logo-ge

Dicas de alimentação para os dias de vestibular

Veja o que tomar para evitar a ansiedade e quais alimentos podem ou não ser consumidos no dia da prova

one-piece-comendo-muito

(One Piece/Giphy)

Nos dias anteriores ao vestibular, alguns descontam a ansiedade na comida, outros continuam comendo normalmente, e ainda há os que não comem nada. No entanto, com a prova se aproximando, é fundamental tomar os devidos cuidados com a alimentação e o sono, para que o seu corpo não te traia no dia do exame!

O GUIA conversou com a nutricionista Lenycia Neri, da consultoria Nutri4Life, e conseguiu dicas específicas para a alimentação dos vestibulandos nos dias de prova. Confira!

Estou muito ansioso! Há algum alimento ou bebida que pode me ajudar a controlar o nervosismo?

Chá

É normal ficar um pouco mais nervoso no dia anterior à prova, e para dar uma acalmada, Lenycia recomenda tomar chá de cidreira e de camomila. No entanto, ela alerta: os chás podem tranquilizar demais aqueles que não estão acostumados com a bebida, provocando sonolência. Portanto, o indicado é tomar na noite anterior ao exame.

Já no dia do vestibular, o importante é evitar alimentos que aumentam a ansiedade. “Aqui, os vilões são o café, o chá mate ou bebidas que sejam feitas à base de cola, como a própria Coca-Cola”, explica Lenycia.

Que alimentos devo evitar no dia da prova?

Essa você já deve saber: deixe de lado a feijoada e prefira alimentos um pouco mais leves, porque as comidas muito gordurosas ou apimentadas podem causar desconforto na digestão. “A gordura gasta mais tempo e mais energia para ser digerida, o que faz com que o sangue do corpo se concentre na região abdominal, deixando o cérebro mais sonolento e pesado”, diz Lenycia.

Também é bom ficar longe de alimentos muito ricos em fibras, como mamão, caqui e ameixa, que podem fazer o candidato perder muito tempo com idas ao banheiro desnecessárias no meio da prova.

Qual é o cardápio ideal para o café da manhã e almoço do dia do exame? E na hora da prova, o que posso levar para comer?

Almoço balanceado

Segundo Lenycia, o ideal é consumir alimentos ricos em carboidratos, porque a glicose é a principal fonte de energia para o cérebro – e o que o faz funcionar bem.

Sugestão:
Para o café da manhã: leite desnatado, pão francês ou torradas com geleia;
Para o almoço: arroz e feijão, filé de frango grelhado e salada de chuchu e alface com cenoura.

Já para o lanche durante a prova, é recomendável levar algum alimento prático e rico em carboidrato.

Sugestão:
Biscoito sem recheio, barras de cereais, barras de frutas ou frutas desidratadas.

Além disso, a nutricionista recomenda levar, para beber, apenas uma garrafinha de água – que, segundo um estudo, pode inclusive melhorar o desempenho na prova.