Guia do Estudante

TURISMO

Bacharelado / Tecnológico

Legenda:

Graduação

Graduação Tecnológica

Este bacharel faz o planejamento, a organização, a promoção e a divulgação de viagens, eventos e atividades de lazer e de negócios. Elabora roteiros, acompanha turistas, organiza feiras, congressos e exposições. Em agências, operadoras e sites turísticos, comanda as vendas de passagens e reservas em hotéis. Pode gerenciar hotéis, empresas de eventos e empreendimentos de lazer, como parques temáticos. Em prefeituras e órgãos públicos, coordena a exploração turística de uma região, promovendo e divulgando as atrações locais. Você pode ingressar na carreira como tecnólogo.

 

Fique de olho

TURISMO BINACIONAL

A Furg, em Santa Vitória do Palmar (RS), a cerca de 20 quilômetros da fronteira com o Uruguai, oferece o curso Turismo Binacional. Esse bacharelado soma à formação básica em Turismo as peculiaridades histórico-culturais da região fronteiriça. O processo seletivo segue dois sistemas: as 30 vagas para brasileiros são preenchidas conforme a nota obtida no Enem; outras cinco vagas destinam-se a alunos uruguaios, que são selecionados por uma prova específica de leitura e compreensão de texto.

Mercado de Trabalho

As melhores perspectivas vêm do crescimento do turismo interno. Entre 2005 e 2013, o número de viagens realizadas no país subiu de 139 milhões para perto de 202 milhões. Os segmentos de turismo de intercâmbio e eventos estão em alta. Também oferecem boas perspectivas os clubes recreativos, onde o turismólogo é responsável pelo planejamento e gestão da política de lazer, e a área de transportes turísticos (rodoviário, ferroviário, aquaviário e aéreo). 'Nas transportadoras, o profissional atua principalmente na gestão dos terminais voltados aos visitantes', diz Elzário Pereira da Silva Junior, presidente da Associação Brasileira de Turismólogos e Profissionais do Turismo. Parques nacionais e unidades de conservação cada vez mais demandam o trabalho do profissional de turismo. Com o reconhecimento da profissão em 2012, começam a ser oferecidas vagas em concursos públicos, que buscam o bacharel para atuar em secretarias municipais ou estaduais e no assessoramento a políticas públicas de incremento do turismo regional. Também há espaço para empreendedorismo, e o número de consultorias tem aumentado. O desafio do setor é melhorar a remuneração dos profissionais. Em 2015, o Rio de Janeiro estabeleceu um piso salarial estadual para turismólogos, de R$ 2.432, 72. No início da carreira, o tecnólogo leva vantagem sobre o bacharel, devido à formação mais prática. No entanto, a diferença salarial entre bacharéis e tecnólogos fica entre 20% e 30%.

As melhores escolas

5 estrelas

MG Ouro Preto Ufop ④. PE Recife UFPE ④. RJ Niterói UFF ④. SC Balneário Camboriú Univali Tur. e Hot. ④ $$$. SP São Paulo Universidade Anhembi Morumbi ④ $$$, USP Lazer e Tur.; Turismo. Sorocaba UFSCar ④.

4 estrelas

AM Manaus Fametro-AM ④ n/i, UEA ④. CE Fortaleza Estácio FIC ③ $$. DF Brasília Upis ③ n/i. MA São Luís UFMA ③. MG Belo Horizonte UFMG ④. Juiz de Fora UFJF ③. MS Aquidauana UFMS ③. Dourados Uems ②. MT Nova Xavantina Unemat ③. PA Belém Fapan-PA $. PB João Pessoa UFPB ③. PI Parnaíba UFPI ③. Teresina Uespi ④. PR Curitiba PUCPR ④ $$$$, UFPR ④. Foz do Iguaçu Unioeste ③. Irati Unicentro-PR ④. Ponta Grossa UEPG ④. RJ Rio de Janeiro Facha-RJ ③ $$$, Unirio. RN Currais Novos UFRN ③. Natal UFRN ③, UnP ③ $$. RS Canoas Unilasalle-RS ③ $$. Novo Hamburgo Feevale ④ $$. Pelotas UFPel ④. Porto Alegre IPA ③ $$$$. SC Blumenau Furb Tur. e Lazer ③ $$$. SE São Cristóvão UFS ②. SP Campinas PUC-Campinas ③ $$$$. Guarulhos UnG ③ $$. Itu Ceunsp ③ $. Presidente Prudente Unoeste Tur. (ênf. em hot.) $$. Rosana Unesp ④.

