Guia do Estudante

DESIGN

Bacharelado / Tecnológico

Legenda:

Graduação

Graduação Tecnológica

O Design é a palavra em inglês para desenho. A função do bacharel em Design é criar e desenvolver projetos gráficos ou de comunicação visual, ou de concepção de objetos ou peças dos mais diversos tipos, a serem produzidas em grande escala. Na área gráfica, cria logotipos, define a formatação das páginas de uma publicação, como jornais e revistas, definindo o tipo e o tamanho das letras e a disposição das imagens. Pode trabalhar em meio digital, desenvolvendo interfaces para sites, games e dispositivos móveis, como celulares, smartphones e tablets. Neste caso, atua em editoras, agências de publicidade, birôs de computação gráfica e produtoras de mídia digital. Em desenho industrial, o campo é muito amplo. O profissional trabalha com produtos de consumo, como eletrodomésticos, mobiliário, lustres, vestuário e jóias. Ou na fabricação de instrumentos e equipamentos medico odontológicos, como camas para hospitais e instrumentos para dentistas. Pode desenhar, ainda, peças da construção civil, como azulejos e cerâmicas. Por fim, o designer trabalha no setor de máquinas e equipamentos, desenhando peças a serem usadas pelas fábricas em seus processos de produção. Seja qual for o campo de atuação, fazem parte da preocupação desse profissional garantir a funcionalidade do objeto e a viabilidade econômica e industrial de sua fabricação. Dependendo da área de atuação, o designer convive no dia a dia com arquitetos, profissionais de marketing, jornalistas, editores, engenheiros e especialistas em informática. Você pode ingressar na carreira como tecnólogo.

Fique de olho

INDÚSTRIA CERÂMICA INVESTE EM DESIGN

Segundo uma pesquisa por amostragem, divulgada em 2014 pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, menos de 15% das empresas nacionais têm o design como estratégia de negócio. A indústria que mais investe nesse sentido é o de cerâmicas de revestimento, que emprega o profissional de design para a inovação em termos de forma, matérias-primas e processo produtivo. Nesse segmento, 50% das indústrias adotam o design como alma do negócio.

Mercado de Trabalho

O design é fator essencial para a indústria, principalmente para aquelas que precisam competir no mercado internacional. Tanto é que o Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio (MDIC) lançou há mais de dez anos o Programa Brasileiro do Design, com o objetivo de promover o desenvolvimento dessa área. E a indústria nacional carece muito desse fator de inovação (veja o quadro Fique de olho, abaixo). Essa realidade dá ao mercado de trabalho para bacharéis e tecnólogos grande potencial de crescimento. Mais a curto prazo, outros fatores aquecem a procura pelo profissional, como a preocupação como a sustentabilidade, que exige a busca de matérias primas e processos que não abusem dos recursos naturais. Há maiores oportunidades nas regiões mais industrializadas do país, cada uma delas com sua especificidade: no Sudeste, indústrias em geral e, principalmente, os parques gráficos. No Sul, a indústria moveleira reúne os maiores empregados, e no Norte a Zona Franca de Manaus. Este mercado apresenta uma peculiaridade que expande os nichos de trabalho: é possível oferecer serviço à distância, como autônomo.

As melhores escolas

5 estrelas

AM Manaus Ufam. DF Brasília UnB Des. Ind. GO Goiânia UFG Design Gráf. RJ Rio de Janeiro PUC-Rio Design (comun. vis.); Design (mídia dig.); Design (proj. de prod.). RS Porto alegre UniRitter Design de Prod.; Design Gráf. Santa Maria UFSM Des. Ind. (prog. vis.); Des. Ind. (proj. de prod.). SC Florianópolis Udesc Design (design gráf.); Design (design ind.). SP São Paulo ESPM-SP Design (comun. vis.).

4 estrelas

AM Manaus Fac. Fucapi, FMF. BA Salvador Unifacs Design (comun. vis.). GO Goiânia PUC Goiás. MG Belo Horizonte Uemg Design de Prod.; Design Gráf. PA Belém Feapa Design Gráf. , Iesam Design de Prod. Uepa. PB Campina Grande UFCG. PE Recife UFPE. PR Curitiba PUCPR Des. Ind. (design dig.); Des. Ind. (design gráf.); Des. Ind. (proj. de prod.), UFPR Design de Prod.; Design Gráf.; Expressão Gráf. UTFPR. Londrina UEL Design Gráf. Unopar Des. Ind. (prog. vis.); Des. Ind. (proj. de prod.). RJ Rio de Janeiro ESPM Rio Design (comun. vis. e ênf. em mkt.), Uerj Des. Ind. UFRJ Des. Ind. (proj. de prod.); Design Comun. Vis. RS Pelotas UFPel Design Dig.; Design Gráf. Porto Alegre ESPM-Sul Design (comun. vis.), UFRGS Design (design prod.); Design (design vis.). São Leopoldo Unisinos . SC Florianópolis UFSC. Joinville Univille Design (anim. dig.); Design (prog. vis.); Design (proj. de prod.). SP Bauru Unesp. São Caetano do Sul Mauá. São Paulo FMU Design (design do prod.); Design (prog. vis.), Mackenzie, Senac-SP Design (design ind.); Design Dig. (interface dig.); Design Gráf. (comun. vis.), Universidade Anhembi Morumbi Design Dig.; Design Gráf. USP.

