logo-ge

Gostaria de prestar ajuda humanitária pelo mundo. Que curso faço?

Orientador profissional esclarece

Gostaria muito de ajudar os mais necessitados de todo o mundo, como vítimas de grandes desastres. Conhecer novas culturas também é essencial pra mim. Que curso que mais se encaixa nessas opções? Seguindo o meu sonho terei sucesso financeiro?
Enviado por Pablo

As opções são muitas. Não há uma profissão cujo objetivo seja “viajar”; esta pode ser uma necessidade intermediária para a realização de seus objetivos. Por exemplo, muitas pessoas consideram que o objetivo primeiro do turismólogo (formado em Turismo) é viajar, conhecer novos destinos para lazer e negócios; isto até pode ser parte de suas atribuições, mas ele deverá estar atento a questões comerciais, possibilidades de fechamento de contratos, administração de carteira de clientes, e mesmo pode ter que realizar quase todas suas atividades sem viajar.

Você referiu se interessar por conhecer outras culturas, outros costumes. Também profissionais como antropólogos e sociólogos (ambos formados no curso de Ciências Sociais) podem realizar suas pesquisas eventualmente quase sem viajar.

Por outro lado, profissões que parecem não permitir viagens e contatos com diferentes grupos sociais podem oferecer tais possibilidades. Por exemplo: se você for médico e participar de organizações internacionais de saúde (como a Organização Mundial da Saúde) ou grupos como a associação “Médicos sem Fronteiras”, suas viagens e a qualidade de interação com diferentes culturas serão intensas.

Procure partir de outro eixo: tente identificar uma ou algumas atividades-fim profissionais, os objetivos centrais das profissões. Por exemplo, o jornalista investiga, pesquisa e relata fatos, acontecimentos, posicionamentos acerca da realidade, do pensamento humano; o internacionalista (formado em Relações Internacionais) se volta para a mediação comercial, cultural, política, de conflitos entre empresas e outras organizações de diferentes países; o antropólogo pesquisa a analisa a estrutura, organizações e instituições das sociedades ao longo da história; assim como outras tantas possibilidades. Mas também militares ou engenheiros podem desenvolver atividades importantíssimas de amparo e recuperação de condições de vida em comunidade arrasadas por catástrofes ou conflitos.

Identificadas as profissões que mais lhe atraem em função das atividades-fim, verifique quais as possibilidades de atuação que podem envolver viagens mais frequentes. Outra possibilidade é você trabalhar em órgãos internacionais, como a ONU e demais organismos ligados a ela (UNICEF, UNAIDS, CEPAL, PNUD, etc).

Há dezenas de carreiras possíveis. Consulte este link; há redirecionamentos na página para textos em inglês e/ou francês.Se você tiver dificuldade, tente utilizar um programa de tradução (como o Google tradutor). Em organizações como essas seu objetivo de auxiliar agrupamentos humanos em situação de fragilidade social pode ser plenamente atendido.

Leia mais:
– Conheça os 17 cursos de Ciências Sociais e Humanas
– Relações Internacionais é o curso que eu quero?