logo-ge

Engenharia Acústica

É o ramo da engenharia voltado para o desenvolvimento de sistemas eletroacústicos e controle da intensidade de ruídos e vibrações

É o ramo da engenharia voltado para o desenvolvimento de sistemas eletroacústicos e controle da intensidade de ruídos e vibrações. Este engenheiro desenvolve técnicas e equipamentos para manter num nível razoável o ruído de um ambiente visando ao conforto e ao bem-estar das pessoas presentes no local. Ele cria softwares e produz equipamentos eletrônicos, como medidores de nível sonoro e audiômetros. Pode trabalhar na acústica subaquática, dando manutenção a sonares de submarinos, ou na avaliação de ondas sísmicas. Atua, também, no controle e na fiscalização de emissão de ruídos e vibrações emitidos por qualquer tipo de equipamento doméstico, como eletrodomésticos, ou industrial, e emite laudos técnicos. Na área de acústica musical é responsável pela análise vibroacústica de instrumentos.

O que você pode fazer

Acústica de edificações Elaborar o projeto acústico de uma edificação considerando os ruídos externos. Projetar o isolamento de paredes, lajes, telhado, janelas, portas, sistemas hidráulicos e ar condicionado.

Acústica de salas Fazer o projeto arquitetônico adequado às características acústicas de auditórios, teatros, salas de aula, salas de conferências, igrejas e salas multiuso.

Acústica musical Projetar e executar análise vibroacústica de instrumentos musicais e fazer a sonorização de espetáculos.

Áudio profissional Projetar e executar correções acústicas de ambientes internos e externos. Operar som em estúdios, emissoras de rádio ou de televisão e eventos privados.

Consultoria Prestar serviços para empresas, avaliando a viabilidade socioeconômica de projetos e também assessorando obras de adequação acústica.

Controle de ruído Planejar programas de controle de ruído urbano e industrial; avaliar ruído aéreo.

Desenvolvimento de equipamentos Projetar equipamentos e dispositivos para isolamento e absorção acústica. Adequar e melhorar os aparelhos já existentes.

Eletroacústica Criar aparelhos que captem ou reproduzam sinais acústicos por meios eletrônicos, como microfones e alto-falantes.

Vibrações Projetar e executar sistemas de controle de vibrações em estruturas de edificações, máquinas industriais e veículos (carros, trens, ônibus, aviões, helicópteros etc.).

Mercado de Trabalho

Como se trata de um curso novo – a primeira turma formou-se em 2014 – as perspectivas são boas, pois há pouca mão de obra especializada. O mercado está favorável graças à conscientização da população sobre as consequências negativas do ruído. Além disso, a recente entrada em vigor da norma 15.575 da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), que determina os requisitos mínimos de qualidade nas construções, elevou a demanda pelo bacharel para projetar a acústica de edificações. Indústrias de diversos setores (automobilística, aeronáutica, de geradores e utensílios domésticos) também demandam o engenheiro para lidar com o controle de ruídos. Há procura, ainda, na área biomédica, onde o profissional desenvolve implantes cocleares, dispositivos eletrônicos para surdos. Prefeituras contratam esse engenheiro para elaborar e executar políticas públicas de mitigação do ruído. Há demanda em todo o país, mas São Paulo, Minas Gerais, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Bahia e Distrito Federal apresentam as melhores oportunidades.

Curso

A grade curricular mescla matérias da área das Ciências Exatas com as de Engenharia. Prepare-se para uma avalanche de matemática e física. Até o quinto semestre, o estudante aprende geometria descritiva, física, química, cálculo, estatística, álgebra linear e equações diferenciais. Ao mesmo tempo, tem aulas de música para engenharia acústica, ciências dos materiais, ruídos e vibrações, termodinâmica e circuitos elétricos. Os últimos semestres são bem direcionados à profissão. Neles o aluno estuda eletroacústica, processamento digital de sinais e sonorização, entre outras técnicas de gravação. Para obter o diploma, é obrigatória a apresentação de um trabalho de conclusão de curso e a realização de estágio.

Duração média: 5 anos.

 

Legenda:

Estrelas da Avaliação do Guia do Estudante

★★★★★ - Excelente

★★★★ – Muito bom

★★★ - Bom

CPC – Conceito Preliminar de Curso ① ② ③ ④ ⑤ 

O CPC é o indicador do Ministério da Educação que mede a qualidade dos cursos. Ele varia de 1 (menor valor) a 5 (maior valor). Ele está informado na ficha do curso para todas as graduações que tinham esse indicador disponível (fonte: site do Inep, anos 2014, 2013 e 2012). 

Cifrões – Referem-se às faixas de preço da mensalidade:

$ - Até 500,00 reais

$$ - De 500,01 a 750,00 reais

$$$ - De 750,01 reais a 1.000,00 reais

$$$$ - De 1.000,01 a 1.500,00 reais

$$$$$ - Acima de 1.500,01 reais

n/i - Valor não informado