Guia do Estudante

ENGENHARIA CIVIL

Bacharelado / Tecnológico

Legenda:

Graduação

Graduação Tecnológica

O engenheiro civil projeta, gerencia e executa obras como casas, prédios, pontes, viadutos, estradas e barragens. Ele acompanha todas as etapas de uma construção ou reforma, da análise do solo e estudo da insolação e da ventilação do local até a definição dos tipos de fundação e os acabamentos. Especifica as redes de instalações elétricas, hidráulicas e de saneamento do edifício e define o material a ser usado. Chefa as equipes de trabalho, supervisionando prazos, custos, padrões de qualidade e de segurança. Cabe a ele garantir a estabilidade e a segurança da edificação, calculando os efeitos dos ventos e das mudanças de temperatura na resistência dos materiais usados na construção. Este profissional também pode se dedicar à administração de recursos prediais, gerenciando a infraestrutura e a ocupação de um edifício. Você pode ingressar na carreira com um curso tecnológico.

 

 

Fique de olho

ENGENHARIA DE TRANSPORTE

O curso é oferecido por Cefet-MG, Facs Kennedy (MG), IFG (GO), Uerj, UFG, UFMT e UFSM. Ele forma o engenheiro que gerencia a implantação de obras, como construção e duplicação de estradas, em sistemas viários, como ferrovias, rodovias, portos e aeroportos. Também cabe a esse profissional projetar sistemas de transportes de passageiros e de cargas, e a operação desses sistemas, considerando segurança e tarifação, entre outros itens.

ENGENHARIA PORTUÁRIA

A Furg (RS) e a Universidade Católica de Santos (SP) oferecem cursos na área. O egresso atuará nas diversas atividades do setor portuário, como planejamento e coordenação de projetos de engenharia civil. Entre suas atividades está a avaliação do impacto das obras portuárias no ambiente costeiro.

Mercado de Trabalho

A construção civil é tão sensível às oscilações da economia que é usada como indicador de crescimento ou retração. As dificuldades econômicas enfrentadas pelo país neste ano, portanto, têm efeitos negativos no setor, afetando a empregabilidade do engenheiro civil. “Certos segmentos, no entanto, são vitais para a economia e não podem ficar estagnados”, diz Leila Miranda, diretora da Escola de Engenharia da Universidade Presbiteriana Mackenzie. “O saneamento é uma das áreas cuja necessidade de investimento é evidente. Para superar a crise de abastecimento de água precisam ser realizadas obras de grande porte, que demandam profissionais da engenharia civil.” A geração de energia, também fundamental para o país, exige obras civis e, consequentemente, engenheiros civis. A Região Sudeste continua sendo o principal mercado.

As melhores escolas

5 estrelas

CE Fortaleza UFC ④. DF Brasília UnB ④. GO Goiânia UFG ④. MG Belo Horizonte UFMG ④. PA Belém UFPA ③. PR Curitiba PUCPR ③ $$$$$, UFPR ②, UTFPR. RJ Rio de Janeiro PUC-Rio ④ $$$$$. RS Porto Alegre UFRGS ④. SC Florianópolis UFSC ④. SP Bauru Unesp ④. Campinas Unicamp ④. Guaratinguetá Unesp ③. Ilha Solteira Unesp ④. São Carlos USP. São José dos Campos ITA Eng. Civil-Aeronáutica ⑤. São Paulo USP.

4 estrelas

AL Maceió Ufal ④. BA Salvador UFBA ③. ES Vitória Ufes ④. MG Juiz de Fora UFJF ④. Viçosa UFV ④. MS Campo Grande UFMS ③. PB João Pessoa UFPB ④. PE Caruaru UFPE ⑤. Recife UFPE ③. PR Cascavel Unioeste ④. Londrina UEL ④. Maringá UEM ④. Pato Branco UTFPR ⑤. Ponta Grossa UEPG ③. RJ Campos dos Goytacazes Uenf ④. Niterói UFF ③. Rio de Janeiro Uerj Eng. Civil (constr. civil); Eng. Civil (estrut. e fundações); Eng. Civil (transp.) ③, UFRJ ④. RN Natal UFRN ④. RS Passo Fundo UPF ④ $$$$$. Pelotas UCPel ③ $$$$. Porto Alegre PUCRS ③ $$$$$. Santa Maria UFSM ④. São Leopoldo Unisinos ④ $$$$. SC Blumenau Furb ③ $$$$. Joinville Udesc ④. SP São Caetano do Sul Mauá ③ $$$$$. São Carlos UFSCar ③. São Paulo Mackenzie ④ $$$$$.

