logo-ge

Fiz Administração, mas não falo inglês. Devo fazer Letras?

O que fazer quando sua profissão exige um segundo idioma? Nossos orientadores profissionais dão dicas

Eu me formei em Administração em 2015 e até o momento não consegui nenhum emprego. Penso que meu currículo iria se enriquecer se eu tivesse o inglês avançado que o mercado tanto exige. Não tenho nenhum curso de inglês, apenas o que foi ensinado no ensino médio. Então queria saber: na minha situação, iria agregar no meu currículo eu fazer um curso de licenciatura português/inglês? Assim, além de saber inglês eu poderia também dar aula.

Naiane

Oi Naiane! Com certeza o inglês é um ponto muito importante no currículo. Hoje, para atuação em algumas áreas relacionadas à sua graduação, é importante até mesmo saber falar mais de dois idiomas.

Fazer mais uma graduação pode até ser relevante na sua vida, mas não um diferencial para cobrir o gap de idiomas do seu currículo. Se é isso que você espera com a segunda faculdade, pode se frustrar.

Para cobrir essa lacuna de idiomas o melhor é investir tempo, energia e dinheiro em bons cursos de línguas. Se puder ter uma vivência fora seria ainda melhor, pois a velocidade e consistência do aprendizado tendem a ser maiores (desde que você fuja das cidades e escolas cheias de brasileiros). Pesquise sobre cursos no exterior e tente aliar o aperfeiçoamento de um idioma (ou mais) ao aprendizado de algum conteúdo que possa ser útil para a sua carreira. Você pode encontrar informações sobre isso consultando a seção de Intercâmbio do Guia do Estudante. 

Já a graduação em Letras dará a você uma outra oportunidade que é ensinar, dar aulas. Você já pensou se tem habilidade para isso? Gosta de ensinar? Reflita se vale a pena investir mais alguns anos da sua vida em outra graduação ou se vai fazer isso apenas para “cobrir” parte de uma lacuna em seu currículo e “aproveitar” o segundo diploma para começar uma nova profissão.

Profissão é mais do que simplesmente algo a ser aproveitado, deve ter ligação com um propósito maior em nossas vidas. 😉

People & Results

Empresas são feitas de profissionais. São eles que constroem, transformam e perpetuam a cultura corporativa. Quando colocadas em posições que exigem aquilo que cada um tem de melhor, alcançam desempenho superior, são mais felizes. Portanto, cuidar da cultura da empresa e da carreira é peça fundamental na gestão de pessoas e para o sucesso nos negócios. Em suma, pessoas e resultados são o nosso negócio.
(A consultoria, especializada em carreira e cultura organizacional, responderá periodicamente as dúvidas dos leitores do GE).