logo-ge

Descubra se você está preparado para o intercâmbio em 3 perguntas

Mais difícil que decidir o destino, é preciso saber qual programa se encaixa melhor com suas necessidades e expectativas

alice-wonderland

Giphy

– Poderia me dizer, por favor, que caminho devo tomar para ir embora daqui?
– Isso depende muito de para onde quer ir – respondeu o Gato.
– Para mim, acho que tanto faz… – disse a menina.
– Nesse caso, qualquer caminho serve – afirmou o Gato.

Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carroll

O famoso diálogo entre Alice e o Gato de Cheshire é uma metáfora para todas as grandes decisões que tomamos na vida. O que estudar, onde morar, com o que trabalhar… E, por que não, onde realizar um intercâmbio.

Em geral, a dúvida mais frequente dos estudantes que querem passar uma temporada fora é: “Para onde eu vou?”. Mais difícil que responder a essa pergunta, porém, é saber exatamente qual programa se encaixa melhor ao seu momento – considerando tanto suas necessidades e quanto suas expectativas.“A primeira decisão é saber o que quer”, sugere Thaïs Burnmeister, consultora de educação internacional. Se o objetivo do intercâmbio ainda não estiver claro, cabe começar por fazer uma auto avaliação sincera: O que, exatamente, quero atingir ou desenvolver com esta experiência?

A partir desta decisão, munir-se de informação é o segundo passo. Assim, é preciso pesquisar e entender: 1) quais são os tipos de programa e 2) quais destinos se encaixam melhor às suas expectativas.

Quer saber como tomar esta decisão de forma mais consciente? O vídeo abaixo traz perguntas essenciais que você deve se fazer durante a preparação. É importante ser honesto consigo mesmo e responder considerando a situação atual – e não o cenário ideal.

Pronto para planejar seu intercâmbio de 2017? Então responda a estas três perguntas!

Este artigo foi originalmente publicado por Estudar Fora, portal da Fundação Estudar