Guia do Estudante

Engenharia e Produção

Gestão de Qualidade

Tecnológico

O tecnólogo dessa área acompanha os processos de produção industrial, a rotina de trabalho e a prestação de serviços em empresas de diversos setores, em busca de maior qualidade e produtividade. Trabalha tanto em fábricas quanto em estabelecimentos comerciais, instituições financeiras e empresas prestadoras de serviços, para garantir que sejam cumpridos padrões de normalização e metrologia internacionais. Pode especializarse em auditorias para órgãos internacionais que emitem as certificações de qualidade, como as da série ISO, trabalhar em laboratórios de metrologia ou voltar-se para a área de recursos humanos, desenvolvendo políticas de integração, atualização e reciclagem de quadro de funcionários.

O mercado de trabalho

Quem mais contrata esse tecnólogo são indústrias, especialmente as das áreas automobilística, petroquímica, eletroeletrônica e alimentícia, e empresas prestadoras de serviços, que buscam obter certificação de qualidade. Mesmo empresas de pequeno e médio portes têm necessidade da implantação e manutenção de um sistema de gestão da qualidade. O profissional é contratado para supervisionar a implantação das normas de qualidade e depois dar suporte à companhia para que elas continuem sendo seguidas. "Com o mercado cada vez mais concorrido, as exigências aumentaram, e a necessidade de um sistema de gestão espalhou-se ao longo da cadeia produtiva, abrindo espaço para a contratação desse tecnólogo", diz o professor Pedro Augusto Attab, coordenador do curso de Gestão da Qualidade do Ipep, de São Paulo. A ampliação do conceito de qualidade nas empresas - que passou a incluir aspectos relacionados às áreas de meio ambiente e responsabilidade social - elevou a demanda pelo especialista. O mercado está aquecido no país inteiro, mas a procura é mais intensa nas regiões que concentram polos industriais, como Sul, Sudeste e Nordeste.

Salário inicial: R$ 2.550,00 (6 horas diárias; fonte: Confea/Crea).

O curso

Preste atenção antes de se inscrever para o processo seletivo. Algumas escolas se voltam mais para a qualidade de serviços, enquanto outras enfatizam a formação industrial. Os cursos que enfocam a área de inspeção de equipamentos, por exemplo, preparam o aluno para atuar em indústrias de diversos segmentos, como automotivas, químicas, petroquímicas e do setor metalmecânico. De modo geral, os estudos começam com aulas sobre os fundamentos de administração, informática e matemática aplicada. O currículo de Gestão de Qualidade inclui, ainda, disciplinas da área de humanas, como psicologia, e as demais matérias voltam-se para o gerenciamento de processos, metrologia, normalização, administração de recursos de materiais, organização industrial, segurança no trabalho, gestão de recursos humanos e análise e melhoria de processos. Algumas escolas exigem estágio e trabalho de conclusão de curso.

Duração média: dois anos.

Outros nomes: Gestão da Qualid. (metrologia); Gestão da Qualid. (petr. e gás); Gestão da Qualid. Ind.; Gestão da Qualid. no Atendimento ao Cliente; Gestão de Sist. da Qualid.; Inspeção de Equipamentos e de Soldagem; Qualid.

Compartilhe