Guia do Estudante

PSICOPEDAGOGIA

Bacharelado

Legenda:

Graduação

Graduação Tecnológica

É a área de estudo dos processos e das dificuldades de aprendizagem de crianças, adolescentes e adultos. O psicopedagogo identifica as dificuldades e os transtornos que impedem o estudante de assimilar o conteúdo ensinado na escola. Para isso, faz uso de conhecimentos da pedagogia, da psicanálise, da psicologia e da antropologia. Analisa o comportamento do aluno, observando como ele aprende. Promove intervenções em caso de fracasso ou de evasão escolar. Além de trabalhar em escolas, pode atuar em hospitais, auxiliando os pacientes a manter contato com os conteúdos escolares. Pode trabalhar também em centros comunitários ou em consultório, público ou particular, orientando estudantes e seus familiares no processo de aprendizagem.

Mercado de Trabalho

O mercado para esses bacharéis tem boas perspectivas para os próximos anos. Vários setores necessitam da Psicopedagogia sobre os processos de aprendizagem. Os principais empregadores são escolas, hospitais e clínicas médicas ou de psicologia, nos quais o bacharel é chamado a fazer diagnóstico, prevenção e correção de problemas de aprendizagem. No início de 2013, a prefeitura de São Paulo sancionou uma lei que implanta nas escolas da rede municipal o serviço de psicopedagogia. Nas empresas, o profissional é chamado para atuar no setor de treinamento. “Crescem as chances também nas varas de família, nas quais o profissional auxilia juízes em processos de divórcio, guarda de filhos, alienação parental e agressões”, diz Roberto Anselmo, coordenador do curso da UFPB. Há vagas em todas as regiões – com destaque para as capitais e a Região Nordeste, embora o Sul e o Sudeste ainda sejam os maiores empregadores. No estado de São Paulo, já é lei que um psicopedagogo preste atendimento a alunos do Ensinos Fundamental e Médio.

Salário inicial: R$ 2.500,00 (fonte: Associação Brasileira de Psicopedagogia).

As melhores escolas

4 estrelas

SP Osasco Unifeo;

Curso

O currículo tem ênfase em duas áreas: psicopedagogia clínica (em que o profissional atua em
consultório sozinho ou em clínicas com equipes multidisciplinares) e psicopedagogia institucional (em que o psicopedagogo trabalha com outros profissionais em escolas, ONGs, hospitais e centros comunitários). É um curso marcadamente interdisciplinar, composto de disciplinas teóricas, como psicologia do desenvolvimento humano e da aprendizagem, e práticas, como diagnóstico e intervenção psicopedagógica clínica e institucional. O objetivo da graduação é formar um profissional com olhar dirigido à aprendizagem humana em diferentes contextos. O estágio, nos anos finais da graduação, é obrigatório. Atenção: a UCSal, em Salvador (BA), oferece Psicopedagogia como ênfase do curso de Pedagogia.

Duração média: quatro anos.



O que você pode fazer

Área clínica

Prestar atendimento psicopedagógico em clínicas e consultórios, a fm de solucionar dificuldades de aprendizado.

Educação continuada

Auxiliar indivíduos que, por qualquer problema se veem afastados da escola.

Orientação pedagógica

Resolver questões ligadas a currículo, métodos de ensino e abordagens pessoais. Criar um plano de trabalho que facilite o aprendizado dos alunos.

Recursos humanos

Assessorar empresas, órgãos públicos e ONGs nos processos de aprendizagem dos funcionários.

Compartilhe