Guia do Estudante

QUÍMICA

Bacharelado

Legenda:

Graduação

Graduação Tecnológica

O Químico estuda a matéria, sua composição e suas propriedades. Ele analisa substâncias e compostos, identifica suas características físico-químicas, como elasticidade ou toxicidade.
Investiga como os compostos reagem às variações de pressão e temperatura, entre outros fatores. Em indústrias químicas, o profissional pesquisa, por exemplo, novos materiais, supervisiona a produção e aplica testes de qualidade. Entre suas atribuições também estão a elaboração de projetos de instalações industriais e a manutenção de equipamentos.

Fique de olho

VÁRIAS OPÇÕES PARA QUÍMICA

A maioria dos 416 cursos de Química oferecidos no país não tem habilitação. Entre os pouco que têm enfoque específico, o mais comum é Química Industrial. Outros são voltados para um setor determinado, como meio ambiente, alimentos, petróleo, química tecnológica ou química forense. A USP, em seus vários campi, oferece diversas ênfases, como biotecnologia, gestão da qualidade, materiais, biologia molecular e agroindústria. A Unicamp oferece licenciatura integrada em Química e Física.

Mercado de Trabalho

Setores emergentes como o do petróleo, de fontes renováveis de energia e nanotecnologia abrem perspectivas de ampliação do campo de trabalho. O bacharel atua na indústria, em instituições de ensino e pesquisa, públicas ou privadas, e em órgãos públicos. O foco do licenciado é o magistério, mas ele também encontra ocupação em atividades como responsabilidade técnica, perícia, consultoria e serviços técnicos. As áreas de atuação são extremamente variadas: petroquímica, química fina, alimentos, papel e celulose, polímeros, materiais metálicos, fertilizantes, tintas, cosméticos, análise ambiental, tratamento de água, esgoto e saneamento, além de comercialização de produtos e equipamentos para a indústria química. Gestão da qualidade, gestão ambiental, empreendedorismo e técnicas e metodologias educacionais são especializações com boas oportunidades de trabalho.
Para o licenciado, as oportunidades estão em todo o país, particularmente nas regiões menos desenvolvidas. Para o bacharel, o mais quente está nos polos industriais.

As melhores escolas

5 estrelas

MG Alfenas Unifal-MG. Belo Horizonte UFMG Quím. Tecnol.; Química. PB João Pessoa UFPB Quím. Ind.; Química. PE Recife UFPE Quím. Ind.; Química. RJ Niterói UFF Quím. Ind.; Química. Rio de Janeiro UFRJ Quím. com Atribuição Tecnol.; Quím. Ind.; Química. RS Porto Alegre UFRGS Quím. Ind.; Química. Santa Maria UFSM Quím. Ind.; Química. SC Florianópolis UFSC. SP Araraquara Unesp Quím. (modal. quím. tecnol.); Química. Campinas Unicamp Quím. Tecnol.; Química. Ribeirão Preto USP Quím. (tecnol., biotecnol. e agroind.); Quím. Amb.; Quím. Forense; Química. São Carlos UFSCar, USP Quím. (ênf. amb.); Quím. (ênf. em alim.); Quím. (ênf. gestão de qualid.); Quím. (ênf. mat.); Química. São José do Rio Preto Unesp Quím. Amb. São Paulo USP Quím. (ênf. em bioquím. e biol. molecular); Quím. (ênf. em biotecnol.); Quím. (ênf. em quím. tecnol.); Quím. Amb.; Química.

4 estrelas

AL Maceió Ufal Quím. Tecnol. e Ind.; Química. CE Fortaleza UFC. DF Brasília UnB Quím. Tecnol.; Química. ES vitória Ufes. GO Catalão UFG. Goiânia UFG Quím. Ind.; Química. MG Belo Horizonte Cefet-MG Quím. Tecnol. Juiz de Fora UFJF. Ouro Preto Ufop Quím. Ind. São João del Rei UFSJ. Viçosa UFV. MS Campo Grande UFMS. MT Cuiabá UFMT. PA Belém UFPA Quím. (ind.); Química. PB Campina Grande UEPB Quím. Ind. PR Curitiba UFPR, UTFPR. Guarapuava Unicentro-PR. Londrina UEL. Maringá UEM. Ponta Grossa UEPG Quím. Tecnol. RJ Rio de Janeiro PUC-Rio. Seropédica UFRRJ. RN Natal UFRN Quím. do Petr.; Química. RS Capão do Leão UFPel Quím. de Alim.; Quím. Ind.; Química. Porto Alegre PUCRS Quím. (quím. ind.). SP Diadema Unifesp Quím. Ind.; Química.

3 estrelas

AM Itacoatiara Ufam Quím. Ind. Manaus Ufam. BA Ilhéus Uesc. Jequié Uesb. Salvador UFBA. GO anápolis UEG Quím. Ind. MA São Luís UFMA Quím. Ind.; Química. MG Guaxupé Unifeg Quím. Ind. Ituiutaba UFU. Uberlândia UFU Quím. Ind. MS Dourados UFGD. PI Teresina UFPI. PR Arapongas Unopar . Pato Branco UTFPR. Toledo Unioeste. Umuarama Unipar Quím. Ind. RS Canoas Ulbra Quím. Ind, Unilasalle-RS. Santa Cruz do Sul Unisc Quím. (quím. ind.). SC Blumenau Furb. Tubarão Unisul. SE São Cristóvão UFS Quím. Ind.; Química. SP Bragança Paulista USF Quím. Ind. Campinas PUC-Campinas. Franca Unifran. Limeira Isca Faculdades. Osasco Unifieo. Presidente Prudente Unoeste. Santos Universidade Católica de Santos Quím. Tecnol. São Paulo Mackenzie.

Curso

O bacharelado dá formação generalista nas quatro grandes áreas da química - orgânica, inorgânica, analítica e físico-química -, com aulas teóricas e em laboratório. A partir do terceiro ano, o aluno passa a estudar cinética química, química experimental, química ambiental, análise de solo e bioquímica. Quem faz licenciatura cursa, ainda, disciplinas pedagógicas. O estágio é obrigatório.

Duração média: 4 anos.

Outros nomes: Ciên. (quím.); Educ. (ciên.: quím.).

O que você pode fazer

Ensino

Dar aulas nos ensinos fundamental e médio.

Química ambiental

Realizar vistorias, perícias, avaliações e pareceres e organizar medidas de proteção e conservação ambiental. Desenvolver e acompanhar técnicas de tratamento de resíduos industriais. Monitorar e controlar riscos de contaminação.

Pesquisa

Trabalhar em universidades, institutos de pesquisa, indústria e órgãos do governo.

Química forense

Realizar perícias e testes a partir de evidências, como impressão digital, para a solução de crimes.

Química industrial

Desenvolver produtos e tecnologias para a indústria relacionadas à composição, a propriedades e a transformações de substâncias. operar equipamentos, instalações e processos industriais.

Compartilhe