logo-ge

Dicas para fazer a prova da Fuvest com tranquilidade

Saiba o que comer, vestir e levar para a prova deste domingo (28/11)

A primeira fase do vestibular 2011 da Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest) será no próximo domingo (28). Cerca de 132 mil candidatos vão concorrer a 7.552 vagas em mais de 100 cursos da Universidade de São Paulo (USP) e da Faculdade de Medicina da Santa Casa.

Entre os cursos oferecidos estão Medicina, o mais concorrido do vestibular este ano, com 49,25 candidatos para cada vaga, Publicidade e Propaganda, o segundo curso mais concorrido, com 44,44 candidato/vaga, e Relações Internacionais, o terceiro com a maior relação candidato/vaga (37,82).

– Nove simulados para fazer antes da Fuvest

Agora que você já se dedicou ao estudos durante o ano todo, é hora de diminuir o ritmo e se preparar para fazer a prova no domingo. Já pensou no que comer no sábado? Ou se a previsão é de chuva no dia da prova? Pois é, essas coisas, que não se aprendem na escola ou no cursinho, são essenciais para garantir uma boa prova.

Na véspera da prova

  •  Separe o material que vai levar para o vestibular. A Fuvest pede que o candidato leve um documento de identidade, uma caneta esferográfica (azul ou preta), lápis nº 2 e borracha. Separe dois itens, para evitar contratempos.

– Leia os resumos das obras literárias obrigatórias da Fuvest 2011

  • Não coma nada que não está acostumado, nunca se sabe se pode dar alergia ou indigestão. Também nada de abusar nas frituras e comidas muito gordurosas.
  • Tente conhecer o local onde fará a prova um dia antes do vestibular, para não correr o risco de se perder e chegar atrasado para fazer a prova.
  • Planeje como vai para a prova. Se for de ônibus, saiba exatamente qual pegar. Caso vá de carro, lembre-se de verificar se haverão ruas fechadas e se tem lugar para estacionar no local da prova.
  • Durma cedo! Nada de balada ou papo com os amigos na internet até altas horas da noite

No dia da prova

  • Acorde cedo. Para isso coloque o celular, o despertador, o pai, a mãe e o papagaio para te despertar.

– Dicas para fazer uma boa revisão antes da Fuvest

  • Nada de abusar no café-da-manhã ou no almoço. Fuja também das gorduras e frituras. Uma massa com molho de tomate e uma carne leve, como frango, são uma boa pedida.
  • Verifique se pegou todo o material. Não se esqueça de deixar em casa o celular ou qualquer outro equipamento de telecomunicação ou eletrônico. A Fuvest proibi o uso de qualquer aparelho desse tipo durante a prova.
  • Não esqueça de levar um pequeno lanche, alimentos leves, como água, uma barra de cereais, frutas. Chocolate é bom também para repor as energias.
  • Dê uma conferida na previsão de tempo! Você não vai querer passar quatro horas dentro de uma sala num dia de muito sol com calça e blusa de lã, não é mesmo? Também não vai ser fácil ir de regata e bermuda e passar frio durante todo o exame.
  • Aproveite para conferir se vai chover. Se for percorrer algum trecho a pé da sua casa até o local do exame, fique atento. Não vai querer chegar ensopado… E você pode calcular como estará o trânsito. Quando chove, tudo fica mais lerdo: carro, ônibus, metrô…
  • Saia de casa cedo! Nada pior do que se preparar por um ano ou mais para uma prova e, no grande dia, você não fazê-la porque bateu com a cara na porta! A Fuvest recomenda que o estudante chegue até às 12h30. Os portões dos locais de prova serão fechados às 13h.

Como é o vestibular

  • A prova da Fuvest 2011 é composta de 90 questões de múltipla escolha com disciplinas do ensino médio: Português, Matemática, História, Física, Geografia, Química, Biologia, Inglês, além de questões interdisciplinares.
  • A prova começará às 13h e terá cinco horas de duração (uma média de 3,3 minutos por questão). A Fuvest informa que não haverá tempo adicional para transcrição de gabarito e que os candidatos só poderão sair do local de exame a partir de 16h.
  • A lista de convocados e os locais de exame para a segunda fase serão divulgados no dia 20 de dezembro.

Atenção! Desde o vestibular de 2010 a nota da primeira fase é apenas utilizada para a classificação na segunda fase do exame, não sendo, portanto, computada na média final.

LEIA TAMBÉM

– Notícias de vestibular e Enem