Guia do Estudante

GESTÃO AMBIENTAL

Bacharelado / Tecnológico

Legenda:

Graduação

Graduação Tecnológica

Esse profissional utiliza técnicas e conhecimentos para garantir o uso racional dos recursos naturais e a preservação da biodiversidade. Ele planeja, desenvolve e executa projetos que visam à preservação do meio ambiente, como programas de reciclagem e de educação ambiental. Ele analisa a poluição industrial do solo, da água e do ar e a exploração de recursos naturais e, com base nos dados coletados, elabora estratégias para minimizar o impacto causado pelas atividades humanas. Trabalha no setor público ou privado e nas áreas urbanas, rurais ou industriais. É habilitado para atuar no planejamento ambiental, na exploração de recursos naturais de maneira sustentável e na recuperação e manejo de áreas degradadas.  

 

Dúvida do vestibulando

Qual a diferença entre os cursos de Ecologia, Engenharia Ambiental e Gestão Ambiental?

Ecologia é um curso essencialmente biológico; diferentemente de Engenharia Ambiental e de Gestão Ambiental, que são de cálculo e de administração, respectivamente. A Ecologia é uma área de conhecimento da ciência, da inter-relação dos seres vivos e do meio físico. Já o gestor ambiental desenvolve e executa projetos que visam à preservação do meio ambiente. E o engenheiro ambiental cria e aplica tecnologias para preservar a qualidade da água, do ar e do solo.

Mercado de Trabalho

O gestor ambiental é um profissional relativamente novo no mercado. "Por isso, ainda existe alguma confusão no mercado sobre as competências deste profissional", comenta Odaléia Queiroz, coordenadora do curso da USP, em Piracicaba. Mas a tendência para os próximos anos é de aquecimento. "O gestor ambiental tem um papel fundamental na resolução dos problemas ambientais que afligem as áreas metropolitanas, como o acúmulo de lixo, a poluição das águas e o tratamento do esgoto", afirma a coordenadora. Os órgãos públicos precisam do profissional para a elaboração e implantação de políticas públicas para o meio ambiente. E empresas privadas, para se adequar às exigências da legislação ambiental, da fiscalização e do mercado internacional. Para exportar, por exemplo, as indústrias devem obter certificação sobre a origem das matérias-primas e o processo de produção. A maior parte das vagas está nos estados mais industrializados, no Sul e Sudeste. Mas as demais regiões também começam a buscar qualificação no setor, inclusive buscando profissionais de outros estados, quando há escassez local. "Temos alunos trabalhando em áreas de conservação no norte do Brasil", ressalta Odaléia.

Salário inicial: de R$ 2.000,00 a R$ 3.000,00 (fonte: profa. Odaléia Queiroz, da USP Piracibaba);

As melhores escolas

5 estrelas

SP Piracicaba USP;

4 estrelas

MS Dourados UFGD; PR Matinhos UFPR; RS São Gabriel Unipampa; SP São Paulo USP;

Curso

Há poucos cursos de bacharelado no país. O currículo possui boa base em ciências da natureza, com disciplinas como física, química, biologia, meteorologia e geologia, juntamente com as ciências humanas. Entre as matérias mais específicas estão geoprocessamento, técnicas de análises de solo, água e ar, legislação ambiental e sistemas gerenciais aplicados à área.

Duração média: quatro anos.

Outro nome: gestão e Análise Amb.


A Ufopa, em Santarém (PA), oferece um bacharelado interdisciplinar (BI) em Gestão Ambiental, com duração de três anos. Após esse período, o estudante tem a opção de cursar, por mais dois anos, Engenharia Sanitária e Ambiental, recebendo mais um diploma. O tecnológico traz matérias teóricas, como ecologia, educação ambiental, saneamento e planejamento urbano. Mas, também, boa carga de aulas práticas em laboratórios de física, química e biologia. O aluno aprende a analisar problemas ambientais e a desenvolver projetos para a recuperação de ambientes degradados. Trabalho de conclusão de curso e estágio são obrigatórios na maioria das faculdades. Atenção: alguns cursos preparam o estudante para atuar diretamente no tratamento de resíduos industriais. Na Furg, em Rio Grande (RS), o curso de Toxicologia Ambiental é focado em métodos e técnicas de análise toxicológica de substâncias.

Duração média: dois anos.

Outros nomes: gestão de Meio Amb.; gestão de rec. Hídricos; gestão e plan. Amb.; Meio Amb.; Toxicologia Amb.;



O que você pode fazer

Consultoria

Assessorar empresas e órgãos públicos em projetos de preservação do meio ambiente.

Certificação

Elaborar certificações direcionadas para empreendimentos agrícolas e industriais seguindo as normas estabelecidas pela organização internacional de Normalização (iso).

Educação ambiental

Planejar programas para conscientizar a população da importância de preservar o meio ambiente.

Planejamento

Elaborar relatórios de impacto ambiental e definir planos para o uso sustentável dos recursos naturais. Implantar, em indústrias, projetos de exploração da natureza usando técnicas não poluentes.

Recuperação

Planejar e executar projetos para a recuperação de áreas que já estejam degradadas.

Compartilhe