logo-ge

Geografia

O graduado em Geografia estuda a Terra e sua ocupação pelo homem

O graduado em Geografia estuda a Terra e sua ocupação pelo homem. Seu campo de interesse não se limita à geografia física (relevo, vegetação, clima). Ele também analisa como as populações se relacionam com o ambiente e ocupam espaços rurais e sociais. Esses conhecimentos o tornam apto a elaborar planos diretores de municípios e diagnósticos para a redução do impacto ambiental causado por grandes obras civis. Com dados captados por satélites, confecciona e interpreta mapas. O licenciado atua nos ensinos Fundamental e Médio.

O que você pode fazer

Cartografia digital Fazer mapas com base em imagens captadas por satélites.

Ecoturismo Elaborar roteiros, organizar e guiar excursões em parques e áreas de preservação ambiental.

Ensino Produzir material didático (maquetes, globos, mapas) para cegos. Com licenciatura, dar aulas nos ensinos Fundamental e Médio ou em cursos pré-vestibulares.

Geografia humana Estudar as questões sociais, econômicas e políticas de grupos, sociedades e nações.

Geografia dos transportes Planejar redes de trânsito e sistemas de transportes, levando em conta a mobilidade, a inclusão social e a sustentabilidade.

Geopolítica Pesquisar a organização social, política e econômica de países e regiões.

Geoprocessamento Elaborar mapas e bancos de dados geográficos com a utilização de softwares específicos.

Planejamento agrícola Desenvolver a estratégia de ocupação de uma região com o mínimo de impacto ambiental.

Planejamento urbano Trabalhar com planos diretores, estruturação urbana, planejamento do uso do solo, organização socioespacial, mobilidade urbana, sustentabilidade e inclusão social.

Sensoriamento remoto Analisar imagens de satélites e fotografias aéreas para a preparação de mapas e o levantamento de dados de solo, relevo, recursos hídricos, vegetação, clima e densidade de ocupação de áreas, cidades e regiões.

Mercado de Trabalho

A realização de estudos de impacto ambiental para empresas de engenharia, usinas de álcool e multinacionais dos setores de mineração e petróleo ou para novas construções é o principal campo de atuação do geógrafo. Com seu conhecimento em sensoriamento remoto é contratado para produzir mapas para empresas de logística que precisam otimizar seus trajetos, construtoras que vão edificar grandes obras (estradas, hidrelétricas etc.) e agências de propaganda que precisam conhecer o local onde planejam fazer uma filmagem, entre outras organizações. No setor público, prefeituras e outros órgãos contratam o profissional para elaborar estudos socioeconômicos e ambientais, laudos periciais em ocupação do solo e planejamento urbano, rural e ambiental. É possível trabalhar, por exemplo, no Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), na Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) e na Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Também são empregadores ONGs e centros de pesquisa que exercem atividades de preservação ambiental, habitação popular e questões agrárias. Editoras que publicam livros didáticos e para formação de professores e revistas da área procuram o bacharel para trabalhar como consultor e revisor técnico. Outra opção para os bacharéis é atuar como consultor nas áreas ambiental e de urbanismo, fazendo levantamento da vegetação, solo, cursos d’água e relevo. As regiões Sul e Sudeste, especialmente o estado de Minas Gerais, concentram o maior número de vagas e os melhores salários. Os licenciados podem lecionar em escolas de ensinos Fundamental e Médio. Um segmento que vem crescendo é o representado pela produção de material didático para cegos, em que o geógrafo desenvolve maquetes, mapas e globos especialmente para esse público.

Curso

Em algumas escolas, o estudante opta, já no vestibular, entre o bacharelado e a licenciatura, enquanto outras permitem essa escolha após o aluno ter cursado as disciplinas comuns às duas titulações. Nos primeiros anos, o aluno estuda disciplinas básicas de geografa física, humana, regional e instrumental. Nos cursos de licenciatura, ele precisa fazer também as disciplinas pedagógicas, como psicologia da educação e didática. O estágio é obrigatório, assim como a entrega de um trabalho de conclusão de curso.

Duração média: 4 anos.

 

OS MELHORES CURSOS

★★★★★
CE Fortaleza UFC . DF Brasília UnB . GO Goiânia UFG . MG Belo Horizonte UFMG . PA Belém UFPA . RJ Rio de Janeiro UFRJ . SP Campinas Unicamp . Presidente Prudente Unesp . Rio Claro Unesp . São Paulo USP.

★★★★
AM Manaus Ufam . BA Feira de Santana Uefs. Ilhéus Uesc. Salvador UFBA . MG Alfenas Unifal-MG . Belo Horizonte PUC Minas $$$. Juiz de Fora UFJF . São João del Rei UFSJ. Uberlândia UFU . Viçosa UFV . MS Dourados UFGD . PB João Pessoa UFPB . PE Recife UFPE. PR Curitiba UFPR . Foz do Iguaçu Unila. Francisco Beltrão Unioeste . Guarapuava Unicentro-PR . Londrina UEL . Maringá UEM . Ponta Grossa UEPG . RJ Campos dos Goytacazes UFF. Niterói UFF . Rio de Janeiro PUC-Rio $$$$$, Uerj. RN Natal UFRN . RS Pelotas UFPel . Porto Alegre PUCRS $$$, UFRGS . Rio Grande Furg . Santa Maria UFSM. SC Florianópolis UFSC . SE São Cristóvão UFS . SP Ourinhos Unesp . TO Porto Nacional UFT .

★★★
AC Rio Branco Ufac . AL Maceió Ufal . BA Salvador UCSal $. CE Fortaleza Uece . ES Vitória Ufes . GO Catalão UFG . Jataí UFG . MA São Luís Uema, UFMA. MG Ituiutaba UFU (B/L) . MS Aquidauana UFMS . Campo Grande UFMS . MT Cuiabá UFMT . RJ Seropédica UFRRJ . RN Caicó UFRN . RO Porto Velho Unir . SP Campinas PUC-Campinas $$$$.