Guia do Estudante

QUÍMICA

Bacharelado

Legenda:

Graduação

Graduação Tecnológica

O químico estuda a matéria, sua composição e suas propriedades. Analisa substâncias e compostos, identifica suas características físico-químicas, como dureza ou toxicidade. investiga como os compostos reagem às variações de pressão e temperatura, entre outros fatores. Em indústrias químicas, pesquisa, por exemplo, novos materiais, supervisiona a produção e aplica testes de qualidade. Além disso, elabora projetos de instalações industriais e faz a manutenção de equipamentos.

Fique de olho

VÁRIAS OPÇÕES PARA QUÍMICA

A maioria dos 419 cursos de Química do país não tem habilitação. Entre os poucos com enfoque específico, os mais comuns são Química industrial e Tecnológica. Outros são voltados para um setor determinado, como petróleo (UFRN). A USP oferece diversas ênfases, como ambiental, alimentos, biotecnologia, forense, materiais, bioquímica e biologia molecular. A Unicamp oferece licenciatura integrada em Química e Física.

Mercado de Trabalho

As áreas de atuação do químico são variadas: petroquímica, química fina, alimentos, papel e celulose, polímeros, fertilizantes, tintas, cosméticos, tratamento de água, esgoto e saneamento, além de comercialização de produtos e equipamentos para a indústria química. Entre 2007 e 2012, os segmentos de cosméticos, defensivos agrícolas e químicos para exploração de petróleo cresceram acima da média mundial e, por isso, oferecem boas chances ao bacharel. “Há boa procura por profissionais para atuar nas áreas de marketing e vendas, já que os produtos importados ocupam hoje 35% do mercado”, diz Fernando Figueiredo, presidente executivo da Associação Brasileira da indústria Química (Abiquim). Um setor pouco explorado e com boas perspectivas é a de pesquisa e desenvolvimento de químicos renováveis. As melhores oportunidades se concentram nos polos petroquímicos de São Paulo, Bahia e Rio Grande do Sul e no polo químico de Suape, em Pernambuco. O foco do licenciado é o magistério, mas ele também encontra ocupação em atividades como responsabilidade técnica, perícia, consultoria e serviços técnicos.

As melhores escolas

5 estrelas

CE Fortaleza UFC. DF Brasília UnB Quím. Tecnol.; Química. MG Belo Horizonte UFMG Quím. Tecnol.; Química ⑤. viçosa UFV ④. PB João Pessoa UFPB Quím. Ind.; Química ③. PR londrina UEL ④. RJ Rio de Janeiro PUC-Rio $$$$$, UFRJ Quím. com Atribuição Tecnol.; Quím. Ind.; Química ④. RS Porto alegre UFRGS Quím. Ind.; Química ④. santa Maria UFSM Quím. Ind.; Química ④. SC Florianópolis UFSC. SP araraquara Unesp Quím. (modal. quím. tecnol.); Química ④. campinas Unicamp Quím. Tecnol.; Química ③. são carlos UFSCar ④, USP Quím. (ênf. amb.); Quím. (ênf. em alim.); Quím. (ênf. gestão de qualid.); Quím. (ênf. mat.); Química. são Paulo USP Quím. (ênf. em amb.); Quím. (ênf. em bioquím. e biol. molecular); Quím. (ênf. em biotecnol.); Quím. (ênf. em quím. tecnol.); Química.

