Guia do Estudante

TURISMO/GESTÃO DE TURISMO

Bacharelado

Legenda:

Graduação

Graduação Tecnológica

Esse profissional cuida do planejamento, da organização, da promoção e da divulgação de viagens, eventos e atividades de lazer e negócios. Ele gerencia a organização de viagens, feiras, congressos e exposições. Em agências, operadoras e sites turísticos, comanda os trabalhos de venda de passagens, reserva de hotéis e programação de passeios e excursões. Além disso, gerencia atividades em hotéis, empresas de transporte ou de eventos e em empreendimentos de lazer, como parques temáticos, e acompanha grupos de turistas. Em prefeituras e órgãos públicos, coordena a exploração turística de uma região, promovendo e divulgando as atrações locais.

 

 

Fique de olho

Turismo Binacional

A Furg, em Santa Vitória do Palmar (RS), a cerca de 20 quilômetros da fronteira com o Uruguai, oferece o curso Turismo Binacional. Essa graduação, que deve formar a primeira turma em 2014, tem como objetivo acrescentar à formação básica em Turismo as peculiaridades da região fronteiriça e promover a valorização do seu patrimônio histórico-cultural. O processo seletivo segue dois sistemas: as 30 vagas para brasileiros são preenchidas conforme a nota obtida no Enem; outras cinco vagas destinam-se a alunos uruguaios, que são selecionados por uma prova específica de leitura e compreensão de texto.

Mercado de Trabalho

O turismo brasileiro vai bem. Só no primeiro semestre de 2013, os estrangeiros deixaram 7 bilhões de reais no país, 9,6% a mais do que no ano anterior. O mercado está aquecido para quem tenta colocação num posto de trabalho nos setores tradicionais, como agências de viagem, hotelaria, eventos, cruzeiros marítimos e transporte aéreo. Esse aquecimento não se deve, apenas, à proximidade dos megaeventos esportivos, a Copa do Mundo em 2014 e os Jogos Olímpicos, em 2016. A tendência é de consolidação desse mercado, graças, também, à ascensão da classe C, que conquistou melhores salários e maior acesso ao crédito. Mas, de acordo com a coordenadora do curso de Turismo da UFMG, Márcia Lousada, a indústria de turismo no Brasil tem um problema: a baixa remuneração nos postos de trabalho tradicionais. O recém formado tem maiores chances de sucesso se apostar em outras frentes. "O Brasil precisa de profissionais com perfil empreendedor, que façam, por exemplo, assessoramento a políticas públicas, criando roteiros de turismo ecológico, desenhando projetos de exploração de Parques Nacionais ou definindo iniciativas para reforçar a identidade cultural de uma comunidade, como é o caso da Feira dos Artesãos do Vale do Jequitinhonha", explica Márcia Lousada.

Salário inicial: R$ 1.500,00, em agências de turismo (fonte: profa. Márcia Lousada, da UFMG).

As melhores escolas

5 estrelas

PR Curitiba UFPR; RN Natal UFRN.

4 estrelas

AM Manaus UEA, UniNilton Lins n/i, Uninorte-AM n/i. CE Fortaleza Estácio FIC. MG Ouro Preto Ufop. MS Dourados Uems. PB João Pessoa UFPB. PE Jaboatão dos Guararapes Fac. Metropolitana da Grande Recife n/i. Olinda Facottur n/i. Recife UFPE. PI Parnaíba UFPI. PR Curitiba PUCPR. Londrina Unopar Tur. e Hot.. RJ Rio de Janeiro Unirio, UniverCidade n/i. RN Currais Novos UFRN. Natal Uern. RS Novo Hamburgo Feevale n/i. Pelotas UFPel. SC Balneário Camboriú Univali Tur. e Hot.. Blumenau Furb Tur. e Lazer. SE São Cristóvão UFS. SP Campinas PUC-Campinas. Rosana Unesp. São Paulo PUC-SP, Universidade Anhembi Morumbi, USP Lazer e Tur.; Turismo. sorocaba UFSCar.

