Guia do Estudante

ENGENHARIA CIVIL

Bacharelado / Tecnológico

Legenda:

Graduação

Graduação Tecnológica

O Engenheiro civil projeta, gerencia e executa obras como casas, prédios, pontes, viadutos, estradas e barragens. Ele acompanha todas as etapas de uma construção ou reforma, da análise do solo e estudo da insolação e da ventilação do local até a definição dos tipos de fundação e os acabamentos. Especifica as redes de instalações elétricas, hidráulicas e de saneamento do edifício e define o material a ser usado. Chefa as equipes de trabalho, supervisionando prazos, custos, padrões de qualidade e de segurança. Cabe a ele garantir a estabilidade e a segurança da edificação, calculando os efeitos dos ventos e das mudanças de temperatura na resistência dos materiais usados na construção. Este profissional também pode se dedicar à administração de recursos prediais, gerenciando a infraestrutura e a ocupação de um edifício. Você pode ingressar na carreira com um curso tecnológico.

 

 

Fique de olho

ENGENHARIA DE TRANSPORTE

O curso é oferecido por Facs Kennedy (MG), IFG (GO), Uerj e UFMT. Ele forma o engenheiro que gerencia a implantação de obras, como construção e duplicação de estradas, em sistemas viários, como ferrovias, rodovias, portos e aeroportos. Também cabe a esse profissional projetar sistemas de transportes de passageiros e de cargas, e a operação desses sistemas, considerando segurança e tarifação, entre outros itens.

Mercado de Trabalho

A construção civil é tão sensível às oscilações da economia do país que é usada como indicador de crescimento ou retração. Assim, enquanto o ano de 2013 foi considerado muito bom, 2014 não promete muito - em agosto, entidades do setor previam crescimento próximo de zero no ano. Esse quadro, é claro, afeta a empregabilidade do engenheiro civil. No entanto, este setor é um dos primeiros a reagir quando a economia se aquece e o governo retoma os investimentos em infraestrutura e programas habitacionais, como o Minha Casa Minha Vida. A Região Sudeste continua sendo o principal mercado.

As melhores escolas

5 estrelas

MG Belo Horizonte UFMG. RS Porto Alegre UFRGS. SC Florianópolis UFSC. SP Campinas Unicamp. Ilha Solteira Unesp. São Carlos UFSCar, USP. São José dos Campos ITA Eng. Civil-aeronáutica. São Paulo USP.

4 estrelas

AL Maceió Ufal. BA Salvador UFBA. CE Fortaleza UFC. DF Brasília UnB. GO Goiânia UFG. MG Juiz de Fora UFJF. Ouro Preto Ufop. Uberlândia UFU. Viçosa UFV. PA Belém UFPA, Unama. PB Campina Grande UFCG. João Pessoa UFPB. PE Caruaru UFPE. Recife UFPE. PR Curitiba PUCPR, UFPR, UTFPR. Londrina UEL. Maringá UEM. RJ Niterói UFF. Rio de Janeiro PUC-Rio, Uerj Eng. Civil (constr. civil); Eng. Civil (estrut.); Eng. Civil (transp.), UFRJ. RN Natal UFRN. RS Porto Alegre PUCRS. Rio Grande Furg Eng. Civil Costeira e Portuária; Eng. Civil Empr.; Engenharia Civil. Santa Maria UFSM. São Leopoldo Unisinos. SP Bauru Unesp. Guaratinguetá Unesp. São Caetano do Sul Mauá. São Paulo Mackenzie.