4 estrelas

AL Maceió Ufal Quím. Tecnol. e Ind.; Química ③. ES vitória Ufes ③. GO catalão UFG. goiânia UFG ④. MG alfenas Unifal-MG ④. Belo Horizonte Cefet-MG Quím. Tecnol. ④. Juiz de Fora UFJF ④. ouro Preto Ufop Quím. Ind. ④. Rio Paranaíba UFV. são João del Rei UFSJ. Uberlândia UFU Quím. Ind. ④. MS campo grande UFMS ④. dourados UFGD. MT cuiabá UFMT. PA Belém UFPA Quím. (ind.); Química ③. PE Recife UFPE Quím. Ind.; Química ③. PR curitiba UFPR ③, UTFPR. guarapuava Unicentro-PR ④. Maringá UEM ④. Pato Branco UTFPR ③. RJ niterói UFF Quím. Ind.; Química ③. seropédica UFRRJ. RN natal UFRN Quím. do Petr.; Química ④. RS Porto alegre PUCRS Quím. (quím. ind.) ④ $$$$. santa cruz do sul Unisc Quím. (quím. ind.) ④ $$$. SC Blumenau Furb ③ $$$. SP campinas PUC-Campinas ② $$$$. diadema Unifesp Quím. Ind.; Química. Ribeirão Preto USP Quím. (tecnol., biotecnol. e agroind.); Quím. Amb.; Quím. Forense; Química. são José do Rio Preto Unesp Quím. Amb. ③. são Paulo Mackenzie ③ $$$$.

3 estrelas

AM itacoatiara Ufam Quím. Ind. ③. Manaus Ufam. BA ilhéus Uesc. Jequié Uesb. salvador UFBA ①. GO anápolis UEG Quím. Ind. ③. MA são luís UFMA Quím. Ind.; Química ④. MG ituiutaba UFU ④. MS dourados Uems Quím. Ind. PB campina grande UEPB Quím. Ind. ②. PI Teresina UFPI ③. PR londrina Unopar ③ n/i. Ponta grossa UEPG Quím. Tecnol. ③. Toledo Unioeste ④. Umuarama Unipar Quím. Ind. ③ n/i. RS canoas Ulbra Quím. Ind. ③ $$$, Unilasalle-RS ③ $$. capão do leão UFPel Quím. de Alim.; Quím. Forense; Quím. Ind.; Química ④. Frederico Westphalen URI Quím. (ind.) ③ $$$. lajeado Univates Quím. Ind. ③ $$. Passo Fundo UPF ③ $$$$. Rio grande Furg. SC Tubarão Unisul ③ $$$. SE são cristóvão UFS Quím. Ind.; Química ②. SP Barretos Unifeb Quím. Tecnol. ② $$. Bauru USC ③ $$$$. Franca Unifran ③ $$. Mogi das cruzes UMC ③ $$$. osasco Unifeo ③ $$$. Presidente Prudente Unoeste $$. santa Bárbara d’oeste Unimep ② $$$. santos Universidade Católica de Santos Quím. Tecnol. ② $$$. são Paulo FOC Quím. Ind.; Química ③ $$$$. TO gurupi UFT Quím. Amb. ___________________________________________________________ *CPC (MEC) | ① ② ③ ④ ⑤ **MENSALIDADE | ($) até R$ 400,00 ($$) de R$ 400,01 a R$ 700,00 ($$$) de R$ 700,01 a R$ 1.000,00 ($$$$) de R$ 1.000,01 a R$ 1.500,00 ($$$$$) acima de R$ 1.500,01 (n/i) valor não informado | ausência de mensalidade: curso gratuito

Curso

O bacharelado dá formação generalista nas quatro grandes áreas da química – orgânica, inorgânica, analítica e físico-química –, com aulas teóricas e em laboratório. A partir do terceiro ano, o aluno passa a estudar cinética química, química experimental, química ambiental, análise de solo e bioquímica. Quem faz licenciatura cursa, ainda, disciplinas pedagógicas. o estágio é obrigatório.

Duração média: 4 anos.

Outros nomes: Ciên. (quím.); Educ. (ciên.: quím.).

O que você pode fazer

Ensino

Dar aulas nos ensinos Fundamental e Médio.

Química ambiental

Realizar vistorias, perícias, avaliações e pareceres e organizar medidas de proteção e conservação ambiental. Desenvolver e acompanhar técnicas de tratamento de resíduos industriais. Monitorar e controlar riscos de contaminação.

Pesquisa

Trabalhar em universidades, institutos de pesquisa, indústria e órgãos do governo.

Química forense

Realizar perícias e testes a partir de evidências, como impressão digital, para a solução de crimes.

Química industrial e tecnológica

Desenvolver produtos e tecnologias para a indústria relacionadas à composição, a propriedades e a transformações de substâncias. Operar equipamentos, instalações e processos industriais.

Compartilhe