Guia do Estudante

CIÊNCIAS ECONÔMICAS

Bacharelado

Legenda:

Graduação

Graduação Tecnológica

O economista estuda a produção e a distribuição de bens e serviços na sociedade em geral, entre os indivíduos, empresas ou nações. Ele se dedica tanto a grandes questões, nacionais ou mundiais, quanto a problemas de pequenas empresas ou investidores individuais. Ajuda a construir, a ampliar e a preservar o patrimônio de pessoas, empresas e governos. Desenvolve planos para a solução de problemas financeiros, econômicos e administrativos em empresas do comércio, de serviços, na indústria ou no setor financeiro. Graças a essa versatilidade, encontra trabalho em entidades privadas, institutos e órgãos municipais, estaduais e federais. Pode atuar, ainda, como consultor autônomo.



Fique de olho

CONTROLADORIA E FINANÇAS

O curso Economia Empresarial e Controladoria da USP de Ribeirão Preto permite escolher duas habilitações: Economia ou Contabilidade. Para cada uma delas, é possível optar por uma ênfase: finanças, negócios internacionais ou políticas públicas. A graduação em Controladoria e Finanças, da UFMG, por sua vez, forma o profissional para atuar tanto na área de controladoria e administração financeira de organizações quanto no mercado financeiro. Já o curso de Finanças da UFC tem foco em teoria econômica-financeira e em métodos quantitativos. Ele busca preparar os alunos para a docência e a pesquisa, além de atuar no mercado, em áreas como consultoria empresarial, planejamento financeiro e análise de risco.

Mercado de Trabalho

Com um amplo campo de atuação, as melhores oportunidades estão no mercado financeiro e de capitais e nas empresas de consultoria. Atualmente tem destaque a macroeconomia, que analisa fatores como câmbios, desemprego, inflação, juros e taxa de crescimento econômico, além de elaborar e examinar políticas econômicas. “Economistas da área macro podem trabalhar no setor público, como analistas, ou na área de planejamento. No setor privado atuam com a realização de estudos de conjuntura e planejamento estratégico”, diz André Luiz Corrêa, professor do Departamento de Economia da Faculdade de Ciências e Letras da Unesp, campus de Araraquara. Indústrias, grandes empresas de agronegócios e os setores de comércio e serviços também buscam economistas. Outra demanda vem do setor público, de órgãos como ministérios, agências reguladoras, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e Banco Central. É possível, ainda, seguir carreira acadêmica, em instituições de pesquisa e no Ensino Superior. Grandes centros, como São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, têm o maior número de vagas, mas ganham importância as cidades de médio porte. No Distrito Federal, há um grande número de vagas no setor público.


As melhores escolas

5 estrelas

DF Brasília UCB-DF ③ $$$, UnB ⑤. ES Vitória Ufes ②. GO Goiânia UFG. MG Belo Horizonte UFMG Ciências Econômicas; Control. e Fin. ⑤. Juiz de Fora UFJF ④. Uberlândia UFU ③. PA Belém UFPA ③. PE Recife UFPE ④. PR Curitiba UFPR ③. Toledo Unioeste ④. RJ Rio de Janeiro FGV Econ. ⑤ $$$$$, Ibmec-RJ ④ $$$$$, PUC-Rio ③ $$$$$, UFRJ ③. RS Porto Alegre PUCRS ④ $$$$, UFRGS ④. SC Florianópolis UFSC ③. SP Piracicaba USP. Ribeirão Preto USP Ciências Econômicas; Econ. Empr. e Control. (contabilidade); Econ. Empr. e Control. (econ.). São Paulo PUC-SP ③ n/i, USP.

4 estrelas

AC Rio Branco Ufac ③. AL Maceió Ufal ③. AM Manaus Ufam ④. BA Ilhéus Uesc Econ. ③. Salvador Unifacs ④ n/i. CE Fortaleza UFC Ciências Econômicas; Fin. ③. Sobral UFC Ciências Econômicas; Fin. ④. ES Vitória Fucape ⑤ $$$$. GO Goiânia PUC Goiás ③ $$$. MG Belo Horizonte Ibmec-MG ⑤ $$$$$, PUC Minas ④ $$$$. Viçosa UFV ④. MS Campo Grande UFMS ②. Ponta Porã Uems ③. PR Cascavel Unioeste ④. Curitiba FAE ③ $$$. Guarapuava Unicentro-PR ④. Londrina UEL ③. Maringá UEM Ciên. Econ. (agrícola); Ciên. Econ. (empr.); Ciên. Econ. (reg.) ③. RN Natal UFRN ③. RS Caxias do Sul UCS ③ $$$. Pelotas UFPel ④. Rio Grande Furg ②. Santa Maria UFSM ③. São Leopoldo Unisinos ④ $$$. SC Blumenau Furb ④ $$$. Florianópolis Udesc ⑤. SP Araraquara Unesp ③. Campinas Unicamp ④. São Paulo Faap ③ $$$$$, Fecap ④ $$$$, FGVEesp Econ. ⑤ $$$$$, Insper ④ $$$$$, Mackenzie ④ $$$$$. Sorocaba UFSCar ④. TO Palmas UFT ④.

