Guia do Estudante

RELAÇÕES PÚBLICAS

Bacharelado / Tecnológico

Legenda:

Graduação

Graduação Tecnológica

A função do bacharel em Relações Públicas (RP) é construir, promover e preservar a boa imagem de empresas ou instituições perante o público interno e o externo. Para isso, ele define a estratégia e executa projetos de comunicação, transmitindo os valores, objetivos e as ações da organização. Seu trabalho se volta tanto para o público externo (clientes, fornecedores e agentes do governo) quanto para o interno (funcionários). Cria programas de integração com a comunidade e organiza atividades promocionais. É comum que este bacharel trabalhe em equipes que integram outros funcionários, como administradores, pessoal de marketing e jornalistas. É possível ingressar na carreira como tecnólogo.

 

 

 

Palavra do Profissional

ÊNFASE NA PRÁTICA

A partir de 2015, os cursos de Relações Públicas devem se adequar às diretrizes curriculares homologadas em setembro de 2013 pelo MEC. Estas são as principais alterações: o estágio passa a ser obrigatório; a hora-aula aumenta de 50 para 60 minutos e o trabalho de conclusão de curso (TCC), que podia ser feito em grupo, passa a ser individual.

Mercado de Trabalho

As grandes corporações são os mais tradicionais empregadores do bacharel em RP. Mas há, também, chance em organizações públicas e do terceiro setor, bem como em agências de RP e promotoras de eventos. Qualquer que seja o ambiente de trabalho, desenvolve estratégias criativas de comunicação que afetam diretamente a vida e a dinâmica de negócios das organizações. A Região Sudeste, principalmente o estado de São Paulo, concentra o maior número de vagas, mas também é o mercado mais concorrido.

As melhores escolas

5 estrelas

SP São Paulo USP Comun. Soc. (rel. públ.).

4 estrelas

AL Maceió Ufal Comun. Soc. (rel. públ.). AM Manaus Ufam Comun. Soc. (rel. públ.). BA Salvador Uneb-BA Comun. Soc. (rel. públ.), Unifacs Comun. Soc. (rel. públ.). GO Goiânia UFG Comun. Soc. (rel. públ.). MA São Luís UFMA Comun. Soc. (rel. públ.). PB João Pessoa UFPB. PR Londrina UEL. RJ Rio de Janeiro Uerj Comun. Soc. (rel. públ.). RS Porto Alegre PUCRS Comun. Soc. (rel. públ.), UFRGS Comun. Soc. (rel. públ.). Santa Maria UFSM Comun. Soc. (rel. públ.). São Leopoldo Unisinos. SP Bauru Unesp Comun. Soc. (rel. públ.), USC Comun. Soc. (rel. públ.). Campinas PUC-Campinas. São Bernardo do Campo Metodista . São Paulo Cásper.

3 estrelas

AM Manaus Ciesa Comun. Soc. (rel. públ.). MG Belo Horizonte PUC Minas , UFMG Comun. Soc. (rel. públ.), UNA Rel. Públ. (ênf. em comun. organizacional). PR Curitiba PUCPR Comun. Soc. (rel. públ.) , UFPR Comun. Soc. (rel. públ.). RJ Rio de Janeiro Facha-RJ Comun. Soc. (rel. públ.). RS Canoas Ulbra Comun. Soc. (rel. públ.). Caxias do Sul UCS Comun. Soc. (rel. públ.). Novo Hamburgo Feevale. Santa Cruz do Sul Unisc Comun. Soc. (rel. públ.). SC Itajaí Univali. SP Campinas Metrocamp Comun. Soc. (rel. públ.) . Santos Universidade Católica de Santos . São Paulo Belas Artes , Faap Comun. Soc. (rel. públ.) , Facs. Int. Rio Branco Comun. Soc. (rel. públ.) n/i, Fecap , UniSant’Anna Comun. Soc. (rel. públ.) . Taubaté Unitau.

Curso

O currículo enfatiza os conhecimentos da área de comunicação. Entre as disciplinas específicas estão organização de eventos, política de comunicação, estudos de mídia, pesquisas de opinião pública, assessoria de comunicação, comunicação pública e planejamento da comunicação. O aluno ainda estuda teorias e história da comunicação e ética e deontologia da comunicação. Como é importante compreender o funcionamento de uma organização, há também aulas de administração, economia e marketing. Na maioria das instituições, o curso é oferecido como habilitação da graduação em Comunicação Social. A maior parte das universidades exige a apresentação do trabalho de conclusão de curso.

Duração média: 4 anos.

Outros nomes: Comun. organizacional; Comun. soc. (rel. públ. com ênf. em comun. empr.); Comun. soc. (rel. públ. com ênf. em mkt.); Comun. soc. (rel. públ. com ênf. em multimídia); Comun. soc. (rel. públ.).


COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL T

Como o bacharel, este tecnólogo também trabalha com a comunicação de uma empresa, tanto por meio físico quanto digital, para o público interno e externo. Ele organiza eventos, produz comunicados para os funcionários e coordena a comunicação com a imprensa, no geral em parceria com jornalistas. Os cursos têm grade curricular semelhante à dos bacharelados, mas com ênfase em algum ramo específico de atuação, como comunicação organizacional, publicações empresariais e desenvolvimento interpessoal, conteúdo para web, linguagem audiovisual e multimídia. A maioria das escolas conta com laboratórios de produção de texto e de material multimídia.

Duração média: 2 anos.

Outro nome: Comun. empr.

O que você pode fazer

Administração

Promover ações para a valorização de uma empresa e suas marcas. Criar canais de comunicação com funcionários, fornecedores, clientes, governo e comunidade.

Atenção ao cliente

Atender a solicitações e reclamações de consumidores, a fim de orientar a melhora de qualidade dos produtos ou serviços da empresa.

Cerimonial e protocolo

Orientar empresários, políticos e chefes de estado sobre etiqueta e comportamento.

Comunicação institucional

Divulgar as políticas da organização para funcionários, clientes, consumidores e fornecedores.

Eventos

Organizar palestras, exposições, recepções, coquetéis e outras solenidades de promoção da empresa.

Pesquisa de opinião

Coletar dados sobre o público interno e externo da empresa para criar planos de comunicação.

Planejamento estratégico

Traçar a estratégia de relacionamento e de comunicação com a comunidade, a imprensa, os fornecedores, a concorrência e os consumidores.

Projetos institucionais

Analisar pedidos, apresentados a empresas, de parceria em projetos sociais, coordenando sua adequação à filosofia e aos objetivos da instituição.

Relações governamentais

Elaborar planejamento estratégico das ações de relacionamento com o governo.

Compartilhe