Guia do Estudante

RELAÇÕES INTERNACIONAIS

Bacharelado

Legenda:

Graduação

Graduação Tecnológica

É a condução das relações entre povos, nações e empresas nas áreas política, econômica, social, militar, cultural, comercial e do direito. Esse bacharel analisa o cenário mundial, investiga mercados e a situação política das nações, avalia as possibilidades de negócios e aconselha investimentos no exterior. Promove entendimentos entre empresas e governos de diferentes países, abrindo caminho para exportações, importações e acordos bilaterais ou multilaterais. A internacionalização da economia amplia o campo de atuação desse profissional, que pode trabalhar em ministérios, embaixadas e ONGs. 

 

 

 

Dúvida do vestibulando

QUAL É A DIFERENÇA ENTRE RELAÇÕES INTERNACIONAIS E COMÉRCIO EXTERIOR?

O profissional de relações internacionais conduz as relações entre povos, nações e empresas e promover o entendimento para facilitar acordos políticos, militares, econômicos e culturais. Já o profissional de Comércio Exterior se ocupa especificamente do intercâmbio comercial entre nações, principalmente das relações de compra e venda entre empresas de diferentes países.

Mercado de Trabalho

A globalização interconecta as atividades produtivas e econômicas de todas as nações. Para as empresas, essa internacionalização significa competir em mercados estrangeiros, aproveitando as melhores chances para colocação de seus produtos. E o bacharel em relações internacionais está preparado para analisar essas oportunidades e encaminhar as negociações. O mercado está principalmente na área privada, em multinacionais, bancos, câmaras de comércio e associações setoriais. “Entre 20% e 30% dos egressos são absorvidos pela academia e pelos órgãos públicos. O restante trabalha em empresas. uma área que está crescendo é a das organizações não governamentais”, diz Jacqueline Haffner, coordenadora do curso de relações internacionais na universidade Federal do rio Grande do sul (UFRGs). O setor público contrata o graduado para assessorar ministérios, agências, secretarias municipais e estaduais, consulados e outras representações estrangeiras. ONGs nos principais centros urbanos buscam o bacharel para atuar na elaboração de projetos de intervenção no debate público. instituições internacionais, como a Organização das Nações unidas (ONU), são grandes empregadoras. A oferta de vagas é maior no centro-sul do país, principalmente no eixo Rio-São Paulo e em Brasília, mas há vagas nas capitais do Nordeste.

As melhores escolas

5 estrelas

DF Brasília UnB ④. MG Belo Horizonte PUC Minas ④ $$$$. RJ Rio de Janeiro PUC-Rio ④ $$$$$. RS Porto Alegre UFRGS ⑤. SP Franca Unesp ②. Marília Unesp ④. São Paulo USP.

4 estrelas

BA Salvador Unijorge ④ $$$$. DF Brasília UCB-DF ③ $$$$, UniCEUB ③ $$$$. MG Uberlândia UFU ⑤. MS Dourados UFGD ④. PA Ananindeua Unama ③ n/i. PB João Pessoa UEPB ③. PE Recife UFPE Ciên. Polít. (rel. intern.). RJ Niterói UFF ③. Rio de Janeiro UFRJ. RR Boa Vista UFRR. RS Santa Maria UFSM. SC Florianópolis UFSC. SP São Paulo PUC-SP ③ n/i.

3 estrelas

AM Manaus Fac. La Salle de Manaus ③ $$$. DF Brasília IesbDF ④ $$$$. ES Vila Velha UVV ③ $$. GO Goiânia PUC Goiás ③ $$$. MG Belo Horizonte Ibmec-MG ④ $$$$$, UniBH ③ $$$. PE Recife Estácio FIR ③ n/i. RJ Niterói Unilasalle-RJ ④ $$$$. Rio de Janeiro Ibmec-RJ ④ $$$$$, Universidade Candido Mendes Rel. Intern. (negociação intern.) ③ $$$$. RN Natal UnP ② $$. RS Canoas Unilasalle-RS ④ $$$. Lajeado Univates ④ $$. Porto Alegre ESPM-Sul Rel. Intern. (ênf. em mkt. e neg.) ④ $$$$$. Santa Cruz do Sul Unisc ④ $$. Santana do Livramento Unipampa. SC Balneário Camboriú Univali ④ $$$. Florianópolis Unisul ③ $$$$. Itajaí Univali $$$. SE São Cristóvão UFS ③. SP Ribeirão Preto Moura Lacerda ④ n/i. Santo André FSA-SP ③ $$$. São Paulo Belas Artes ③ $$$$$, ESPM-SP ③ $$$$$, Faap ③ $$$$$, Facs. Int. Rio Branco ④ $$$$, Fecap ④ $$$, FMU ③ $$, Universidade Anhembi Morumbi ④ $$$$. ___________________________________________________________ *CPC (MEC) | ① ② ③ ④ ⑤ **MENSALIDADE | ($) até R$ 400,00 ($$) de R$ 400,01 a R$ 700,00 ($$$) de R$ 700,01 a R$ 1.000,00 ($$$$) de R$ 1.000,01 a R$ 1.500,00 ($$$$$) acima de R$ 1.500,01 (n/i) valor não informado | ausência de mensalidade: curso gratuito

Curso

O currículo divide-se em três grandes áreas: política, direito e economia. Os alunos estudam bastante sociologia, economia e história. Questões sobre a guerra e a paz, o papel das organizações internacionais e a integração regional são debatidas. Nas aulas práticas, os alunos simulam negociações políticas, comerciais e diplomáticas. O curso exige muita leitura e o domínio de línguas estrangeiras. Na maioria das escolas é necessário que os alunos façam estágio em empresas ou instituições públicas ou privadas que possuem atuação internacional. As escolas exigem a realização de um trabalho de conclusão de curso.

Atenção: algumas instituições possuem enfoques específicos, como marketing e negócios (ESPM-sul), negociação internacional (Universidade Candido Mendes), comércio exterior (Unaerp) e integração regional (Unila). A UFMG oferece relações Econômicas internacionais e a UFPE, Ciência Política com habilitação em relações internacionais.

Duração média: 4 anos.

Outros nomes: Ciên. Polít. (rel. intern.); Rel. Econ. Intern.

O que você pode fazer

Agências governamentais

Planejar ações dos governos federal, estaduais ou municipais nos setores político, econômico, comercial, social e cultural.

Analista internacional

Coletar dados e elaborar relatórios sobre a conjuntura internacional para órgãos governamentais, empresas privadas e ONGs. Participar da elaboração de programas de cooperação com outras nações.

Comércio exterior

Identificar oportunidades de comércio e intermediar a importação e a exportação de produtos.

Compartilhe