logo-ge

Clima era de tranquilidade na primeira fase do vestibular de meio de ano da Unesp

Minutos antes de fechar os portões da Universidade Paulista (Unip), Unidade Pinheiros, um dos locais de prova da primeira fase do vestibular de meio de ano da Universidade Estadual Paulista (Unesp), o clima entre os vestibulandos era de tranquilidade. Principalmente entre os estudantes que estavam fazendo a prova como treino.

Este é o caso do estudante Rafael Torrezani, de 17 anos. No cursinho desde o começo do ano, Rafael espera ir bem na prova. “Eu quero fazer a prova para treinar, por isso escolhi o curso mais concorrido, Engenharia de Produção, tenho vontade mesmo de fazer publicidade. Mas, de qualquer forma, minha meta é conseguir ir para a segunda fase”, conta.

A estudante Natália Navarro Fujiki, de 17 anos, também pretende fazer a prova como um preparo para o final do ano. “Quero fazer o vestibular para comparar com o meu desempenho do ano passado e assim me preparar melhor para os vestibulares do segundo semestre. Achei que seria boa fazer essa prova, porque os professores falam que a Unesp de meio de ano é mais difícil”, comenta a estudante.

Se entre os estudantes que estavam ali para treinar, a tensão passava longe, entre aqueles que estavam fazendo a prova para valer, o nervosismo era visível. Exemplo disso era o estudante Rafael Oliveira, que mesmo demonstrando-se tenso, descreveu o que esperava da prova. “Me sinto preparado para fazer o vestibular, porque estudo bastante. De manhã assisto as aulas e estudo em casa a tarde a noite. Também faço todos os simulados do cursinho. Quero conseguir uma vaga em engenharia Elétrica”, diz.

De acordo com a assessoria da Vunesp, órgão responsável pela realização do vestibular da Unesp, o alto número de estudantes treineiros é normal no meio do ano. Neste vestibular, quase 4 mil estudantes se inscreveram nesta categoria, o que representa 25% do total dos candidatos. “É bastante normal isso acontecer no meio do ano, porque a prova da Unesp é muito bem elaborada”, explica o assessor de imprensa Adriano Anderson de Castro.

Correção da prova
O GE fará a correção comentada das questões em parceria com o cursinho Oficina do Estudante. Fique ligado!

A divulgação do resultado da primeira etapa e da convocação para a segunda fase, com aplicação marcada para 23 e 24 de junho, está prevista para o dia 15 de junho, nos sites da Unesp e da Vunesp.

LEIA MAIS

– Notícias de vestibular e Enem