Guia do Estudante

AGRONOMIA E AGROPECUÁRIA

Bacharelado / Tecnológico

Legenda:

Graduação

Graduação Tecnológica

Este bacharel trabalha no campo. Mas, diferentemente dos graduados em Agronomia, ele lida com aspectos administrativos, financeiros, econômicos e sociais envolvidos na produção agrícola ou pecuária. Gerencia empresas agropecuárias, definindo as estratégias do negócio e sistemas de produção, dimensionando a mão de obra e os insumos necessários a cada safra e verificando os custos. Sua responsabilidade se estende às atividades de logística e negociações com o mercado internacional. É possível ingressar na carreira como tecnólogo e trabalhar num segmento específico da agropecuária, como a cultura de café, horticultura ou mecanização agrícola.

Duvidas do Vestibulando

QUAL A DIFERENCA ENTRE AGRONOMIA E ENGENHARIA AGRICOLA?

Os dois cursos preparam profissionais para diferentes tarefas na mesma área. Enquanto o engenheiro agrícola recebe formação com ênfase em matemática e física, o agrônomo se aprofunda nas áreas de Biologia e Química. A Engenharia Agrícola é voltada para a parte mecânica da agricultura, como planejamento, criação e manutenção de máquinas, entre outros. Já a Agronomia se volta para todas as etapas da agropecuária – do plantio e da criação de rebanhos à comercialização da produção.

Mercado de Trabalho

O Brasil é um dos maiores exportadores de commodities. Daí as melhores oportunidades para o engenheiro agrônomo, tanto em órgãos do governo e empresas exportadoras ou importadoras quanto em indústrias de alimentos, sementes, adubos e equipamentos, ou grandes propriedades rurais. As exigências legais para a preservação dos recursos naturais - como o novo Código Florestal - também abrem frentes de trabalho para esse graduado, que tem uma visão ampla da relação entre produção agropecuária e meio ambiente. Um dos setores que mais crescem é o de biocombustíveis (veja o verbete Biocombustíveis). Há boa oferta de trabalho nas regiões que tradicionalmente têm grandes extensões de terra dedicadas à produção agrícola como Sudeste, Sul e Centro-Oeste.

As melhores escolas

5 estrelas

DF Brasília Unb. MG Lavras Ufa. Uberlândia UFU. Viçosa UFV. PR Curitiba UFPR. Londrina UEL. Ponta Grossa UEPG. RJ Seropédica UFRRJ. RS Passo Fundo UPF. Porto Alegre UFRGS. Santa Maria UFSM. SC Florianópolis UFSC. SP Botucatu Unesp. Ilha Solteira Unesp. Jaboticabal Unesp. Piracicaba USP Eng. Agron.

4 estrelas

AL Rio Largo Ufal. BA Cruz Das Almas UFRB. Ilhéus Uesc. Juazeiro Uneb-BA. CE Fortaleza UFC. GO Goiânia UFG. Jataí UFG. MG Diamantina UFVJM. Janaúba Unimontes. Rio Paranaíba UFV. MS Chapadão Do Sul UFMS. Dourados UFGD. PA Belém Ufra. PB Areia UFPB. Pombal UFCG. PE Recife UFRPE. PR Bandeirantes Uenp. Marechal Cândido Rondon Unioeste. Maringá UEM. Pato Branco UTFPR. Umuarama UEM. RJ Campos Dos Goytacazes Uenf. RN Mossoró Ufersa. RS Capão Do Leão Ufpel. SC Lages Udesc. SE São Cristóvão UFS Eng. Agron. SP Araras Ufscar Agroecologia; Eng. Agron. Registro Unesp. TO Gurupi UFT.

