logo-ge

Qual profissão permite viajar e trabalhar com entretenimento?

Orientador profissional responde

Explore outros lugares

Não há uma profissão cujo objetivo central seja “viajar”; esta pode ser uma necessidade intermediária para a realização de seus objetivos. Por exemplo, muitas pessoas consideram que o objetivo primeiro do turismólogo (profissional formado em turismo) é viajar, conhecer novos destinos para lazer e negócios; isto até pode ser parte de suas atribuições, mas ele deverá estar atento a questões comerciais, possibilidades de fechamento de contratos, administração de carreira de clientes, e até pode ter que realizar quase todas suas atividades sem viajar. O turismólogo pode trabalhar na organização de eventos, em agências de viagem, com hotelaria, ecoturismo, em restaurantes, entre outras áreas.

Envie sua pergunta para nossos orientadores

Profissões que parecem não permitir viagens e contatos com diferentes grupos sociais podem oferecer tais possibilidades. Por exemplo: se você for médico e participar de organizações internacionais de saúde (como a Organização Mundial da Saúde) ou grupos como a associação “Médicos sem Fronteiras”, suas viagens e a interação com diferentes culturas serão intensas.

É possível que um jornalista seja correspondente estrangeiro ou seja escalado para reportagens temáticas em outros países. Ele investiga, pesquisa e relata fatos, acontecimentos, posicionamentos acerca da realidade, do pesamento humano.

O internacionalista (formado em relações internacionais) se volta para a mediação comercial, cultural, política, de conflitos entre empresas e outras organizações de diferentes países O antropólogo pesquisa a analisa a estrutura, organizações e instituições das sociedades ao longo da história. Um cineasta ou um fotógrafo podem se especializar em temas como registro das diferentes configurações sociais ou naturais em diferentes partes do mundo. Vê-se que há possibilidades muito diferentes. 

Você referiu o campo do entretenimento em sua pergunta. Amplie suas perspectivas e procure identificar uma ou algumas atividades-fim profissionais, os objetivos centrais das profissões.

Identificadas as profissões que mais lhe atraem em função das atividades-fim, verifique quais as possibilidades de atuação que podem envolver viagens mais frequentes. Inclusive porque a formação é que dará sustentação a seus projetos e à identidade que você gostaria de construir, mesmo que não conquiste totalmente o objetivo de viajar frequentemente.