Guia do Estudante

MANUTENÇÃO INDUSTRIAL

Bacharelado

Legenda:

Graduação

Graduação Tecnológica

Planejar, implantar e gerenciar os serviços de manutenção de equipamentos e sistemas mecânicos, elétricos e eletrônicos em indústrias é função desse tecnólogo. Ele faz a conservação de ferramentas, componentes e peças mecânicas, como tornos e caldeiras, além de cuidar das instalações elétricas das linhas de produção. Pode especializar-se em preservação de circuitos eletrônicos e microprocessadores de controle de sistemas de fabricação ou em instalações prediais e sistemas eletrônicos de segurança industriais ou residenciais.

Mercado de Trabalho

O avanço das políticas públicas voltadas à melhoria de serviços e infraestrutura aquecem o mercado. “Há grande potencial nos portos e aeroportos”, diz Siedro Augusto Haus, coordenador do curso do IFPR, em Paranaguá. Outro setor de peso é o petrolífero, aquecido pela exploração da camada do pré-sal. Nele, o profissional faz manutenção em refinarias e plataformas. A área de mecânica é a que mais oferece oportunidades de trabalho, mas há muitas vagas também para especialistas em eletricidade e eletrônica. O profissional sofre a concorrência de engenheiros mecânicos na hora de disputar uma vaga em manutenção e inspeção de equipamentos, seja em indústrias, seja em empresas de outros setores econômicos, que também dependem de sistemas eletrônicos, elétricos e mecânicos. As linhas de produção automatizadas, cada vez mais presentes nas indústrias, exigem profissionais para operar e manter os sistemas. O estado de São Paulo e a Região Sul concentram a maior parte dos empregos. O Nordeste também oferece boas chances de trabalho em função da carência dessa mão de obra especializada. Manaus, com grande número de indústrias na Zona Franca, também costuma oferecer vagas.

Salário inicial: de R$ 2.500,00 a R$ 3.000,00 (fonte: profa. Josiane Betat, do Senai Chapecó).

As melhores escolas

Curso

Há boa dose de disciplinas teóricas da área das Ciências Exatas, entre elas cálculo, física, mecânica, eletrônica e eletricidade. Ou seja, prepare-se para muita matemática. O aluno estuda também projetos elétricos, acionamentos industriais, manutenção eletromecânica e eletrônica, programação, eletrônica digital e industrial e máquinas térmicas. É, ainda, instruído nos processos de fabricação e em sistemas gerenciais. Quase metade das aulas é prática, em oficinas e laboratórios.

Duração média: três anos e meio.

Outro nome: eletromec.;


Compartilhe