3 estrelas

AM Manaus Ceulm/Ulbra ③ $$$, UEA ③, Ufam ③, UniNilton Lins ② $$$. BA Feira de Santana Uefs ②. Juazeiro Univasf-BA ③. Salvador Unifacs ② n/i. CE Fortaleza Unifor-CE ③ $$$$. DF Brasília UCB-DF $$$$$, UniCEUB $$$$$. GO Anápolis UEG ③, UniEvangélica $$$. Catalão UFG. Goiânia PUC Goiás ② $$$$. MG Belo Horizonte Cefet-MG Eng. de Prod. Civil; Eng. de Transp. ③, Fumec Eng. de Prod. Civil; Engenharia Civil ③ $$$$, PUC Minas ② $$$$. Itajubá Fepi ③ $$$$. Ouro Branco UFSJ Eng. Civil (ênf. em estrut. metálicas). Ouro Preto Ufop ③. Poços de Caldas PUC Minas ④ $$$$$. Uberaba Uniube ③ $$$. Uberlândia UFU ③. MT Cuiabá UFMT ③. Sinop Unemat. PA Belém Unama ③ n/i. PB Campina Grande UFCG ③. PE Recife IFPE Eng. de Prod. Civil, Unicap ② $$$$, UPE ③. PI Teresina UFPI ③. PR Campo Mourão UTFPR ④. Cascavel FAG-PR ③ n/i. Foz do Iguaçu UDC Sede ④ $$$. Londrina Fac. Pitágoras de Londrina n/i. Maringá UniCesumar $$$$. Umuarama Unipar n/i. RJ Campos dos Goytacazes Estácio ③ $$$$. Petrópolis UCP-RJ $$$$. Rio de Janeiro Cefet-RJ. RN Mossoró UnP $$$$. Natal UnP ③ $$$$. RO Porto Velho Faro-RO ③ $$$$. RR Boa Vista UFRR ③. RS Canoas Ulbra ③ $$$$$. Ijuí Unijuí ④ n/i. Rio Grande Furg Eng. Civil Costeira e Portuária; Eng. Civil Empr.; Engenharia Civil ③. SC Chapecó Unochapecó ③ n/i. Criciúma Unesc-SC ③ $$$. Itajaí Univali ③ $$$$. Joaçaba Unoesc ③ $$$$. Lages Uniplac $$$$. Palhoça Unisul ③ $$$$. SE São Cristóvão UFS ③. SP Campinas PUC-Campinas ② $$$$$. Limeira Einstein Eng. Civil (estrut. metálicas) ④ $$$$. Lins Unilins ③ $$$$. Marília Unimar ④ $$$$. Mogi das Cruzes UMC ③ $$$$$. Santos Unisanta ③ $$$$. São Bernardo do Campo Centro Universitário da FEI ③ $$$$$. São José dos Campos Univap ③ $$$$. São Paulo Faap ② $$$$$, Fesp-SP ③ n/i, IFSP, UMC $$$, Universidade Anhembi Morumbi ③ $$$, USJT ④ $$$$$. Taubaté Unitau ③ $$$$. TO Palmas Ceulp/Ulbra ③ n/i. ___________________________________________________________ *CPC (MEC) | ① ② ③ ④ ⑤ **MENSALIDADE | ($) até R$ 400,00 ($$) de R$ 400,01 a R$ 700,00 ($$$) de R$ 700,01 a R$ 1.000,00 ($$$$) de R$ 1.000,01 a R$ 1.500,00 ($$$$$) acima de R$ 1.500,01 (n/i) valor não informado | ausência de mensalidade: curso gratuito

Curso

Além das disciplinas e das atividades em laboratório clássicas das engenharias, na área das Ciências Exatas, o curso de Engenharia Civil inclui desenho técnico e matérias das áreas de Administração e Economia. Nos três anos finais, o aluno cursa disciplinas mais ligadas às áreas da especialização escolhida: estruturas, construção civil, hidráulica e saneamento, transportes ou geotecnia. Para obter o diploma, o estágio é obrigatório, assim como um trabalho de conclusão de curso. atenção: há instituições que oferecem formação direcionada para uma área específica, como empresarial, com noções de administração e gestão de empresas na área (Furg-RS) e estruturas metálicas (Einstein-SP e UFSJ). A Univale-MG e a Uemg têm ênfase na área ambiental, que permite atuar tanto na construção civil e infraestrutura como em saneamento, licenciamento e gestão ambiental, diagnósticos e perícias. No ITA, o curso de Engenharia Civil-Aeronáutica forma também o engenheiro capaz de conceber e implantar aeroportos e heliportos e gerenciar o tráfego aéreo.

Duração média: 5 anos.

Outros nomes: Eng. de Prod. Civil; Eng. de Transp.; Eng. de Transp. e Log.; Eng. Portuária.

CONSTRUÇÃO DE EDIFÍCIOS

Este tecnólogo orienta e gerencia as atividades e as equipes no canteiro de obras de construção civil. Além de fazer o controle técnico dos materiais e dos processos empregados na construção, acompanha o reconhecimento topográfico do terreno, as movimentações de terra e a pavimentação. Pode dedicar-se às instalações hidráulicas em obras de saneamento, determinando as escavações, a colocação das tubulações de água e esgoto e o aterro das valas. Ele também estuda e implementa novas tecnologias ou pode se especializar em determinado tipo de material. O curso é forte em Ciências Exatas e inclui desenho técnico. Com foco em aspectos práticos da profissão, o currículo inclui aulas de materiais de construção civil e gestão de obras. Não faltam aulas práticas nem atividades de laboratório. O estágio não é obrigatório, mas abre as portas para o mercado.

Atenção: alguns cursos têm enfoque específico, como estruturas metálicas, estradas e pavimentação.

Duração média: 3 anos.

Outros nomes: Constr. Civil; Constr. Civil (ed.); Constr. Civil (estrut. metálicas); Constr. Civil (movimento de terra e pavimentação); Constr. Civil (topografa e estr.); Contr. de Obras; Estr.

O que você pode fazer

Construção urbana

Projetar, construir e reformar prédios e grandes instalações, como estádios esportivos, shopping centers e aeroportos.

Estruturas e fundações

Projetar e edificar fundações e estruturas de madeira, aço ou concreto, que dão apoio às construções, calculando o material necessário e as dimensões da obra.

Gerência de recursos prediais

Manter em ordem a infra-estrutura de prédios e estabelecer padrões de qualidade, ocupação e uso do espaço.

Hidráulica e recursos hídricos

Projetar, gerenciar e executar obras de barragens, canais, reservatórios, sistemas de irrigação, drenagem ou obras costeiras.

Infraestrutura e transporte

Projetar e construir obras como rodovias, ferrovias, viadutos, portos, metrôs, túneis e viadutos.

Saneamento

Fazer o projeto e construir obras de saneamento básico, como redes de captação e distribuição de água e estações de tratamento de água e esgotos.

Compartilhe