logo-ge

Letras

O graduado em Letras dedica-se ao estudo da língua portuguesa e de idiomas estrangeiros e suas respectivas literaturas

O graduado em Letras dedica-se ao estudo da língua portuguesa e de idiomas estrangeiros e suas respectivas literaturas. Ele pesquisa e ensina português, inglês, espanhol ou outro idioma e sua respectiva literatura. Em geral, se especializa em uma língua moderna, como inglês, espanhol, francês e alemão, mas também pode se dedicar a línguas clássicas, como latim e grego. Para o licenciado, o principal campo de trabalho está nas escolas de ensinos Fundamental e Médio ou de idiomas. Mas também há espaço em editoras, para fazer a preparação de originais e para revisar e traduzir textos, e nas áreas de interpretação e secretariado bilíngue.

 

Fique de Olho

DIFERENTES HABILITAÇÕES

Além das habilitações tradicionais, como português, inglês, francês, letras vernáculas (que diz respeito à língua do próprio país) etc., algumas instituições oferecem cursos com enfoque específico. Este é o caso de estudos literários (Unicamp, UFG, Ufop e UFPE), estudos linguísticos ( Ufop e UFPE), Língua Estrangeira Aplicada à Negociação Internacional (Uesc, UFPB e Cefet-RJ), redação e revisão de textos (UFPel), produção textual (PUC-Rio) e tecnologia de edição (Cefet-MG) – este último curso forma o editor e o revisor de textos em diferentes mídias, que também pode atuar nas áreas de gestão editorial, assessoria cultural e crítica literária. Também merece destaque o curso de Letras (artes e mediação cultural), da Unila (PR), que oferece uma formação interdisciplinar em linguística, literatura, tradução, performance e mídia digital. Já a licenciatura em Linguagens da Fac. Sesi de Educ. (SP) forma o professor que vai lecionar português, inglês e artes nos anos finais do Ensino Fundamental e no Ensino Médio.

O que você pode fazer

Editoração Trabalhar na preparação de textos, da seleção dos originais à tradução e padronização.

Ensino Lecionar em classes de ensinos Fundamental, Médio e Superior (este, com pós-graduação) ou em escolas de idiomas. Em empresas, treinar a fluência de funcionários em idiomas estrangeiros.

Revisão Fazer a revisão ortográfica e gramatical de textos.

Tradução Verter textos do português para línguas estrangeiras, ou vice-versa, em editoras, agências de publicidade.

Mercado de Trabalho

O maior empregador do profissional são as escolas públicas e privadas, onde ele dá aulas de português, literatura e, muitas vezes, de língua estrangeira, principalmente inglês. Escolas de idioma e cursinhos pré-vestibulares também constituem um nicho interessante de mercado. Outra opção é atuar como professor particular. Nos últimos anos, a chegada de muitas empresas estrangeiras no país obrigou executivos de outras nacionalidades a aprender o português, ao mesmo tempo que os brasileiros precisaram aperfeiçoar o inglês. Com isso, aumentou a procura por esse graduado para lecionar idiomas dentro de empresas. Em editoras, há demanda para revisão de textos e produção de versões ou traduções de textos técnicos e acadêmicos. O graduado também é solicitado a fazer a legendagem de filmes e de softwares em produtoras de cinema e empresas de informática, respectivamente.

Curso

Análise literária, produção de textos, tradução e pesquisa sobre a evolução e o uso dos idiomas ocupam boa parte da carga horária. Entre as matérias teóricas estão teoria literária, semântica e fonologia, além de língua portuguesa e literaturas portuguesa e brasileira. Em algumas universidades, o aluno opta logo no vestibular por um ou mais idiomas estrangeiros; em outras, ele escolhe após o ciclo básico. A maior parte dos cursos é de licenciatura, que forma professores, e exige o estágio obrigatório e a entrega de um trabalho de conclusão de curso.

Duração média: 4 anos.

Outros nomes: Est. Literários; Líng. Estrangeira (espanhol); Líng. Estrangeira (ing.); Líng. Estrangeira Mod. ou Clás.; Líng. Estrangeiras Aplic. às Negociações Intern.; Linguagem e Comun.; Linguagens.