Guia do Estudante

SANEAMENTO AMBIENTAL

Bacharelado

Legenda:

Graduação

Graduação Tecnológica

Esse tecnólogo trabalha com saneamento básico, construindo sistemas e redes de água, esgoto, lixo industrial e doméstico. Ajuda o engenheiro sanitarista ou ambiental a fiscalizar a qualidade da água e o tratamento do esgoto, bem como a gerenciar o armazenamento do lixo em aterros sanitários e usinas de compostagem. Pode projetar e acompanhar a construção de redes de drenagem, para evitar enchentes, participar de projetos de monitoramento da qualidade do ar, da água e do solo, comandar o tratamento de efluentes e resíduos da produção industrial ou, ainda, implantar tecnologias para diminuir a poluição causada por indústrias.

Mercado de Trabalho

A Política Nacional de Resíduos Sólidos, aprovada em 2010, exige dos municípios e da iniciativa privada a implantação de planos de gerenciamento de resíduos. "A necessidade de adequação à lei tem motivado empresas e prefeituras a procurar o tecnólogo para diversos projetos, como a coleta seletiva e a disposição final dos resíduos", afirma Jocelito Saccol de Sá, coordenador do curso do IFSul, em Pelotas. A oferta de trabalho também está aquecida em outras áreas, como tratamento de água e esgoto, drenagem urbana e inovação tecnológica para reúso de água. Esse profissional tem boas chances em empresas privadas, prestando consultoria e elaborando laudos técnicos. O setor público é um tradicional empregador, nas secretarias de meio ambiente, órgãos e agências ambientais), e a oferta é generalizada pelo país, com ênfase nas capitais e outros grandes centros urbanos.

Salário inicial: R$ 2.500,00 (fonte: prof. Jocelito Saccol de Sá, do IFSul).

As melhores escolas

Curso

O curso começa com um currículo carregado de disciplinas da área das Ciências Exatas, como matemática, cálculo, física, estatística e informática. Mas já apresenta matérias de introdução em tecnologia sanitária, que engloba materiais de construção, biologia aplicada e hidrotécnica. Há também matérias como topografa para saneamento, instalações prediais hidráulicas e sanitárias, saneamento rural e coleta, disposição e tratamento de esgotos. O conjunto de disciplinas relacionadas ao controle ambiental inclui geologia ambiental, química da poluição, processos industriais, planejamento e monitoramento do meio ambiente e poluição sonora e vibrações. Alguns cursos dão uma formação mais abrangente e tratam de todas as questões que envolvem o meio ambiente, entre elas o saneamento. Para se formar, o estudante tem de apresentar um trabalho de conclusão e cumprir estágio.

Duração média: três anos.

Outro nome: Hidráulica e saneam. Amb.;


Compartilhe