Guia do Estudante

GESTÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS

Bacharelado

Legenda:

Graduação

Graduação Tecnológica

São as atividades relacionadas ao diagnóstico e planejamento, à execução e avaliação das ações e políticas estabelecidas pelo governo, nas esferas federal, estadual e municipal, de prestação de serviços para a sociedade em geral. As políticas públicas estabelecem metas e encaminham soluções para resolver problemas sociais nas mais diversas áreas, como educação, saúde, assistência social, habitação, lazer, transporte, segurança e meio ambiente. Esse bacharel se envolve na elaboração de diretrizes que norteiam programas de qualquer uma dessas áreas, visando à melhoria dos serviços prestados à população. Também cria programas, propõe e analisa linhas de financiamento com recursos públicos e avalia os resultados alcançados com as medidas adotadas. Pode atuar como gestor em secretarias estaduais, municipais ou federais, bem como em empresas e órgãos da administração pública, inovando as políticas já existentes ou definindo novas estratégias para solucionar problemas da coletividade, sempre de acordo com a viabilidade social, econômica e política.

Dúvida do Vestibulando

Qual é a diferença entre Gestão de Políticas Públicas e Administração Pública?

O bacharelado em Administração Pública tem um currículo de disciplinas generalistas similar ao do curso de Administração. São estudadas as teorias clássicas, porém aplicadas à governança pública e a programas e gestão de organizações vinculadas aos governos. Já o currículo do bacharelado em Gestão de Políticas Públicas é interdisciplinar e enfatiza a formação em ciências humanas. O bacharel estuda os problemas da administração pública e utiliza conhecimentos do contexto político, econômico e social do país para elaborar, implementar e avaliar políticas públicas para essas áreas.

Mercado de Trabalho

O poder público vem criando uma série de programas estratégicos e ações que têm como objetivo melhorar a qualidade dos serviços prestados à população. O profissional de Gestão de Políticas Públicas é contratado por prefeituras, secretarias estaduais e ministérios para definir as políticas que serão aplicadas e também para administrar os setores. "Houve uma retomada dos concursos públicos nos últimos anos", diz Fernando de SouzaCoelho, da USP. "Além disso, os graduados da área têm a oportunidade de estagiar e, ao final do período, de ser contratados para ocupar cargos em comissão (sem concurso público)." O terceiro setor também tem de- mandado esse profissional. Segundo Souza Coelho, ONGs, fundações e associações que competem por recursos públicos precisam profissionalizar sua estrutura administrativa. A demanda está pulverizada por todo o país, mas Brasília e o Sudeste concentram o maior número de vagas.

Salário inicial: R$ 3.500,00 (fonte: prof. Fernando de Souza Coelho, da USP).

As melhores escolas

4 estrelas

SP São Paulo USP.

Curso

O primeiro ano do curso é voltado para a formação básica, com disciplinas nas áreas de administração, ciências sociais, direito e economia. O aluno estuda matérias como gestão de recursos humanos, planejamento e orçamento em políticas públicas, controladoria, administração financeira, contabilidade e estatística. Depois, o foco do curso é fechado sobre o setor público, com disciplinas como Estado e políticas públicas, marketing no setor público, sociedade e multiculturalismo. Estágio e trabalho de conclusão do curso são obrigatórios para a obtenção do diploma.

Duração média: quatro anos.

Outros nomes: Ciên. do estado; Gestão públ. e Desenv. reg.; Gestão públ. para o Desenv. econ. e soc.; polít. públ.


O que você pode fazer

Consultoria

Planejar ações e implementar projetos para potencializar os resultados de um setor ou das políticas públicas.

Planejamento

Elaborar planos de ação de acordo com a viabilidade social, econômica e política, avaliando os efeitos das políticas adotadas no que se refere a sistemas de saúde, educação, transporte, habitação e segurança, entre outros.

Articulação

Em empresas privadas, fazer a integração com órgãos do governo para a prestação de serviços como, por exemplo, em obras públicas ou fornecimento de suprimentos.

Projetos sociais em ONGs

Implementar projetos e processos de licitação, estreitando os laços entre a instituição e os órgãos do governo.

Compartilhe