3 estrelas

AM Manaus Ceulm/Ulbra, UEA, Ufam, Uninorte-AM. BA Salvador UCSal, Unifacs. CE Fortaleza Unifor-CE. ES Vitória Ufes. GO Catalão UFG. Goiânia PUC Goiás. MG Belo Horizonte Cefet-MG Eng. de Prod. Civil. Itajubá Fepi. Ouro Branco UFSJ Eng. Civil (ênf. em estrut. metálicas). Poços de Caldas PUC Minas. MS Campo Grande UFMS. MT Cuiabá UFMT. PE Recife Unicap, UPE. PI Teresina UFPI. PR Campo Mourão UTFPR. Cascavel Unioeste. Curitiba UTP. Maringá UniCesumar. Pato Branco UTFPR. Ponta Grossa UEPG. RJ Campos dos Goytacazes Uenf. Petrópolis UCP-RJ. Rio de Janeiro Cefet-RJ. RS Alegrete Unipampa. Ijuí Unijuí. Passo Fundo UPF. Pelotas UCPel. Santo Ângelo URI. SC Blumenau Furb. Chapecó Unochapecó. Itajaí Univali. Joinville Udesc. SE São Cristóvão UFS. SP Barretos Unifeb. Campinas PUC-Campinas, Unip-SP. Engenheiro Coelho Unasp. Mogi das Cruzes UMC Presidente Prudente Unoeste. Ribeirão Preto Moura Lacerda. Santos Unisanta. São Bernardo do Campo Centro Universitário da FEI. São José dos Campos Univap. São Paulo Unip-SP, Universidade Anhembi Morumbi, Universidade Cruzeiro do Sul, USJT. Taubaté Unitau. TO Palmas Ceulp/Ulbra.

Curso

Além das disciplinas e das atividades em laboratório clássicas das engenharias, na área das Ciências Exatas, o curso de Engenharia Civil inclui desenho técnico e matérias das áreas de Administração e Economia. Nos três anos finais, o aluno cursa disciplinas mais ligadas às áreas da especialização escolhida: estruturas, construção civil, hidráulica e saneamento, transportes ou geotecnia.
Para obter o diploma, o estágio é obrigatório, assim como um trabalho de conclusão de curso.

Atenção: há instituições que oferecem formação direcionada para uma área específica, como empresarial, com noções de administração e gestão de empresas na área (Furg-RS) e estruturas metálicas (Fiel-SP e UFSJ). A Univale-MG tem o curso de Engenharia Civil e Ambiental, que dá dupla habilitação e permite atuar tanto na construção civil e infraestrutura como em saneamento, licenciamento e gestão ambiental, diagnósticos e perícias. No ITA, o curso de Engenharia Civil-Aeronáutica forma também o engenheiro capaz de conceber e implantar aeroportos e heliportos e gerenciar o tráfego aéreo.

Duração média:
5 anos.

Outros nomes:
Eng. de Prod. Civil; Eng. de Transp.; Eng. Portuária.


CONSTRUÇÃO DE EDIFÍCIOS T

Este tecnólogo orienta e gerencia as atividades e as equipes no canteiro de obras de construção civil. Além de fazer o controle técnico dos materiais e dos processos empregados na construção, acompanha o reconhecimento topográfco do terreno, as movimentações de terra e a pavimentação. Pode dedicar-se às instalações hidráulicas em obras de saneamento, determinando as escavações, a colocação das tubulações de água e esgoto e o aterro das valas. Ele também estuda e implementa novas tecnologias ou pode se especializar em determinado tipo de material. O curso é forte em Ciências Exatas e inclui desenho técnico. Com foco em aspectos práticos da profissão, o currículo inclui aulas de materiais de construção civil e gestão de obras. Não faltam aulas práticas nem atividades de laboratório. O estágio não é obrigatório, mas abre as portas para o mercado.
Atenção: alguns cursos têm enfoque específico, como estruturas metálicas, estradas e pavimentação.

Duração média: 3 anos.

Outros nomes: Constr. Civil; Contr. de obras; estr.

O que você pode fazer

Construção urbana

Projetar, construir e reformar prédios e grandes instalações, como estádios esportivos, shopping centers e aeroportos.

Estruturas e fundações

Projetar e edificar fundações e estruturas de madeira, aço ou concreto, que dão apoio às construções, calculando o material necessário e as dimensões da obra.

Gerência de recursos prediais

Manter em ordem a infra-estrutura de prédios e estabelecer padrões de qualidade, ocupação e uso do espaço.

Hidráulica e recursos hídricos

Projetar, gerenciar e executar obras de barragens, canais, reservatórios, sistemas de irrigação, drenagem ou obras costeiras.

Infraestrutura

Projetar e construir obras como rodovias, ferrovias, viadutos, portos, metrôs, túneis e viadutos.

Saneamento

Fazer o projeto e construir obras de saneamento básico, como redes de captação e distribuição de água e estações de tratamento de água e esgotos.

Compartilhe