logo-ge

Unicamp tem menor número de calouros de escola pública dos últimos cinco anos

Proporção de alunos autodeclarados pretos, pardos e indígenas também diminuiu

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) teve, entre os ingressantes 2015, a menor proporção de estudantes provenientes de escola pública dos últimos cinco anos: 30,2%. O número é o mais baixo desde 2010, quando houve 29,4% de alunos da rede pública matriculados.

Conforme dados da Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest), a expectativa para este ano era que o recorde do ano anterior, de 36,9% de ingressantes de escola pública, fosse superado. No entanto, a proporção de alunos autodeclarados pretos, pardos e indígenas também diminuiu para 15,7%, contra 18% no ano passado.

A meta da Unicamp é ter 50% de alunos de escolas públicas até 2017, com 35% de alunos autodeclarados pretos, pardos e indígenas. De acordo com a Comvest, será estudada a adoção de sistema de cotas e bonificação de pontos, além dos métodos já existentes.

*Com informações do jornal O Estado de S.Paulo

LEIA MAIS

– Notícias de vestibular e Enem