3 estrelas

AM Manaus Ciesa ④ $$$, UniNilton Lins $$, Uninorte-AM ③ n/i. BA Eunápolis Uneb-BA ④. Salvador FMN-Salvador ③ n/i, Uneb-BA Tur. e Hot. ③. CE Aracati FVJ ② $$. Fortaleza Aiesne $$$, FAC-CE ③ $$, Fanor/Devry ④ $$$. DF Brasília Estácio Brasília $$. ES Vitória Fac. Estácio ③ n/i. MG Belo Horizonte Estácio Belo Horizonte ③ $$. MT Cuiabá Fauc ③ n/i. PA Belém Faintipi ③ n/i, UFPA ③. PE Jaboatão dos Guararapes FMGR ② n/i. Olinda Facottur ③ n/i. Recife Uninassau ③ n/i. Vitória de Santo Antão Facol-PE ③ n/i. PR Apucarana Unespar ④. Campo Mourão Unespar Tur. e Meio Amb. ③. Foz do Iguaçu UDC Sede ③ $$. Londrina Unopar Tur. (ênf. em hot.) ③ n/i. Paranaguá Isulpar ③ n/i. RJ Niterói Unian-RJ n/i. Nova Iguaçu UFRRJ ④. Rio de Janeiro Estácio ③ $$, UVA-RJ ③ $$$. RN Natal Uern. RO Porto Velho Fimca ② n/i. RS Bento Gonçalves Cnec Bento ③ $. Porto Alegre Estácio Porto Alegre ③ n/i. Taquara Faccat-RS ② n/i. SC Florianópolis Estácio Florianópolis ② n/i. SP Campinas Unip-SP ④ n/i. Franca Uni-Facef ③ $$. Presidente Prudente Fapepe ③ n/i. São José do Rio Preto Unilago ③ $$$. São Paulo Centro Universitário Anhanguera de São Paulo ③ n/i, Uninove ④ n/i, Unip-SP ④ n/i, USJT ③ $$$$. ___________________________________________________________ *CPC (MEC) | ① ② ③ ④ ⑤ **MENSALIDADE | ($) até R$ 400,00 ($$) de R$ 400,01 a R$ 700,00 ($$$) de R$ 700,01 a R$ 1.000,00 ($$$$) de R$ 1.000,01 a R$ 1.500,00 ($$$$$) acima de R$ 1.500,01 (n/i) valor não informado | ausência de mensalidade: curso gratuito

Curso

Antes do vestibular, preste atenção no currículo do bacharelado de cada escola, pois alguns dão mais ênfase à administração e outros aos setores específicos, como hotelaria e meio ambiente. Mas grande parte é parecida e busca fundamentos da administração, da contabilidade e do marketing, além de disciplinas de formação humanística, como história, geografia e português. As matérias específicas, como planejamento turístico, e as práticas, organização de passeios e eventos, são responsáveis por boa parte do curso. O estágio é obrigatório a partir do terceiro ano.

Duração média: 4 anos.

Outro nome: Lazer e Tur.

Gestão de turismo

Como todos os cursos tecnológicos, este também forma profissionais para trabalhar numa área específica de atuação, como o setor de reservas de companhias aéreas e de agências de viagens, a organização de eventos ou o turismo receptivo (infraestrutura e serviços para acolher o turista). Por isso, antes de se decidir por um curso, informe-se sobre a área de ênfase. Matérias de administração, cultura, geografia e meio ambiente constam da grade curricular de todas as graduações. Algumas escolas exigem estágio e um trabalho de conclusão de curso.

Duração média: 2 anos.

Outros nomes: Serv. de Tur.; Tur.; Tur. Receptivo.

O que você pode fazer

Agência de viagens

Organizar roteiros turísticos e ecoturísticos e apresentá-los aos clientes, informando-os sobre meios de transporte, opções de hospedagem e atrações dos locais que serão visitados. Emitir passagens, reservar vaga em hotéis, restaurantes e espetáculos.

Alimentos e bebidas

Atuar em restaurantes, casas noturnas e hotéis na coordenação e operacionalização da área.

Ecoturismo

Organizar roteiros ecológicos.

Eventos

Organizar, desenvolver e apresentar eventos tanto de negócios quanto de entretenimento.

Hotelaria

Administrar hotéis e supervisionar os serviços oferecidos aos hóspedes. Negociar com fornecedores de mantimentos. Auxiliar no planejamento da montagem e na organização de novos empreendimentos hoteleiros.

Marketing

Desenvolver análises de mercado, buscando estratégias para satisfazer as necessidades dos clientes, mantê-los féis e captar novos. Criar projetos de divulgação de um município, um estado, uma região, uma propriedade ou um produto, de modo a atrair visitantes e investimentos.

Planejamento

Identificar o potencial turístico e elaborar estratégias de exploração nesse segmento em um município, estado ou região. Analisar o impacto do turismo sobre o meio ambiente e a cultura local, estimular a preservação ambiental e o desenvolvimento sustentável da atividade.

Transporte

Atuar na coordenação e supervisão de serviços de empresas aéreas, marítimas, rodoviárias e ferroviárias.

Turismo de negócios

Organizar viagens e eventos para profissionais, como congressos, feiras e convenções.

Compartilhe