Guia do Estudante

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA/GESTÃO PÚBLICA

Bacharelado / Tecnológico

Legenda:

Graduação

Graduação Tecnológica

É a aplicação das teorias clássicas de administração no gerenciamento das instituições públicas. Encarregado de aplicar as teorias administrativas no desenvolvimento de ações do interesse social coletivo, o administrador público é essencialmente um planejador. Cada vez mais requisitado pelo mercado, ele gerencia organizações do setor público em nível governamental, em agências federais, estaduais ou municipais, nas empresas ligadas ao terceiro setor ou em organizações não governamentais. Os profissionais são habilitados para a execução do planejamento e da gestão de políticas públicas, a implementação de programas de responsabilidade social, a gestão de organizações sociais e a elaboração de programas governamentais. Também são requisitados para atuar em agências reguladoras e de fomento social.

Fique de olho

ORIENTAÇÃO COMUNITÁRIA

A UFPR, em Matinhos, oferece o curso de Orientação Comunitária, cuja formatura da primeira turma está prevista para 2013. É uma graduação voltada para o desenvolvimento do litoral do Paraná e Vale do Ribeira. A partir do diálogo com os movimentos sociais e da realidade socioambiental, esse profissional vai propor ações para as demandas e necessidades locais nas áreas da cultura, meio ambiente, turismo, trabalho e renda, saúde, educação, esporte e lazer.

Mercado de Trabalho

O mercado está em alta, tanto para o bacharel quanto para o tecnólogo com essa formação, com concursos públicos para cargos que oferecem salários atrativos. Boa parte das contratações é feita pelos municípios, que assumem os serviços de saúde, educação e assistência social. "A gestão municipal e estadual, particularmente, apresenta muita carência de profissionais devidamente preparados. Aí estão as melhores oportunidades para o graduado", diz Alan Lacerda, coordenador do curso de Gestão de Políticas Públicas na UFRN. O Legislativo, principalmente na assessoria parlamentar, o Judiciário também têm demandado o profissional. E ONGs, fundações e associações que competem por recursos públicos precisam profissionalizar sua estrutura administrativa. A demanda está pulverizada por todo o país, mas Brasília e o Sudeste concentram o maior número de vagas. Cresce também o número de empresas privadas que contratam o graduado, principalmente entre aquelas que prestam serviços para a área pública. "O conceito de administração pública vai além da ideia de gestão de uma estatal", diz Maria Isabel Araújo Rodrigues, coordenadora do bacharelado de Administração Pública da EG-FJP. Existem oportunidades em todas as regiões do país, mas o grande mercado de trabalho está no Sudeste, que apresenta o maior crescimento econômico. 
Além, é claro, de Brasília, onde se concentram os órgãos do Executivo, Legislativo e Judiciário
da esfera federal. No Rio de Janeiro, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social
(BNDES) e o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) são tradicionais empregadores.

Salário inicial: R$ 2.500,00 a R$ 3.500,00 (fonte: prof. Alan Lacerda, da UFRN)

As melhores escolas

5 estrelas

SP São Paulo USP Gestão de Polít. Públ.

4 estrelas

MG Belo Horizonte EG-FJP; SC Florianópolis Udesc; SP Araraquara Unesp.

O Curso

O bacharelado tem muitas matérias em comum com os cursos de Administração tradicionais, como matemática, estatística, economia e administração financeira. A principal diferença é o objeto a ser administrado - no caso, projetos da esfera pública. Para isso, há disciplinas específicas, como finanças para administradores públicos e gestão de pessoas do setor público. Normalmente, as faculdades exigem monógrafa na conclusão da graduação.

Duração média: quatro anos.

Outros nomes: Ciên. do estado; Ciência e economia (adm.públ.); Ciências e Humanidades (polít. públ.); Gestão de polít. públ.; Gestão públ.; Gestão públ. e Desenv. reg.; Gestão públ. para o Desenv. econ. e soc.; polít. públ.




O curso tecnológico oferece formação nas áreas de legislação, administração, contabilidade e mercado financeiro. Para isso, o currículo inclui disciplinas como economia brasileira, legislações trabalhista, orçamentária e tributária, sistemas de administração e direito administrativo. Além dessa parte generalista, que não é extensa, há muitas matérias específicas da área pública. Por exemplo: gestão de empresas públicas, responsabilidade social, licitações, gestão governamental e políticas públicas. Ao final do curso, é obrigatória a entrega de um trabalho de conclusão. Atenção: algumas escolas oferecem ênfases específicas, como legislativa (Ciesa-AM) ou previdenciária (Fatej-SP). A UFPR oferece o curso de Orientação Comunitária

Duração média: dois anos.

Outro nome: orientação Comunitária.




O que você pode fazer

Consultoria

Planejar ações institucionais que possam reduzir custos administrativos, ampliar a abrangência das ações e potencializar os benefícios das políticas públicas. Elaborar projetos para financiamentos em bancos públicos.

Empresas do terceiro setor

Implementar programas e projetos, planejar processos de licitação pública, promover o contato entre o terceiro setor e o setor estatal.

Empresas Privadas

Atuar na prestação de serviços para órgãos do governo, em atividades que interagem com o poder público ou em projetos de gestão compartilhada.

Organizações não governamentais

Criar programas de metas, gerenciar orçamento, implementar programas sociais.

Serviço Público

Administrar os setores contábeis e orçamentários dos órgãos públicos e dar assistência a eles. Realizar licitações e contratos administrativos. Gerenciar a ligação entre empresas públicas e privadas.

Gestão de Políticas Públicas

Estabelecer diretrizes para nortear programas e encaminhar soluções para resolver problemas sociais para os poderes executivo, Legislativo e para organizações da sociedade civil, nas mais diversas áreas, como educação, saúde, transporte, assistência social, habitação, lazer, segurança pública e meio ambiente.

Compartilhe