3 estrelas

AP Macapá Ceap. BA Salvador UFBA, Uneb-BA, Unijorge Design Gráf. CE Fortaleza Fanor/Devry. ES Vitória Ufes Des. Ind. (prog. vis.); Gemologia. MG Belo Horizonte Fumec Design Gráf. Uberlândia UFU. PB Rio Tinto UFPB. PE Caruaru UFPE. Recife FBV/Devry. PR Cianorte UEM. Curitiba UniBrasil. RJ Rio de Janeiro Estácio Des. Ind. Volta Redonda UniFOA. RS Canoas Ulbra. Caxias do sul FAL-Caxias do Sul, FSG-RS. Ijuí Unijuí. Novo Hamburgo Feevale. Santa Maria Centro Universitário Franciscano. SC Balneário Camboriú Univali Design (design ind.); Design Gráf.; Design. Blumenau Furb Design (proj. de prod.). Videira Unoesc. Xanxerê Unoesc. SE Aracaju Unit Design Gráf. SP Bauru Iesb-SP. Campinas Esamc Campinas Design Publicitário. Limeira Faal Design de Prod. (des. ind.); Design Gráf. (comun. vis.). Lorena Fatea. são Paulo Belas Artes Design de Prod.; Design Gráf. Faap Des. Ind. (design de prod.); Des. Ind. (design gráf.).

Curso

O currículo do bacharelado é generalista e traz disciplinas das áreas gráfica e de produto. Assim, o aluno estuda desenho técnico, informática, ergonomia, protótipos, ilustração, modelagem 3D, fotografa, marketing e design, estética, processos gráficos e design gráfico. Alguns cursos se direcionam para uma ênfase específica, como desenho industrial, projeto de produto ou design gráfico. Outros se voltam para um determinado setor, como games, moda e interiores (veja verbetes a seguir). O estágio e o trabalho de conclusão de curso são obrigatórios.

Duração média: 4 anos.

Outros nomes: Des. ind.; expressão Gráf.; Gemologia.

Como todos os cursos tecnológicos, estes também são voltados para uma atividade específica do designer, e isso define a grade curricular de cada um. Na área de design gráfico e digital, além de aprender a lidar com tipologia e diagramação, ele tem boa carga de aulas de softwares. Em design de produto, a grade curricular tem foco em disciplinas como ergonomia e tecnologia de materiais. Para se formar é preciso apresentar um trabalho de conclusão de curso.

Atenção: assim como ocorre com os bacharelados, algumas escolas oferecem formação específica em determinadas áreas, como joias, ilustração e animação digital e projetos de edifícios.

Duração média: 2 anos.

Outros nomes: Comun. e Ilustração Dig.; Des. de Anim.; Prod. gráf.; Prod. gráf. Dig.; Prod. Multimídia (design dig.)

O que você pode fazer

Desenho industrial

Desenhar automóveis, máquinas e equipamentos industriais.

Design digital

Projetar e desenvolver interface para mídias digitais, como páginas para a internet.

Design de embalagens

Projetar embalagens adequadas aos produtos, considerando o apelo visual.

Design gráfico

Criar e reformular o aspecto visual e gráfico de publicações impressas, como jornais, revistas, livros e folhetos.

Programação visual

Criar logotipos e marcas para produtos e serviços. produzir vinhetas para a TV e peças de publicidade.

Projeto de produto

Desenhar objetos, móveis e utensílios para produção em escala industrial, definindo aspectos estéticos e funcionais. pesquisar e desenvolver materiais e tecnologias de fabricação.

Gestão de produto

Gerenciar linhas de produtos em grandes fabricantes.

Animação

Elaborar projetos de animação em 2D e 3D para publicidade e games, entre outros, desenvolvendo argumentos e roteiros. Atuar na direção de arte, desenho e design de personagem.

Design de jóias

Desenvolver coleções de joias e acessórios para empresas de grande porte ou confeccioná-las de forma artesanal.

Compartilhe