Guia do Estudante

ENGENHARIA ACÚSTICA

Bacharelado

Legenda:

Graduação

Graduação Tecnológica

É o conjunto de conhecimentos usados para desenvolver novos sistemas eletroacústicos e para determinar a intensidade de ruídos e vibrações. O engenheiro acústico desenvolve técnicas e equipamentos para controlar o ruído ambiental visando ao bem-estar das pessoas. Também produz softwares e equipamentos eletrônicos, como medidores de nível sonoro e audiômetros. O engenheiro acústico encontra campo de atuação em diversas áreas. Ele tem a possibilidade de trabalhar na acústica subaquática, fazendo a manutenção de sonares de submarinos e a avaliação das vibrações de ondas sísmicas. Esse engenheiro também pode atuar no controle da emissão de ruídos e vibrações provenientes de equipamentos, máquinas e até eletrodomésticos, seja numa empresa, seja num local de descanso ou lazer. É ele quem faz a fiscalização, a vistoria e a perícia e emite os laudos e pareceres técnicos a respeito do local visitado. Outra possibilidade é na área acústica musical, como responsável pela análise vibroacústica de instrumentos.

Mercado de Trabalho

Ainda não existe esse bacharel no mercado. A primeira turma se forma em 2014, na UFSM. E as perspectivas são boas. A conscientização da população sobre a influência do ruído e sobre a possibilidade de exigir conforto acústico e produtos e serviços de melhor qualidade aquecem o mercado. De acordo com Dinara Xavier da Paixão, coordenadora do curso da UFSM, em Santa Maria, os grandes nichos de atuação são a construção civil (controle do ruído interno e externo), a produção de vídeo e áudio, as prefeituras (medições e adoção de políticas públicas de mitigação do ruído) e as indústrias dos setores automotivo, aeronáutico, de mineração, siderurgia, metalurgia e petróleo. Sul e Sudeste oferecem o maior número de vagas, em função do extenso parque industrial instalado.

As melhores escolas

Curso

A grade curricular mescla matérias da área de Exatas com as da Engenharia. Prepare-se para uma avalanche de cálculos. Até o quinto semestre, o aluno aprende geometria descritiva, física, química, cálculo, estatística, álgebra linear e equações diferenciais. Ao mesmo tempo, tem aulas de música para engenharia acústica, ciências dos materiais, ruídos e vibrações, termodinâmica e circuitos elétricos. Os últimos semestres são bem direcionados à profissão, quando se estudam eletroacústica e sonorização, entre outras técnicas de gravação. É preciso apresentar um trabalho de conclusão de curso.

Duração média: cinco anos.



O que você pode fazer

Acústica musical

Projetar e executar análise vibroacústica de instrumentos e equipamentos musicais e fazer a sonorização de espetáculos.

Acústica de salas

Qualificar auditórios, teatros, igrejas e salas multiuso, além de ambientes residenciais quanto à emissão e recepção de ruídos.

Áudio profissional

Projetar e executar correções acústicas de ambientes internos e externos; operar som em estúdios, emissoras de rádio ou de televisão e eventos privados.

Consultoria

Prestar serviços para empresas avaliando a viabilidade socioeconômica de projetos e também assessorando obras de adequação acústica.

Controle de ruído

Planejar programas de controle de ruído urbano e industrial; avaliar ruído aéreo.

Desenvolvimento de equipamentos

Projetar equipamentos e dispositivos para isolamento e absorção acústica

Eletroacústica

Desenvolver equipamentos.

Vibrações

Projetar e executar sistemas de controle de vibrações em estruturas de edificações.

Compartilhe