3 estrelas

AL Santana do Ipanema Ufal. AM Manaus Ciesa ③ $$$, Uninorte-AM ④ n/i. BA Feira de Santana Uefs ②. Salvador UFBA ③. Vitória da Conquista Uesb ③. CE Crato Urca ③. Fortaleza Unifor-CE ④ $$$. GO Anápolis UEG ③. Goiânia Alfa-GO ② $. MA São Luís UFMA ③. MG Belo Horizonte UNA ④ $$$. Itajubá Facesm ③ n/i. Mariana Ufop ④. Montes Claros Unimontes ④. São João del Rei UFSJ ④. Teóflo Otoni UFVJM ④. MS Dourados UFGD. MT Cuiabá UFMT ③. Rondonópolis UFMT. PB Campina Grande UFCG ③. João Pessoa UFPB ④. PE Caruaru UFPE ④. Recife Esuda ③ n/i. Serra Talhada UFRPE. PI Parnaíba UFPI ③. Teresina UFPI ③. PR Apucarana Unespar ③. Campo Mourão Unespar ③. Cornélio Procópio Uenp ③. Curitiba Facs. Int. Sta. Cruz de Curitiba ③ $$, Fesp-PR ② $$$, PUCPR ③ $$$$. Francisco Beltrão Unioeste ④. Maringá FCVPR ④ $$. Ponta Grossa UEPG ③. RJ Campos dos Goytacazes UFF. Niterói UFF ④. Nova Iguaçu UFRRJ ③. Petrópolis UCP-RJ ③ $$$. Rio de Janeiro Estácio ③ $$$, Uerj ②, Universidade Candido Mendes ③ n/i. Seropédica UFRRJ ③. Três Rios UFRRJ. RN Mossoró Uern ③. RO Cacoal Unesc-RO n/i. RR Boa Vista UFRR ③. RS Horizontina Fahor ③ n/i. Ijuí Unijuí ④ n/i. Passo Fundo UPF ③ $$$. Porto Alegre Fadergs $$. Santa Cruz do Sul Unisc ④ $$. Santa Maria Centro Universitário Franciscano ③ $$$$. SC Chapecó Unochapecó ③ n/i. Criciúma Unesc-SC ④ $$. Joinville Univille ③ $$$. Rio do Sul Unidavi ④ n/i. SE São Cristóvão UFS ③. SP Campinas Esamc Campinas $$$, PUC-Campinas ③ $$$$. Franca Uni-Facef ③ $$. Piracicaba Unimep ④ $$$$. Ribeirão Preto Moura Lacerda ④ n/i. Santo André FSA-SP ③ $$$. São Bernardo do Campo Metodista ③ $$$. São Caetano do Sul USCS ③ $$$. São Paulo FMU ③ $$, Unip-SP ④ n/i, USJT ③ $$$$. ___________________________________________________________ *CPC (MEC) | ① ② ③ ④ ⑤ **MENSALIDADE | ($) até R$ 400,00 ($$) de R$ 400,01 a R$ 700,00 ($$$) de R$ 700,01 a R$ 1.000,00 ($$$$) de R$ 1.000,01 a R$ 1.500,00 ($$$$$) acima de R$ 1.500,01 (n/i) valor não informado | ausência de mensalidade: curso gratuito

Curso

Além de matemática financeira, estatística e econometria, o currículo traz disciplinas que ensinam a entender as correntes do pensamento econômico e a evolução econômica e social brasileira e internacional. As matérias optativas aplicam o conhecimento teórico e metodológico das ciências econômicas a questões como as de meio ambiente. O currículo de algumas instituições exige estágio.

Atenção: há escolas que oferecem o curso com enfoque específico, como integração e desenvolvimento, caso da Unila, em Foz do Iguaçu (PR). O curso da UEM, em Maringá (PR), possui três ênfases distintas: agrícola (voltada para a economia do agronegócio), regional (envolve as áreas de planejamento e desenvolvimento regional em setores públicos) e empresarial (concentra-se no mercado financeiro). Outras instituições voltam-se para controladoria e fnanças (veja abaixo).

Duração média: 4 anos.

Outros nomes: Control. e Fin.; Econ.; Econ. Empr. e Control. (contabilidade); Econ. Empr. e Control. (econ.); Fin..




O que você pode fazer

Auditoria

Certificar contas, verificar a execução de contratos, acordos, convênios, tanto em instituições públicas como privadas.

Comércio internacional

Planejar e promover negócios entre empresas de diferentes países, estudando mercados e cuidando das operações de importação e exportação.

Economia agroindustrial

Estudar e planejar transações no setor de agropecuária, analisando a demanda de produtos e a melhor forma de colocá-lo s no mercado nacional e internacional.

Economia ambiental

Analisar projetos ambientais em indústrias, ONGs e órgãos públicos. Fazer análises de impacto ambiental.

Mediação e arbitragem

Ajudar a resolver litígios comerciais entre empresas, recorrendo ou não à Justiça.

Mercado financeiro

Analisar o mercado para decidir quais investimentos fazer. Atuar como operador de bolsa de valores.

Perícia

Consultoria e apuração em operações financeiras.

Pesquisa

Levantar a variação de preços, de custos e outras informações para indicadores econômicos, como índices de inflação, de desemprego e o custo de vida.

Planejamento estratégico

Avaliar as oportunidades e os riscos de mercado para redirecionar os negócios de uma empresa ou orientar aquisições e fusões.

Políticas públicas

Definir a política econômica de municípios, de estados ou do país. Elaborar orçamentos que possibilitem as ações planejadas pelos governos.

Compartilhe