logo-ge

Produção Fonográfica

O produtor fonográfico domina as tecnologias de gravação e produção de discos e CDs

O produtor fonográfico domina as tecnologias de gravação e produção de discos e CDs. Ele se envolve em todas as etapas da elaboração de um trabalho fonográfico, da produção à divulgação e distribuição do produto. Opera estúdios de áudio, cuida da qualidade do som e edita obras musicais. Cria trilhas para eventos, filmes, desfiles, comerciais de rádio e TV ou websites. Atua em produtoras, gravadoras e estúdios.

Fique de Olho

PRODUÇÃO DE MÚSICA ELETRÔNICA

A Universidade Anhembi Morumbi, em São Paulo (SP), oferece Produção Musical e Produção de Música Eletrônica, que forma o DJ profissional. Ele cria e grava jingles e trilhas sonoras e seleciona repertório para filmes, comerciais, vinhetas de TV, sites de internet e jogos virtuais. Por meio de técnicas de manipulação de áudio, esse tecnólogo compõe, arranja e grava peças musicais no computador, com softwares que simulam os instrumentos musicais reais. No Belas Artes, em São Paulo, o curso de Produção Fonográfica (música, tecnologia e inovação), cuja primeira turma deve concluir a graduação em 2016, tem um de seus quatro módulos dedicado ao tema.

Mercado de Trabalho

O mercado fonográfico brasileiro está se reerguendo após o baque sofrido nos últimos anos. Relatório da Federação Internacional da Indústria Fonográfica mostrou que, em 2015, o segmento cresceu pela primeira vez em dez anos. Globalmente, o aumento foi 3,2%. A comercialização de CDs continua em queda – redução de 19% –, mas as vendas digitais, que incluem streaming (distribuição de áudio e vídeo na internet) e download, cresceram 45%. Isso abre boas oportunidades para o produtor, desde que ele esteja antenado com as novas tecnologias. Além de vinhetas sonoras para comerciais de TV, ele pode atuar, ainda, na produção de efeitos sonoros para games, teatro, cinema, emissoras de rádio e espetáculos ao vivo, fazendo a gravação e a edição em estúdio. Um setor que vem abrindo as portas é o publicitário, para desenvolver trilhas sonoras. Como DJ, encontra oportunidades na ambientação sonora de bares, restaurantes, casas noturnas e eventos em geral. É comum ver o produtor fonográfico trabalhando em parceria com músicos, cineastas, produtores de vídeo, publicitários e profissionais de eventos culturais. As melhores oportunidades estão nas regiões Sul e Sudeste, principalmente no eixo Rio-São Paulo.

Curso

O curso prepara o profissional para trabalhar com softwares e equipamentos digitais e analógicos, usados para o registro sonoro, a edição, a mixagem e a pós-produção musical. A parte técnica do currículo inclui aulas práticas em estúdio de gravação e laboratório de música eletrônica. Técnicas de gravação, processamento de áudio e acústica ao ar livre e em estúdios integram a grade curricular. O aluno recebe, ainda, noções de legislação, marketing, divulgação e distribuição de música.

Duração média: 2 anos.