3 estrelas

AC Rio Branco Ufac Eng. Agron. AM Manaus Ufam. BA Luís Eduardo Magalhães Faahf. Vitória Da Conquista Uesb. DF Brasília Icesp-Promove. Planaltina Upis. ES Alegre Ufes. São Mateus Ufes. GO Ipameri UEG. Rio Verde IF Goiano, Uni-RV. Urutaí IF Goiano. MA São Luís Uema Eng. Agron. MG Alfenas Unifenas. Bambuí IFMG. Belo Horizonte Fead. Ituiutaba Uemg. Januária IFNMG. Montes Claros UFMG. Patos De Minas Unipam. Patrocínio Unicerp. Rio Pomba Ifsudestemg Agroecologia. Uberaba Fazu. MS Aquidauana Uems. Campo Grande UCDB, Universidade Anhanguera-Uniderp. Cassilândia Uems. MT Alta Floresta Unemat. Barra Do Garças UFMT. Cáceres Unemat. Cuiabá UFMT. Sinop UFMT. Tangará Da Serra Unemat. Várzea Grande Univag. PE Garanhuns UFRPE. Serra Talhada UFRPE. PI Bom Jesus UFPI Eng. Agron. Picos Uespi Eng. Agron. Teresina UFPI Eng. Agron. PR Campo Mourão Fac. Integrado De Campo Mourão. Cascavel FAG-Cascavel. Guarapuava Unicentro-PR. Maringá Unicesumar. Ponta Grossa Cescage. Toledo PUCPR. RO Porto Velho Fimca. RR Boa Vista UFRR. RS Caxias Do Sul UCS. Cruz Alta Unicruz. Frederico Westphalen UFSM. Ijuí Unijuí. Itaqui Unipampa. Vacaria UCS. SC Itapiranga FAI-SC. Tubarão Unisul. SP Adamantina FAI-SP. Avaré Eduvale. Barretos Unifeb. Descalvado Unicastelo. Espírito Santo Do Pinhal Unipinhal Eng. Agron. Fernandópolis Unicastelo. Itapevafait-SP. Ituverava Fafram. Marília Unimar Eng. Agron. Presidente Prudente Unoeste. Taubaté Unitau.

Curso

A grade curricular mescla disciplinas técnicas e científicas. Os dois primeiros anos trazem matérias das áreas de Ciências Biológicas e Exatas, como biologia, bioquímica e estatística. Nos três anos seguintes, o forte são as disciplinas profissionalizantes, ministradas em subáreas como ciência do solo ou agricultura, entre outras. Mas há, também, aulas de gestão e administração. Boa parte da carga horária é dedicada a aulas práticas em laboratórios e fazendas experimentais. O estágio é obrigatório, assim como o trabalho de conclusão de curso.

Atenção: embora a maioria dos cursos tenha o nome de Agronomia, o profissional formado é chamado de engenheiro agrônomo. Cinco instituições - Furg-RS, IF SudesteMG, UEPB, UFPB e UFSCar - oferecem bacharelado em Agroecologia (área que concentra vários cursos tecnológicos, veja descritivo abaixo).

Duração média: 5 anos.

Outros nomes:
Agroecologia; Eng. Agron.


AGROECOLOGIA T

O Curso forma o profissional que planeja, executa e monitora os sistemas de produção agropecuária, com um diferencial - seu foco é a sustentabilidade econômica, social e ambiental da cultura ou da criação. Ele se preocupa, por exemplo, em garantir que a produção de alimentos orgânicos esteja efetivamente livre de agrotóxicos e que a cadeia produtiva leve em consideração o sistema de trabalho e as particularidades socioeconômicas e culturais da região e das comunidades locais. Pode trabalhar em organizações não governamentais e cooperativas, orientando a produção em pequenas propriedades, de agricultura familiar. Encontra colocação, ainda, em secretarias de agricultura estaduais e municipais e empresas de assistência técnica e extensão rural (Ematers). Pode se ocupar de qualquer etapa do processo produtivo, do campo à comercialização dos produtos. O currículo inclui disciplinas técnicas e científicas, como solo, topografa e irrigação, além de matérias básicas, como química, biologia e física. Traz também matérias específicas, como extensão rural, sistemas de produção sustentáveis. Há, ainda, matérias das Ciências Humanas e Sociais, como sociologia, administração, legislação e políticas públicas. Como todos os cursos tecnológicos, Agroecologia também é voltado às características socioeconômicas da região em que é oferecido.

Duração média: 3 anos.

O que você pode fazer

Administração Rural

Coordenar, planejar e organizar propriedades rurais de pequeno, médio e grande portes, cuidando da gestão de pessoas, dos custos da produção e do contato com fornecedores e clientes.

Planejamento de produção

Definir com o agrônomo os tipos e como será feita a plantação em cada safra, os custos e o preço final do produto.

Cultivo e produção

Cuidar de plantações e do manejo de animais em fazendas.

Desenvolvimento de produtos

Desenvolver defensivos agrícolas, novas sementes, insumos e outros produtos que visem a otimizar a produção.

Vendas

Atuar em grandes indústrias vendendo equipamentos e insumos ao setor agropecuário.

Consultoria

Prestar assessorias a órgãos públicos e privados na área de gestão do agronegócio, definindo estratégias de produção e estudos de aproveitamento do solo e dos alimentos.

Compartilhe