pode ser pago pelo candidato em até três vezes o período financiado do curso. Por exemplo, se o estudante usou o Fies para financiar um curso de cinco anos, ele terá até quinze anos para pagar. Mas se ele começou a usar o Fies a partir do segundo ano de curso e só usou o financiamento por quatro anos, então ele terá doze anos para pagar. Conta sempre os anos usados pelo financiamento, não a duração do curso.

É preciso usar fiador para usar o Fies?

Se o estudante for beneficiário do ProUni com bolsa de 50%, for professor(a) da rede pública ou receber até 1,5 salário mínimo per capita, é possível contratar o Fies sem fiador, optando pelo Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo (Fgeduc), criado pelo MEC para atender a esses casos. Se não estiver enquadrado nessas condições, automaticamente o sistema do Fies irá pedir que apresente um fiador.

Sobre a inscrição

Quem pode se inscrever no Fies?

Para obter financiamento em um curso superior privado o estudante deve participar do processo seletivo do Fies. O candidato precisa respeitar os seguintes critérios para se inscrever:

  • Ter renda familiar mensal bruta, por pessoa, de até três salários mínimos; e
  • Ter participado de alguma das edições do Enem a partir de 2010 e obtido nota mínima de 450 pontos na média das provas e nota na redação superior a zero.
  • Não ter bolsa de Prouni 100% (integral)
  • Não ter bolsa de Prouni 50% em outro curso (para completar os outros 50% no mesmo curso, na mesma instituição, pode)
  • Não ter inadimplência junto ao Programa de Crédito Educativo (PCE/CREDUC);
  • Não ter inadimplência junto ao Fies para outro financiamento.

Qual o período de inscrições do processo seletivo do Fies deste semestre?

As inscrições do processo seletivo do Fies devem ser realizadas no período de 25 de julho de 2017 até as 23 horas e 59 minutos de 28 de julho de 2017 (horário de Brasília).

Como devem ser feitas as inscrições no Fies?

As inscrições, são gratuitas, devem ser feitas exclusivamente pela internet, por meio do Sistema de Seleção do Fies (Fies Seleção). Antes de iniciar o processo de inscrição, o candidato deve se cadastrar no Fies Seleção, selecionando a opção “Primeiro acesso”. Para efetuar o cadastro, o candidato deve informar o número no Cadastro de Pessoa Física (CPF) e a sua data de nascimento. A partir desses dados, o sistema automaticamente verificará se o candidato participou do Enem, a partir da edição de 2010, e se obteve, em uma mesma edição do referido exame, média das notas nas provas igual ou superior a 450 pontos e nota na redação superior a zero.

Depois disso, o sistema pedirá ao candidato que cadastre uma senha e que informe um e–mail pessoal válido para o qual será enviado o link de ativação do cadastro. Concluído o cadastro, o sistema envia automaticamente ao e–mail registrado pelo candidato um link para ativação. Após a ativação, o candidato deve buscar, no sistema de inscrição, a opção “Já sou cadastrado” e informar o CPF e a senha cadastrada. Além dos dados pessoais, o candidato deve informar o número de registro no CPF dos membros do grupo familiar com idade igual ou superior a 14 anos, as respectivas datas de nascimento, conforme constam do referido CPF, e a renda bruta mensal de cada componente do grupo familiar, se for o caso. Para concluir a inscrição, o candidato deve escolher um curso e turno dentre aqueles com vagas disponíveis no Fies Seleção.

Quais cursos podem ser financiados pelo Fies? Precisa já estar matriculado no curso para pedir o Fies?

Podem ser financiados pelo Fies somente os cursos disponíveis pelo Fies Seleção, observado o número de vagas ofertadas. O candidato pode escolher qualquer curso, daqueles com vagas disponíveis no site, em qualquer instituição, não sendo necessário já estar matriculado para efetuar a inscrição. O candidato deve se inscrever em um único curso e turno para concorrer no processo seletivo do Fies.

Dá para alterar a opção de curso depois de concluir a inscrição?

Sim, quantas vezes o candidato julgar pertinente, mas somente durante o período de inscrições. É considerada válida a última inscrição realizada e confirmada pelo candidato no Fies Seleção.

Sobre a seleção:

Como é calculada a nota de corte de cada curso?

As notas de corte serão divulgadas a medida que o curso escolhido pelo candidato tenha atingido a quantidade de vagas disponíveis para o curso selecionado, o Fies Seleção calcula a nota de corte parcial (menor nota para ficar entre os potencialmente selecionados) para cada curso, com base no número de vagas disponíveis e no total dos candidatos inscritos naquele curso que não tenham concluído curso superior e os não beneficiados pelo Fies. A nota de corte é apenas uma referência, não é garantia de seleção para a vaga ofertada. O sistema faz o cálculo em tempo real. A nota de corte é modificada de acordo com as notas dos inscritos e a quantidade de vagas disponibilizadas em cada curso. O candidato pode acompanhar as notas de corte e alterar a opção de curso até o encerramento das inscrições. A inscrição válida é sempre a última confirmada pelo candidato.

Quais são os critérios de desempate?

No caso de notas idênticas no Enem, o desempate observará os seguintes critérios:

I – maior nota obtida na redação;
II – maior nota obtida na prova de linguagens, códigos e suas tecnologias;
III – maior nota obtida na prova de matemática e suas tecnologias;
IV – maior nota obtida na prova de ciências da natureza e suas tecnologias;
V – maior nota obtida na prova de ciências humanas e suas tecnologias.

Quando sai o resultado do processo seletivo do Fies?

O resultado do processo seletivo será divulgado em 31 de julho. Os candidatos classificados com base no número de vagas do curso serão pré–selecionados na chamada única. Os demais, não pré–selecionados, serão automaticamente incluídos em lista de esperaO candidato pode consultar o resultado dos candidatos pré-selecionados na chamada regular, e também a lista de espera, no site Fies Seleção e na instituição em que efetuou a inscrição.

Para outras dúvidas, consulte o site Fies Seleção ou o edital do Fies. Também é possível tirar dúvidas por telefone, diretamente na central do MEC: 0800 616161.


Outras perguntas respondidas

No primeiro semestre, o Guia do Estudante realizou uma live sobre Fies no Facebook com Alexandre Mori, assessor de financiamento do Sindicato das Entidades Mantenedoras de Estabelecimentos de Ensino Superior no Estado de São Paulo (Semesp). Durante o bate-papo outras questões foram respondidas também. Para quem não assistiu e quiser conferir, vale a pena dar uma olhada!

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Lucas Henrique

    Eu não consegui tirar a nota necessária em 2015 mais consegui tirar em 2016 posso participar msm só conseguindo a nota em 2016 e não em 2015 ?

    Curtir