Guia do Estudante

Vestibular

Relembre os filos do Reino Animal e prepare-se para o vestibular

O Reino Animal, também chamado de Metazoa ou Animalia, inclui organismos pluricelulares e heterótrofos. Os vertebrados fazem parte do filo dos cordados. Já os invertebrados se distribuem por diversos filos.

da redação | 02/07/2012 00h21

Nas próximas fotos, você vai ver animais cordados e animais invertebrados. Os cordados apresentam, em algum estágio da vida, notocorda (estrutura de sustentação, da cabeça à cauda), tudo neural na região dorsal e fendas branquiais na faringe. Vertebrados é um subfilo dos cordados. São animais que têm esqueleto interno, ósseo ou cartilaginoso, coluna vertebral, cérebro e medula espinhal.

Não existe uma categoria específica para os invertebrados. O termo foi criado por Carlos Lineu, para indicar os animais que não têm coluna vertebral. Existem invertebrados em vários filos, como o dos cnidários e dos poríferos. São as esponjas, que têm poros e canais para circulação da água e nutrientes. São invertebrados. Corais e águas-vivas, cujo corpo tem um tecido gelatinoso chamado mesogleia e uma cavidade digestiva interna. Apresentam células urticantes. São invertebrados. Parasitas, como a tênia e o esquistossomo. Corpo achatado e mole, sem patas. Não têm sistema respiratório nem circulatório. São invertebrados. Vermes cilíndricos de corpo não segmentado. Incluem alguns parasitas humanos, como a lombriga. São invertebrados. Seres de corpo mole, não segmentado. Podem ser marinhos ou terrestres, como lesmas, lulas e polvos. São invertebrados. Vermes com corpo segmentado em anéis, como as minhocas e sanguessugas. Na maioria das vezes, são hermafroditas. São invertebrados. É o filo com o maior número de espécies do reino animal. Inclui as classes dos crustáceos (caranguejos), aracnídeos (aranhas), diplópodes (centopeias) e insetos - animais com apêndices articulados, corpo segmentado em cabeça,  tórax e abdôme, e o exoesqueleto de quitina. São invertebrados. Animais marinhos de esqueleto interno calcário, como estrelas-do-mar e pepinos-do-mar. São invertebrados. Animais aquáticos, de sangue frio, dotados de nadadeiras e que respiram por guelras ou brânquias. São cordados. Animais que passam parte da vida na água e outra parte em terra, como rãs e sapos. Na água, respiram por brânquias. Em terra, por pulmões. Também fazem troca gasosa pela pele. São cordados. Animais ectotérmicos (de sangue frio) e pele recoberta de escamas córneas (cobras e lagartos) ou placas ósseas (tartarugas). São cordados. Bípedes, ovíparos, com pele revestida de penas, bico e ossos pneumáticos. São endotérmicos (de sangue quente) e cordados. É a classe mais evoluída dos cordados. Têm o corpo coberto de pêlos e glândulas mamárias que produzem, nas fêmeas, leite para os filhotes. Endotérmicos, sua temperatura corporal é controlada pelo cérebro. São cordados.

Reino Animal

Leia mais

Nas próximas fotos, você vai ver animais cordados e animais invertebrados. Os cordados apresentam, em algum estágio da vida, notocorda (estrutura de sustentação, da cabeça à cauda), tudo neural na região dorsal e fendas branquiais na faringe. Vertebrados é um subfilo dos cordados. São animais que têm esqueleto interno, ósseo ou cartilaginoso, coluna vertebral, cérebro e medula espinhal. Não existe uma categoria específica para os invertebrados. O termo foi criado por Carlos Lineu, para indicar os animais que não têm coluna vertebral. Existem invertebrados em vários filos, como o dos cnidários e dos poríferos.

Compartilhe