3 estrelas

AL Maceió Cesmac. AM Manaus Ciesa n/i, Fametro-AM. BA Eunápolis Uneb-BA. Salvador Uneb-BA Tur. e Hot.. CE Aracati FVJ n/i. Fortaleza FAC-CE, Fanor. DF Brasília Estácio/Facitec n/i, Iesb-DF, Upis n/i. ES Vitória Fac. Estácio de Sá n/i. MA São Luís Facam-MA, UFMA. MG Belo Horizonte Estácio Belo Horizonte, UFMG. Juiz de Fora UFJF. MS Aquidauana UFMS. PA Belém Fapan-PA, UFPA. PB Cabedelo Iesp-PB. PE Recife Uninassau n/i. Vitória de Santo Antão Facol-PE n/i. PI Teresina Uespi. PR Foz do Iguaçu UDC Sede, Unioeste. Maringá UniCesumar. Paranaguá Isulpar n/i. Ponta Grossa UEPG. RJ Niterói UFF. Rio de Janeiro Facha-RJ, Unisuam, UVA-RJ. RN Natal Unifacex n/i, UnP n/i. RS Bento Gonçalves Cnec Bento n/i. Canoas Unilasalle-RS. Porto Alegre Estácio-Fargs n/i, IPA. Santa Cruz do Sul Unisc. Santa Maria Unifra. Taquara Faccat-RS n/i. SC Florianópolis Facs. Assesc n/i. SE Aracaju Estácio FaSe n/i. SP Campinas Unip-SP. Guarulhos UnG. Itu Ceunsp. Presidente Prudente Unoeste Tur. (ênf. Em hot.). São Paulo Centro Universitário Anhanguera de São Paulo, Uninove n/i, USJT n/i.

Curso

Há muitos cursos de bacharelado no Brasil. Antes do vestibular, preste atenção no currículo de cada escola, pois alguns dão mais ênfase à administração e outros aos setores específicos, como ecoturismo. Mas grande parte é parecida e busca fundamentos da administração, da contabilidade e do marketing, além de disciplinas de formação humanística, como história, geografa e português. As matérias específIcas, como planejamento turístico, e as práticas, organização de passeios e eventos, são responsáveis por boa parte do curso. O estágio é obrigatório a partir do terceiro ano.

Duração média: quatro anos.

Outros nomes: Ciências Humanas (tur.); Lazer e Tur.; Tur. Binacional; Tur. e Meio Amb.



O curso tecnológico forma profissionais para atuar, por exemplo, no setor de reservas de companhias aéreas e de agências de viagens, eventos e turismo receptivo. Apesar de haver graduação em diversas áreas específicas do turismo, a maioria dos cursos tem matérias de administração, além de outras relacionadas a cultura, geografa e meio ambiente. Cada curso oferece disciplinas voltadas para sua área de atuação. O estágio é obrigatório, e, para tirar o diploma, você deve apresentar também um trabalho de conclusão de curso. Atenção: a Fisul, em Garibaldi (RS), oferece curso com ênfase em enoturismo.

Duração média: dois anos.

Outros nomes: Gestão de Neg. em Tur.; Gestão de Tur. receptivo; Gestão em Tur. receptivo; Tur.; Tur. receptivo.



O que você pode fazer

Agência de viagens

Organizar roteiros turísticos e ecoturísticos e apresentá-los aos clientes, informando-os sobre meios de transporte, opções de hospedagem e atrações dos locais que serão visitados. Emitir passagens, reservar vaga em hotéis, restaurantes e espetáculos.

Alimentos e bebidas

Atuar em restaurantes, casas noturnas e hotéis na coordenação, gestão e operacionalização da área.

Ecoturismo

Organizar roteiros ecológicos.

Eventos

Organizar, desenvolver e apresentar eventos tanto de negócios quanto de entretenimento.

Hotelaria

Administrar hotéis e supervisionar os serviços oferecidos aos hóspedes. Negociar com fornecedores de mantimentos. Auxiliar no planejamento da montagem e na organização de novos empreendimentos hoteleiros.

Marketing

Desenvolver análises de mercado, buscando estratégias para satisfazer as necessidades dos clientes, mantê-los féis e captar novos. Criar projetos de divulgação de um município, um estado, uma região, uma propriedade ou um produto, de modo a atrair visitantes e investimentos.

Planejamento

Identificar o potencial turístico e elaborar estratégias de exploração nesse segmento em um município, estado ou região. Analisar o impacto do turismo sobre o meio ambiente e a cultura local, estimular a preservação ambiental e o desenvolvimento sustentável da atividade.

Transporte

Atuar na coordenação e supervisão de serviços de empresas aéreas, marítimas, rodoviárias e ferroviárias.

Turismo de negócios

Organizar viagens e eventos para profissionais, como congressos, feiras e convenções.

Compartilhe